História You Should Care More - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan, Bangtan Sonyeondan, Boyxboy, Brigas, Bts, Casal, Drama, Gay, Jimin, Kth, Pjm, Romance, Taehyung, Taemin, Vmin, Yaoi
Visualizações 46
Palavras 713
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - So why you don't do this?


Taehyung havia saído cedo do trabalho naquele dia. Estava com o pensamento apenas em Jimin, mal conseguindo se concentrar nas centenas de casos que haviam aparecido em cima de sua mesa naquele dia. E essas centenas de casos mostrava que, de fato, não era nada fácil ser promotor.

Após juntar a bagunça que fez, vestiu seu paletó e foi embora para casa.

Naquela hora, Jimin estava sentado no sofá da sala, esperando ouvir o barulho da porta.

Após ter terminado a faculdade de dança, entrou para a companhia de teatro musical, desta forma tendo que passar meses se preparando para uma peça que teria que apresentar durante o meio e final do ano.

E aquele dia tinha sido especialmente difícil para praticar dança, pois só conseguia pensar em Taehyung. Seu coração batia mais forte ao pensar nas palavras que proferiu para o namorado, e em como ficou irritado a ponto de nem tentar entender o lado do Kim, sem contar do momento em que saiu do apartamento sem nem dizer para onde ia.

Ah, se arrependimento matasse.

Jimin foi acordado de seus pensamentos quando a porta abriu. A primeira coisa que Taehyung visualizou foi o namorado no sofá.

Parou alguns segundos ainda em frente a porta, apenas para ver a imagem do moreno, que tinha um olhar esperançoso no rosto.

— Bae, podemos conversar?

Taehyung encarou os próprios sapatos sociais. Estava bem e racional o suficiente para conversar?

— Tô cansado. - Disse, antes de virar o rosto e seguir rumo ao quarto.

Jimin respirou fundo, controlando suas emoções e pensando no que fazer.

Um fiasco de determinação passou por seu corpo, no momento seguinte, ergueu o rosto determinado e foi até o quarto, disposto a falar mesmo que Taehyung o ignorasse. Afinal, era o próprio Jimin ue sempre dizia para não esconder as emoções.

— Bae, fala pra mim, o que houve?

Taehyung continuou a desfazer o nó na gravata. Olhou para Jimin, sabendo que ele não desistiria. Tirou a gravata do pescoço e sentou-se na cama.

— Estamos juntos há quatro anos. Quatro anos em que eu me dediquei ao nosso relacionamento do modo que me cabia. Estando com você em momentos bons e ruins, cuidando de você, evitando brigas e, consequentemente, desgastes emocionais.

— Tae, eu–

— Eu não terminei de falar. - O Kim olhou sério para o namorado. — Em todas a nossas brigas você bate na mesma tecla, fala que eu não me importo e que eu te deixo triste, quando na verdade você é quem faz isso. Jimin, eu te amo, e por te amar, eu aceito todo o tipo de acusação vinda de você, mas eu não vou aceitar que você me traía.

— Taehyung, eu não te traí. - Jimin arregalou os olhos pelo desespero que sentiu no momento. — Eu juro, eu não te traí. - Sentou-se ao lado do Kim, pegando nas mãos do mesmo.

— Eu vi o cara te beijando ontem na porta da nossa casa. - Olhou desconfiado para Jimin, buscando qualquer resquício de que ele estava mentindo.

— Foi na bochecha! E ele tem namorada! Por favor, acredita em mim.

— Tudo bem, Jimin. - Taehyung encarou a parede em sua frente, soltando um suspiro baixo. Não tinha forças para aquele tipo de conversa.

— Bae… - Jimin colocou a mão no ombro de Taehyung, tentando chamar sua atenção. Mas o mesmo continuava a olhar pra frente.

— Eu sempre deixei claro que você é livre pra ir embora. Não quero ficar com você se te deixo triste. Me machuca te machucar.

— Não, você não me machuca. Esquece tudo o que eu disse, eu fui um idiota ontem, como sempre. Olha pra mim, Tae. - O Kim virou o rosto na direção do namorado. — Eu te amo, muito. E quero estar com você.

Essas palavras foram suficientes para fazer Kim Taehyung ceder aos encantos de Park Jimin.

Taehyung puxou o moreno para seu colo, apertando-o contra seu corpo, logo tomando seus lábios nos seus. Sentiram a maciez um do outro, as línguas movimentando-se de forma gostosa e a satisfação de terem um ao outro.

No restante da noite que passou, o casal rolou por entre os lençóis; tornaram o ambiente quente, abafado. Preencheram o quarto com gemidos sofregos e cheios de amor, para logo depois se entregarem ao prazer que era ter os dois corpos se tocando.

O amor é lindo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...