História You'll never be alone - Capítulo 2


Escrita por: e Vieirinah

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 1.269
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Convite


Chegando na sala, me deparo com Isabelly sentada sozinha na janela no fundo, no mesmo lugar onde eu e Daniel estávamos sentado na aula de Ciências, ela parecia estar triste. Tentei puxar Daniel para sentar em outro lugar, para não ficar perto dela, mais o mesmo não me deu bola.


Daniel: Oii Isa! Pq esta sozinha aqui?

Isa: Olá Daniel! É bom te ver novamente -disse colocando um sorriso entre seus lábios- Na verdade, tentei fazer algumas amizades novas por aqui, porem acho que ninguem esta afim de ficar perto de mim.

Eu: Pq será? -falei em um tom ironico murmurando bem baixo, parece que a mesma ouviu.

Daniel: Oq disse Jully? Não consegui ouvir.

Isa: É Jully! Conte para nós oq murmurou aí? -novamente ele colocou aquele sorriso na sua cara.

Eu:Falei que isso não é novidade, pessoas como você, dificilmente são aceitas por outras. Sabe, é como se você fosse falsa....mais não to falando que você não seja.....ou não.....não era isso que eu queria dizer, saiu sem querer -falei colocando um sorriso bem aberto no rosto.

Daniel: Não precisa ser rude com ela Jully! Se Isabelly não é aceita pelos outros alunos, por nós ela vai ser.

Eu: Oq?! Ta maluco Daniel! Bateu a cabeça?! A menina acaba de chegar na escola, você nem sabe como ela é!

Daniel: Jully, quando você chegou nessa escola, você passou pelo mesmo que agora Isa está passando! Você não era aceita por ninguem! E eu te aceitei, mesmo não sabendo quem era você e tals.

Isa: Eu posso mostrar quem eu sou, posso me apresentar melhor para vocês, e eu ficaria muito grata em virar amiga de vocês dois.

Eu: Hahaha, vai tirando seu cavalinho da chuva pq minha amiga você não vira. Não confio em você.

Daniel: Jully! Pare com isso! Pq esta agindo desse jeito! Parece maluca!

Eu: Seja como for, ela fica com a gente, porem nem tenta puxar assunto comigo! Entendeu?

Isa: Entendido senhorita Jully.

Eu: Que bom! Odeio repetir as coisas duas vezes, então o recado está dado.

Daniel: Uii Jully, parece até minha mãe falando desse jeito, não é mesmo Isa?! -os dois começaram a cair na risada.

Me sentei e coloquei meus fones de ouvido enquanto esperava o professor chegar. Isabelly e Daniel estavam conversando sobre várias coisas no qual não consegui escutar, mais eu ouvi alguma palavra com "casa" , acho que Isa passou seu endereço para o Daniel, ou os dois moram perto um do outro. O professor entrou na sala e assim tirei meus fones, abri meu caderno, começei a copiar oq ele estava passando no quadro.
A aula toda foi assim, Daniel conversava e jogava conversa fora com Isabelly, os dois estavam se dando muito bem! Tão bem que esqueceram que eu existo! Ótimo! Daniel, meu melhor amigo bateu uma para mim, se declarou falando que estava apaixonado por mim, conheçe uma menina nova, e em 20 minutos ja vira todo amiguinho dela esquecendo que eu existo. Tem como o dia piorar?! Acho que não!
O sinal bateu e fomos para a aula de Educação Física, que era o pior dos professores(na minha opinião é claro) seu nome era Charlles, ele ia se aposentar no final deste ano, e bom! Um milagre isso.

A aula dele estava um tedio! Todo mundo estava quase dormindo em suas carteiras. Mais uma coisa que mais me incomodou naquela aula, foi o motivo de Daniel e Isa ficaram conversando a aula toda e dando risadinhas. Não demorou muito para o sinal tocar, e assim ir para o intervalo, Daniel veio até mim:

Daniel Bom Jully! Eu e Isa combinamos de sair hoje a tarde. E eu vim especialmente fazer esse convite para você. Se você aceitar, eu ficaria muito feliz.

Eu: Qual é o propósito?

