História You Never Walk Alone - One Shot Park Jimin - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Park Jimin, Romance
Visualizações 63
Palavras 364
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Fluffy, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sejam bem-vindos a mais um capítulo.
Obrigada por estar aqui, e boa leitura!
🖖💖

Capítulo 2 - Depois de tudo, sinto sua falta


Dias atuais....

Você se foi...

Quando eu disse para ir, você foi sem nem pensar duas vezes.

Sequer olhou para trás.

Não passou pela sua cabeça que eu poderia estar em meio a mais uma de minhas crises, e que no fundo eu estava implorando para você ficar?

Não... Você não percebeu.

Ainda sinto sua falta.

Passaram-se dois anos e até hoje, ninguém ocupou seu lado da cama. O que você deixou, aqui permaneceu. Por sentir tanto sua falta, me isolei e perdi todos que se importavam comigo e consequentemente me perdi também.

Ninguém me faz rir, como você fazia. Ninguém me toca, como você me tocava. Ninguém sorri para mim, como você sorria. Ninguém segura minhas mãos, como você segurava. Ninguém sonha comigo, como você sonhava. Ninguém se assemelha a você. Você tinha seus defeitos, mas quem sou eu para julgar? Quando eu mais precisei, você esteve ao meu lado com seus defeitos e tudo. Acima de tudo eu admirava você. Parecia imaturo às vezes, mas tinha uma personalidade forte e uma alma protetora. Ora parecíamos mãe e filho, ora éramos imbatíveis juntos. Até que as brigas fizeram-se presentes, e o que tínhamos de bom consumiu-se no que posso chamar de ódio.

Eu odiava você…

E você me odiava.

Mas porque?

Onde erramos?

Não guardei rancor. Pelo contrário, todos os bons momentos que tivemos juntos guardo até hoje, e espero que você seja muito feliz onde quer que esteja, com quem estiver.

Eu quero voar, mas não tenho asas”, ainda me lembro perfeitamente de quando dizia isso, todos os dias de manhã quando olhava pela janela enquanto seus olhos brilhavam pela neblina que estava lá fora. Espero que agora você esteja voando.

O único problema é, que ainda me pergunto o que farei nessa primavera. Onde quer que eu vá algo me lembra você, e não consigo decidir se isso é certo ou errado, bom ou ruim. Acho que já não consigo decidir alguma coisa tem algum tempo, e admito que parte de mim sempre será você. Para falar a verdade, você era o lado certo da nossa moeda.

Ainda gosto de lembrar de você, por pior que pareça isso me faz bem.

 


Notas Finais


Muito obrigada por ler. 👽
Espero que tenha gostado. 💖
Comentários, elogios hehe e criticas construtivas serão sempre bem vindos.
E me perdoem por qualquer erro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...