História You Made Me Better ... - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, The 100
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Lexa, Normani Hamilton
Tags Cabellojauregui, Camila Cabello, Camren, Fifth Harmoy, Lauren Jauregui
Visualizações 697
Palavras 970
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Capítulo 8


Fanfic / Fanfiction You Made Me Better ... - Capítulo 8 - Capítulo 8

[Camila]

Almoçar com Lauren e Lexa era a melhor parte do meu dia, quando eu me mudei pra cá imaginei que seria impossível fazer amizade com as amigas de Ally, mas em pouco tempo já estava super entrosada com Lauren e Normani, Dinah já é um caso complicado demais, eu fico feliz por ter conseguido me aproximar da pessoa que eu não consigo parar de pensar um minuto se quer.

Desde o dia em que eu vi Lauren naquele banheiro parece que ela me enfeitiçou já que eu não consigo olhar pra ninguém além dela, trabalhar com ela todos os dias e ainda passar a minha folga com ela me deixava ainda mais hipnotizada por ela e por aquela coisa fofa da filha dela. A mulher é linda, gostosa, inteligente, talentosa, carinhosa e ainda por cima uma supermãe e isso me deixa fascinada.

Sinceramente eu odiei quando Lauren viajou já que isso significava ficar 2 dias sem vê-la, mas acabei me aproximando de Lexa o que me fez ficar encantada e preocupada já que Dinah queria me matar por estar roubando a sobrinha dela que só queria ficar comigo e eu adoro aquela pequena como se fosse a minha própria filha, as vezes fico pensando em como isso pode ser possível considerando que eu nunca gostei de crianças, mas essa eu amo.

Nosso almoço correu bem, mas a dias eu estou com uma ideia louca na cabeça, só estou com medo demais pra colocar em pratica. Assim que terminamos de comer nós voltamos para a Cafeteria e como eu já havia feito todo o meu serviço, deixando Lauren apenas com algumas guias de pedidos para conferir e assinar então ela me liberou para ir embora, mas acabei ficando jogando vídeo Game com Lexa que adorou a ideia, mas depois de um tempo a pequena acabou dormindo em meus braços, pequei ela no colo e a coloquei no quarto, quando eu sai  do quarto acabei esbarrando em Lauren que estava nos procurando.

- Desculpa...

- Tudo bem... – disse ela um pouco sem jeito, ela olhou para dentro do quarto e perguntou – ela dormiu?

- Sim, tadinha parecia estar tão cansada – disse ao ver Lauren fechando a porta.

- E ela está mesmo – disse a morena me guiar ao sofá, nos sentamos e ela continuou – ela está tendo mais pesadelos que o normal e agora ela fica falando que não quer se mudar pra Seattle.

Por um momento eu gelei, durante todo esse tempo Lauren nunca disse nada sobre se mudar pra Seattle, senti meu rosto esquentar, mas voltei ao normal quando ouvi a voz de Lauren me chamando.

- Mila... Você ta bem? – perguntou ela preocupada.

- Você vai se mudar? – perguntei quase sem ar.

- Não, claro que não – disse ela imediatamente como se fosse obvio, palavras não poderiam descrever o meu alivio o que não passou despercebido por ela que me deu um sorriso enigmático e perguntou em um tom brincalhão – porque? Sentiria minha falta?

- Sinceramente? – perguntei seriamente.

- Sempre...

- Acho que não saberia o que fazer da minha vida sem você comigo – disse olhando-a intensamente, vi seu rosto ficando vermelho o que eu achei adorável então continuei seriamente – Você está me transformando

- Como assim? – perguntou ela confusa.

- Toda vez que eu olho pra você, eu quero ser uma pessoa melhor – digo sinceramente, ela corou ainda mais e eu continuei – você me ajuda em tudo, mesmo sem eu merecer.

- Amigos são pra essas coisas – disse ela timidamente.

- E se eu não quiser ser só sua amiga? – perguntei ao me aproximar dela lentamente, estava tão perto que nossos narizes estavam quase se tocando, mas ela se afastou abruptamente ficando de pé, me levantei também e comecei – Lauren....

- Camila eu não posso brincar com você – disse ela seriamente ao cruzar os braços, ela desviou seus olhos dos meus e disse – eu não tenho tempo para brincadeiras e você já tem varias meninas que vivem dando em cima de você ....

- Lauren eu não estou brincando com você, desde o dia em que você me derrubou no banheiro, eu simplesmente não paro de pensar em você  – confessei, ela me encarou por um momento como se me analisasse então eu continuei – eu adoro o seu sorriso, sua voz, seu jeito incrível de supermãe – ela continuava sem expressão então eu respirei fundo e disse – a dias eu estou tentando buscar coragem pra te convidar pra jantar e....

- Porque? – me interrompeu ela parecendo irritada – você só quer transar comigo e eu não sou assim..

- Eu não quero só transar com você – digo irritada, me aproximei dela segurando seu rosto com as duas mãos e continuei sem desviar meus olhos dos dela - eu realmente gosto de você

- A Camila que eu conheço não gosta de ninguém – soltou ela e naquele momento foi como se eu tivesse tomado 1000 facadas no estomago e ela disse rapidamente – Camila me desculpa eu...

- Tudo bem, você tem razão a Camila que você conheceu nunca gostou de ninguém mesmo – disse ao tirar minhas mãos dela, meus olhos começaram a ficar marejados e eu rapidamente me virei de costas e disse ao pegar minha bolsa – eu tenho que ir embora

- Camila por favor – disse ela ao colocar a mão em meu ombro – eu não quis dizer isso...

- Você quis sim – disse sem olhar pra ela ao começar a correr para a saída.

Andei apressadamente até a pista e por sorte consegui pegar um taxi, minha visão começou a ficar borrada e só então eu percebi que meu rosto estava banhado de lagrimas. Lauren tinha razão, eu realmente nunca gostei de alguém da forma que eu gosto dela e hoje ela me mostrou que por mais que eu me esforce, ela nunca vai me ver de outro jeito. 


Notas Finais


Oi oi meu povo..
Tudo bem com vocês? Espero que sim.
Acham que Lauren Pegou pesado com Camila?
Povo, mandem suas opiniões, me digam o que vocês esperando para o próximo capitulo, comentem..

E me siga no Twitter: TheHCristina ... Vamos socializar...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...