Daniel: É apenas diversão, sair com os amigos nada demais -olhei para ele com a sombrancelha arqueada.

Eu: Algo mais?

Daniel: E assim você conhecer melhor a Isabelly.

Eu: Sabia que não era apenas por diversão. Já falei, não quero ficar perto daquela garota, nao quero a amizade dela perto de mim. Entendeu?

Daniel: Mais nao! Nao.....tambem é para mim conhecer ela melhor. Por favor Jully, faz isso por mim.

Eu: Eu vou! Mais é por você! -nao consegui resistir- mais sem querer tentar forçar a barra de amizade entre mim e ela.

Daniel: Okay! Te encontro as 14:00, na praça

Sai dali, e fui comprar algo para eu comer, afinal estava morrendo de fome. Peguei meu lanche e fui me sentar na arquibancada da quadra, enquanto observava alguns garotos jogando bola. Logo ouvi alguem me chamar:

Desconhecido: Moça?

Eu: Ah! Oi! Me desculpe!

Desconhecido: Meu nome é Matheus e o seu?

Eu: Julia.

Matheus: Ah sim! Bom....você deve estar se perguntando o pq eu estou aqui -ele deu uma risada abafada- te vi sozinha aqui, então resolvi fazer companhia.

Eu: Oh! Claro, fique a vontade -eu estava constrangida com aquele garoto ali, ele parecia meio estranho, e nao estava muito a vontade perto dele - Nunca te vi aqui antes.

Matheus: Eu não sou muito de ficar entre as multidoes de pessoas etc.....gosto de um canto mais preservado. Mais hoje eu resolvi vim aqui ver meu irmão jogar bola, já que me expulsaram do meu "cantinho" digamos.

Eu: Te expulsaram?

Matheus: Um grupo de garotas chegaram lá e começaram a me ameaçar. Não que eu tenha medo de garotas.

Eu: Serio? Não tem medo de garotas? -olhei para ele com um olhar frio.

Matheus: É.....mais você me da medo - ele deu uma risada e assim surgiu um sorriso entre seus lábios.

Fiquei jogando conversa fora com ele, até dar o sinal entrei na sala de aula, e então foi ai que eu pensei: se eu levar o Matheus no "encontro" com o Daniel e a Isa, será que o Daniel vai ficar com cíumes? Bom, vale a pena tentar.
Esperei a aula acabar, para encontrar com o Matheus, ele estava sentado em um banco com um livro em suas mãos:

Eu: Oi!

Ele levantou sua cabeça lentamente para mim, e novamente aquele sorriso apareceu

Matheus: Oi! Oq faz aqui? Não era para você ter ido embora?

Eu: É que eu vim te fazer um convite.

Matheus: Convite? Faz tempo que não recebo um desses, mais agora fale, é de aniversário, chá de bebê ou seja la oq.

Eu: Não. É para sair comigo e meu amigo. Mais ele vai levar uma companheira, e eu queria levar um tambem. E eu acho que você é perfeito para isso.

Matheus: Ótimo! Que horas?

Eu: As 14:00 horas na praça. Okay?

Matheus: Fechado.

Virei as costas e sai andando, no portão da escola me deparo com Isabelly abraçando Daniel, e eu confesso que fiquei com cíumes,mais eu ia dar o troco. Me despedi de Daniel, afinal, a irmã dele ia buscar ele de carro, e eu não quero ver a cara dela tão cedo.

Chego em casa e vou direto para o banho, minha mãe não estava em casa pois estava trabalhando. Após o banho, fui até meu guarda roupa e peguei uma camiseta branca com o desenho do Bart Simpsons, ela era bem larga e super confortável, e eu amava ela. Peguei uma calça jeans preta com alguns rasgos e coloquei meu tênis All Star pretos. Penteei meu cabelo, sequei, fiz um coque alto, meio bagunçado com duas mechas soltas na frente. Passei uma maquiagem bem de leve e um gloss na boca. Um perfume e tcharaam! Estava pronta.
Esperei dar 14:00 horas, e assim fui para a praça para encontrar com todos lá. Eu admito que estava anciosa



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...