1. Spirit Fanfics >
  2. You make Me Feel so good >
  3. Gamer over

História You make Me Feel so good - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Gamer over


San

Meus pais me olhavam perplexos, jongho me olhava sem nenhuma expressão e aquilo me assustava de alguma forma, ando até os mesmos, que mantinha-se na defensiva com alguns guardas apostos ao seu lado. 

— San! papai é apenas um inocente - o mesmo pronunciou simples

Nosso pai o olhava carinhoso, mas mamãe queria mata ló, de certa forma ela nunca o amou e nem a mim, apenas a mais nova sunhee

— Sim é verdade eu enfeitiçei seu pai, tive vocês e depois utilizei dos poderes que você possui para congelar tudo - falou a mesma

Ouvir aquilo me subiu um ódio tão grande

— Ainda me pergunto porque chamo você de “mamãe”?! Sabe senhora choi...... O amor não se compra e muito menos surgi quando a gente quer, e o mundo não gira ao seu redor para você achar que tudo o que você quer, você terá - falei, enquanto sinto meu corpo se enchendo de gelo

Jongho apenas se levanta nervoso 

— Papai vamos sair daqui, pega sunhee rápido - disse desesperado 

Eu me virei para os mesmos

— fujam daqui, as coisas vão ficar feias - falei enquanto minhas mãos se preenchiam com gelo. 

                   **✿❀ ❀✿**

Estava caído no chão e vejam só o castelo não está destruído, olho para o lado e vejo aquela mulher cujo o nome deixou de existir depois de descobrir a verdade 

— eu vou embora, não é isso que deseja - disse enquanto tirava a coroa de sua cabeça 

— Se não tivesse feito isso, não precisaria expulsa lá, mas como dissem “O culpado deve ser punido” mesmo que seja minha mãe, a partir daqui não sou seu filho, estou dando “gamer over” para o seu joguinho - disse enquanto me levantava do chão

Vi ela sumir entre o nevoeiro do gelo, aquilo me doeu um pouco, no entanto descobrir a verdade foi a melhor coisa para todos nós, muitos sofreram em suas mãos, inclusive nós. 

Desci as escadas, totalmente cansando e chorando, meu irmão veio até mim

— San!.... Por favor não chore! Você só fez o certo! Ok! - o mesmo falou enquanto me abraçava gentilmente. 

Meu pai não conseguia falar nada, nem ao menos olhou em meus olhos, segurava nossa irmã em seus braços, enquanto seu corpo se escorava na parede pintada de ouro, ele a amava por causa de um feitiço e agora que se desfez se sente culpado por ter encontrado ela.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...