1. Spirit Fanfics >
  2. You Left Me - KageHina >
  3. Prólogo

História You Left Me - KageHina - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction You Left Me - KageHina - Capítulo 1 - Prólogo


Estava tudo escuro ao seu redor, a água era gelada e a correnteza levava Shoyo Hinata junto com Tobio Kageyama para as profundezas daquele rio sem fim.

Kageyama tentava falar ao máximo para Hinata ir para a superfície, porém a densa água lhe sufocava e roubava todo seu fôlego sem pena. Como em um sonho lúcido, a voz de sua mente se sobrepôs a dele e começou a falar mais e mais alto sobre aquele momento.

 E se…

A voz soou como um sussurro. Ele tentava ir para mais próximo de Hinata, entretanto notava que ele não se movia mais, sua mente estava em pleno desespero e pânico.

 E se… E se ele ainda estivesse comigo?

Seu corpo lhe obrigava a tentar subir e alcançar a superfície, mas Kageyama se obrigava a tentar alcançar o de cabelos laranjas a todo custo.

 E se Hinata não tivesse escolhido ir?

Ele se debatia na água, seu corpo não conseguia mais prender a respiração e suas forças estavam perto do final.

A água lhe consumiu por completo assim que ele acabou se deixando respirar, enchendo seus pulmões com ela. Ele já não conseguia ver algo além da escuridão e o Shoyo havia sumido. Talvez aquele era o final.



Dim! Drim! Dim! Drim! Dim! Drim!



O som do despertador do celular ecoou pelo quarto, era sinal que já era 06:00 da manhã e que Tobio Kageyama precisa ir para a escola imediatamente.

Ele se levantou em um pulo e desligou o barulho irritante e meio acordado e meio dormindo foi para o banheiro e fez suas higienes matinais. Vestiu seu uniforme escolar que estava em cima de sua cômoda, penteou o cabelo como sempre, usou um de seus perfumes fortes e colocou comida para seu gatinho.

Ele saiu de casa comendo uma simples banana descascada, não existia nada mais desconfortável que fazer uma longa caminhada com sua barriga cheia, ele pensava, então sempre optou por um alimento mais leve como uma fruta. Ele viu folhas de árvores caindo, afinal estavam no outono, viu um gato fofo com um peixe na boca, provavelmente roubou da peixaria que havia próximo dali e passou pela tão bela ponte que ficava iluminada a noite e que sempre estava bem movimentada com vários carros, motos e caminhões. Até que chegou na escola, como dar para se notar, não era tão próximo de sua casa.

Sua escola possuía dois andares, havia pequenas árvores no pátio e um grande estacionamento atrás dela. Existia um muro alto que impedia os alunos de saírem de lá fora do horário e salas subterrâneas onde ficava os clubes e o grêmio. A biblioteca ficava no segundo andar e o refeitório no primeiro.

 Bom dia, mano!

Hinata apareceu por trás e deu uns tapinha nas costas de Kageyama, como uma espécie de comprimento incomum. Kageyama sorriu ao ver seu amigo junto de Sugawara, Daichi e Kei Tsukishima. Rapidamente lhe falou um 'olá' como resposta.

 Você chegou cedo hoje, o que houve?  Daichi perguntou.

 Descobri o que é um despertador.  eles riram da piada ruim  Vamos treinar antes de ir para sala? Ainda temos uma hora para isso.

 Com toda certeza!

Então se juntaram e seguiram para a sala do clube deles. Desceram pequenas escadas e facilmente chegaram lá, aquela escola parecia ser grande, mas era simples demais para se perder ali. A porta da sala estava aberta, então apenas entraram.

 Hinata, você levanta dessa vez, precisa treinar mais isso.  Kageyama falou.

 Tudo bem!

 E você treina depois sua defesa, não acho ela muito boa.  Kei Tsukishima comentou.

 Está dizendo que eu jogo ruim?!  ele perguntou brincando.

 Mas é claro que sim!  respondeu brincando.

 Concordo, você é muito pior que eu!  Hinata respondeu sarcasticamente.

Ele correu para o lado direito da quadra e pegou uma das bolas que estavam na caixa ao seu lado e se preparava para tentar seu saque. Kageyama observava ele e um inesperado sorriso surgiu em seu rosto.

Para Tobio Kageyama, nada era melhor do que passar o tempo com o jovem de cabelos laranjas. Ele amava seu sorriso, sua voz, seu jeito bobo de ser, seus pensamentos aleatórios, seu cabelo, sua força e sua personalidade única. Na verdade, ele amava tudo em Shoyo Hinata.

O tempo passou e o sinal tocou, avisando que infelizmente o treino deles deveria acabar - bem, o treino do Hinata e dos outros, afinal Kageyama apenas ficou olhando ele jogar com um sorriso bobo em seu rosto parecendo uma criança quando ganha um boneco que tanto queria. Vendo o quanto Shoyo Hinata estava suado, ele pegou sua garrafa de água térmica e jogou para o de cabelos laranjas, que pegou ela no ar sem dificuldades e bebeu dela.

Hinata também jogou um pouco de água em seu rosto, tentando refrescar seu corpo quente.

 Obrigado, eu estava precisando disso.

 Vamos?  o moreno perguntou se levantando do chão onde estava  Não é uma boa ideia chegar atrasado novamente.

 O professor Tonomura deve está muito irritado com nós, melhor faltar, não?

 Melhor a gente encarar o problema de uma vez. Vamos tampinha, não pode ficar tão pior assim.

 Você me chamou de tampinha?! Sério?! Vou te mostrar quem é o tampinha agora!

Hinata ficou irritado e correu atrás dele com sua bolsa em suas costas, saindo da sala. Obviamente Kageyama fugiu dele, até que foi emboscado nas escadas e levou um pequeno tapa do mesmo. Eles brincavam assim entre si às vezes, era até bom.

Com o tempo a relação entre eles cresceu bastante e estavam mais próximos que nunca. Nem parecia que por um longo tempo Tobio Kageyama foi uma pessoa fria e indiferente com os outros.

Os dois sentiam que nada neste mundo poderia acabar com a relação entre eles, porém o destino nem sempre pensou assim.



Notas Finais


Isso só foi meio que uma introdução e tal.. Por favor, não desistam de mim T.T


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...