História You'll never be alone - Capítulo 5


Escrita por:

Visualizações 3
Palavras 1.061
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, LGBT, Luta, Musical (Songfic), Orange, Policial, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá angels mais um capítulo saindo do forno quentinho para vocês, espero que gostem... Boa leitura 💙

Capítulo 5 - One


Fanfic / Fanfiction You'll never be alone - Capítulo 5 - One

Estava em meu quarto deitado na cama quando escuto meu celular tocando e quando olho quem é dou um pulo para cima e atendo imediatamente

                         ��Ligação on
°Sim comandante

°Desculpa por atrapalhar sua folga mais é uma emergência

°Vou tomar um banho e em meia hora estou ai

°Ok estou lhe aguardando

°Ok tchau

                        ��Ligação off


Desligo meu celular e vou direto para o banheiro tomar um banho gelado para acordar e quando termino ponho uma calça preta de couro,uma blusa vermelha e uma jaqueta preta. Assim que termino de me arrumar desço e vou para a cozinha comer algo antes de sair, termino de comer e vou em direção a saída e pego meu celular e minhas chaves de casa/carro e sigo para o QG, chegando lá me identifico e estaciono meu carro, desço e vou diretamente para a sala de reuniões chego perto da porta e dou dois toques na mesma

-Jin entre e feche a porta*fala Teno

-Claro*respondo fazendo o que foi mandado

-Desculpa mesmo por lhe incomodar *fala me encarando

-Não se preocupe, o que aconteceu? *pergunto o encarando

-Vamos esperar os agentes Spax e Taichi*responde sem me encarar

-A sim claro *respondo me sentando

Depois de mais ou menos 10 minutos os outros dois agentes chegaram para nôs fazer companhia nesta belíssima e grande reunião. Não preciso dizer que os outros três estão parecendo zumbis, parece que eles não dormen faz séculos.

-Convoquei vocês a essa reunião pois de todos eu confio mais em vocês três e quero garantir que esse assunto não saia daqui. Bom tive a notícia de que Yoo Ki-Hyun mas conhecido como Kihyun está de volta a Seul junto com sua gangue.

-Então?.... *pergunta Spax

-Então eu quero que vocês três procurem tudo sobre o que ele está fazendo aqui, o que está planejando, onde está morando, quais lugares está frequentando e suas relações de negócios*fala ele nôs encarando

-Esse não é aquele cara que atirou no Shownu? *pergunta Spax

-Sim foi ele mesmo*responde Teno

-Achei que ele tinha sumido*falo e eles me encaram

-Sim ele tinha sumido mas de uns mêses para cá tem havido muitos resgistro de assalto e mortes e tudo indica que é ele, só pode ser ele *responde Teno

-Mas como pode ter tanta certeza que é ele? *pergunta Taichi

-Porque em deus que eu entrei nesse departamento ele foi e ainda é o único bandido que anda com um Soco inglês 3em1 com faca, canivete combate tático Co21 *fala Teno mostrando uma foto

-Já ouvi falar sobre esse soco inglês *responde Spax

-Então estou dando essa missão para vocês três por favor dêem tudo de vocês como sempre fazem *fala Teno se levantando

-Sim senhor *falamos em coro

-Podem ir estão dispensados *fala ele abrindo a porta

Quando saimos da sala do comandante Teno fomos para a sala da QI já que iremos precisar de muita pesquisa, café e muita paciência e já que Teno não quer que ninguém saiba dessa missão então ninguém irá saber.

                      ¥Quebra de tempo¥

Já eram quase 16:00 da tarde quando Spax grita que achou algo fazendo eu e Taichi se assustar.

-Achei algo *grita Spax

-Fala baixo *resmunga Taichi

-Aigo tá bom desculpa*responde Spax

-Oquê achou? *pergunto a ele

-Esse não é o cassino Lucky Paradise Min? pergunta Taichi

-Sim é a fachada dele*responde Spax

-Que cassino gente? *pergunto e eles me encaram

-Você nunca foi lá? *pergunta Spax meio assustado

-Não,nunca fui*respondo e eles se entre olham

-Pois amanhã você vai*responde Taichi

-Amas não vou mesmo *respondo indo me sentar

-Mesmo você não querendo você vai *responde Spax

-E porque? *pergunto o encarando

-Porque o Kihyun vai estar lá *responde Spax me olhando

-Não brinque comigo assim*falo fazendo drama

-A cala a boca kkk *responde Spax rindo

-E onde está o respeito? *pergunto em tom de brincadeira

-Não tenho*responde Spax rindo

-Vocês sabem o nome do dono? *pergunto o encarando

-Não,para falar a verdade ninguém sabe *fala Taichi

-Mas o pessoal o conhece como Min *fala Spax

-Ótimo parabéns *falo em tom de ironia

-Porque da ironia? *pergunta Taichi

-Não sabemos nem o nome do infeliz *respondo os encarando

-Amanhã vamos tentar descobri*responde Spax e eu e Taichi concordamos

                  Seokjin off/Yoongi on
Estava na sala deitado no sofá quando ouço a porta da frente ser aberta e fechada com violência e quando fiquei de pé em posição de ataque minha irmã aparece toda vermelha e com os olhos marejados e inchados, estava evidente que ela havia chorado. Sem tempo para perguntas ela subiu para o quarto e fechou a porta sem nem uma delicadeza então minha mãe apareceu na sala assustada

-Oque aconteceu? *pergunta ela assustada

-Também queria saber*falo a encarando

-Vou lá ver o que ela tem*fala ela começando a subir as escadas

-Pode deixar mãe eu falo com ela *falo sorrindo e ela sorri também

-Obrigada meu filho *responde me dando beijo na testa

Subo as escadas e vou em direção ao quarto de Lisa e apenas dou três toques e ela responde

-Suga entra por favor

-Aconteceu algo meu anjo? *pergunto e ela me encara

-Yoon me ajuda *fala ela se levantando e me abraçando

-Ei calma me conta o que ouve *peço com calma

-O JB acabou comigo na frente dos amigos ricos dele, ele disse coisas horriveis e ainda disse que não me ama e nunca me amou *responde ela já chorando

-Meu amor calma o que ele falou? *pergunto e ela me encara

-Ele disse que pessoas pobres como eu nunca vai ter nada na vida, falou que eu era ingênua de mais e que por isso era fácil se aproveitar, falou que ninguém nunca vai me amar por eu ser desse jeito, feia; pobre e mais um monte de coisa *fala ela chorando, muito

-Calma amor eu vou dar um jeito nisso ok *falo e ela assente

Aquele infeliz não sabe com quem mexeu, vou fazer ele engolir cada palavra que ele disse e ele vai se arrepender de ter feito minha irmã chorar. Podem fazer o que quiser comigo só não mexam com minha família...

-Lisa tome um banho e desça *falo me afastando

-Aconteceu alguma coisa? *pergunta meia assustada

-Sim aconteceu *falo a encarando

-É ruim? *pergunta se levantando

-Pelo contrário é ótimo, agora vá tomar seu banho*falo saindo

Vai ser hoje, cansei de ver quem eu mais amo sofrendo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...