1. Spirit Fanfics >
  2. You love despite wanting to hate me, right ?! >
  3. Capítulo 18

História You love despite wanting to hate me, right ?! - Capítulo 18


Escrita por:


Capítulo 18 - Capítulo 18


No dia seguinte, o trio estava planejando como iriam parar em Hogwarts, pois estavam sendo procurados, principalmente Harry, e teriam que tentar entrar escondido já que a direção da escola era outra, as ideias deles não eram muitas, teriam que se arriscar de qualquer maneira, então planejaram ir à noite assim não seria tão perigoso, e enquanto se arrumavam, apareceu uma coruja diferente que os três não conheciam, mas ela foi na direção deles, então deveria ser uma carta perigosa ou importante, mas quando Hermione viu a letra percebeu que tudo estava tranquilo, pois era de Gina. 

-Tudo bem, é a Gina. - falou a morena pegando duas cartas que estavam com a coruja. 

-Podíamos pedir para ela ver alguma passagem para nós em Hogwarts. - Sugeriu Rony e a morena concordou. 

-São duas cartas, mas vamos ver essa primeiro. 

“Hermione,  

Dino, eu, Luna e Neville estávamos conversando sobre como fugir de Hogwarts, pois a situação está complicando cada vez mais, nos colocaram num salão por considerarem nós um problema, e não temos contato com os outros, ainda mais o pessoal do primeiro e segundo ano. Estamos preocupados, pois como eles acabaram de chegar em Hogwarts, estão sendo vítimas da mesma, porém todas as passagens foram lacradas, e só existe uma, porém se sairmos por ela e descobrirem-na teremos um grave problema de encontrarem a nossa ‘'ajuda’’. 

Então pensamos na Ordem da Fênix, quem sabe com a ajuda deles consigam tirar a segurança que não é muito forte, são apenas 4 Comensais da Morte, só não atacamos, por medo de ferir os mais novos e também não são muitos aqui que iriam querer ir contra um Comensal da Morte ainda mais numa escola cheia deles. 

Se tiver como mande notícias, estamos querendo sair logo daqui, pois não sabemos até quando os alunos mais novos irão aguentar e se continuaram vivos sendo que são cobaias para aplicarem feitiços. 

Obs. Precisamos da Ordem, Rony entre em contato com o Gui, ele sabe o que fazer. 

Gina Weasley.” 

-A coisa em Hogwarts está ficando cada vez pior. - Mencionou Hermione. 

-Irei mandar um patrono para Gui, ele saberá o que significa, pois nos Weasley temos nossos códigos e preciso dessa carta para ir junto. - falou Rony e a morena assentiu. 

-Tem mais uma carta em sua mão. - falou Harry, o moreno ficou em silêncio, pois ainda não achava que podia se intrometer muito nessa questão Weasley. 

-É para você. - falou Hermione percebendo que dizia o nome do moreno na carta com a letra da ruiva. 

Harry pegou a carta e ao ver a letra da Gina, engoliu seco e respirou fundo, e então abriu e era ali que iam percebeu que a bomba estourou. 

“Harry,  

Pensei em diversas maneiras de como falar contigo e de como seria quando você voltasse, de como ficaríamos juntos e formaríamos a nossa família, mas percebi que tudo isso é apenas uma ilusão. 

Ontem o dia estava tranquilo, nós aqui estávamos planejando como fugir de Hogwarts e eu pensei que então quando saíssemos, iria te ver e te abraçar tão forte, mas então recebi algo mostrando como você não quer isso, de como você é nojento, eu poderia esperar diversas coisas de você, menos isso, inclusive achei que tínhamos terminado por causa da questão do Você-Sabe-Quem vir atrás de mim, mas estava enganada. 

Sabe, eu pensava que em amava, mas pelo visto eu estava errada, eu esperava muito que isso nunca acontecesse, que iria me arrepender de te amar tanto. Eu tinha esperança sobre nós, até comentei com a Mione que estava ansiosa para nos acertar. 

Mas como dizem, tudo acontece por um motivo, então só tenho a dizer uma coisa, faça o favor de aproveitar o seu mais novo relacionamento com a Cho Chang, e apenas me esqueça. Esqueça que um dia eu existi e que nós existimos, e não me procure mais. 

Gina Weasley.” 

Aquele silêncio do moreno poderia dizer muitas coisas, mas ao ver a cara dele de quem não sabia o que fazer e que parecia que tinha levado um soco, pareceu ser compreendido pela Hermione e Rony, eles não sabiam o que a ruiva teria dito, mas provavelmente a coisa não foi boa, então os dois e aproximaram, a morena o abraçou e Rony leu a carta e percebeu a situação, o ruivo tinha comentado que se Gina descobrisse tudo daria uma grande problema, e foi o que aconteceu, o olhar do ruivo disse tudo para a morena, a mesma pensou em xingar o moreno e tudo mais dizendo que o avisou, mas naquele momento não parecia bom falar aquilo. 

-Você sabia que a Gina iria descobrir uma hora. - falou Rony. 

-Mas eu queria falar com ela antes. - falou o moreno ainda chocado com tudo que acontecera. 

-E você esperava que assim ia ser melhor? O máximo que iria acontecer era apanhar da Gina, né Harry. - falou Hermione. 

-Talvez ela compreendesse o meu lado...  

-Que lado Harry? Que você achou que ela e o seu mais novo amigo estavam ficando e tudo foi lá e foi para cama com agarota que ela mais odeia no mundo como modo de ‘’superar’' a traição que nunca rolou? - falou Hermione soltando o moreno e olhando feio para ele. 

-Hermione está certa, Harry. Você agiu com incompetência sem nem ao menos saber se era verdade ou não sobre Gina e Dino. - falou o ruivo. 

-Mas Cho disse e me mostrou a foto deles... 

-Você vai acreditar justo na Cho a pessoa que mais odeia a Gina? - falou Hermione furiosa.

-Mas ela nunca mentiu para mim e nunca faria isso para mim. - falou Harry convencido disso. 

-Tem provas disso? - falou Rony. 

-Sim, ela jamais fez isso para mim, durante todo o nosso relacionamento quanto na nossa amizade, ela sempre foi sincera, as vezes até demais. 

-” Nosso relacionamento”, vocês mal durarão juntos e mal se assumiram, só ficavam juntos. - falou Hermione. - E isso de ela ser sincera contigo, é o que tu saibas. 

-Parem de jogar pedras na Cho, ela não tem culpa de vocês odiarem tanto ela. 

-Com certeza tem culpa, porque ninguém odeia ninguém só porque quer, ela fez algo para odiarmos ela. - falou Hermione indignada. 

-Vocês a odeiam por causa da Gina, o mínimo. 

-E isso é pouco? - falou Rony. 

-Sim, não é um motivo concreto. - falou Harry. 

-O que ela fez com a Gina, já é um motivo concreto. - falou Rony. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...