História Young. Dumb and Broken - Capítulo 50


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Amor, Badboy, Bulimia, Bullying, Escola, Paixão, Romance, Sexo
Visualizações 128
Palavras 1.543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá amores!
Esse captl nós temos o encontro de Chloe com Bruno... As coisas vão esquentar um pouquinho e ele vai fazer uma proposta a ela!

Espero que gostem!

Capítulo 50 - Com ou sem ela


Fanfic / Fanfiction Young. Dumb and Broken - Capítulo 50 - Com ou sem ela

New Haven

✨Stephen James

🕛 00:00


Eu quero ouvir sua voz, mas eu não quero responder, então eu resolvo enviar uma mensagem só pra ter certeza de que ela está em casa. Talvez se ela visualizar rápido seja um sinal de que não está nua transando com aquele babaca. Pego o celular e penso no que enviar, fico um bom tempo e nada vem na mente. Frustrado eu envio apenas um ponto e espero.


📱 “ . “


Sinto meu coração sangrar em meu peito, “com ou sem ela” eu não descobri ainda qual é o pior. Eu me perguntava até onde ela poderia ir com essa história que me ama.

Deixe uma mensagem Chloe, por favor! Digo para mim mesmo. Me levanto da cama, saio de meu quarto e desço as escadas indo em busca de uma bebida. Abro a porta de madeira do minibar, pego uma garrafa de uísque e volto para meu quarto dando um bom gole. Lamento pra caralho sentir a falta dela, agora eu sou perseguido por aquele rostinho em meus sonhos todos os dias. Acho que preciso agradecer a ela por me mostrar como é sentir saudades de alguém, pela tentativa de tentar ficar comigo, acho que pelo menos nós tivemos um bom começo. Sinto que ela sempre estará em minha cabeça, mas não em minha vida. Chloe é boa de mais pra mim. Há pessoas que nós amamos, mas precisamos deixá-las ir.

Sento no chão de meu quarto com a garrafa do lado, checo meu celular e vejo que ela visualizou minha mensagem, mas não respondeu nada. Suspiro e tomo mais um pouco da bebida, ela não me ama mais. Encaro a parede de meu quarto enquanto absorvo isso, meus olhos lacrimejam e eu tento a todo custo manter as lágrimas ali.

Dói pra caramba ver ela andando por ai com aquele cara do lado. Queria que ela soubesse que desde o dia que eu a conheci, eu sabia que ela seria a garota da minha vida. Mesmo que nós nunca déssemos certo, eu sempre soube que ela precisava de alguém que a adore, que a ame. Jogo minha cabeça pra trás e fecho meus olhos sentindo meu mundo fora de controle, eu só preciso segura-la perto de mim por mais uma vez.


✨Chloe

Depois de tomar um banho bem tomado e passado hidratante por todo meu corpo eu me encaro na frente do espelho vestindo meu melhor baby-doll . De cabelo solto eu me pergunto se eu realmente quero fazer o que estou pensando em fazer. Porque por mais que eu goste dele eu ainda sinto que não deveria, quer dizer ele vai embora depois de amanhã e eu vou ficar aqui. Quero que a minha primeira vez seja com uma pessoa que fique do meu lado, um que me queira a longo prazo e não apenas por uma noite.

Meu celular apita, pego ele de cima da pia e vejo uma mensagem de Stephen.


📱“ . “


Franzo o cenho, que tipo de mensagem é essa?! Suspiro e xingo ele baixinho. Coloco o celular de novo na pia e pego meu casaco, visto e pego meu celular saindo do banheiro. Ando de um lado para o outro no quarto esperando por ele. Meu celular apita novamente e eu vejo a mensagem.


📱“Não transe com ele Chloe“ 


Assim que termino de ler a mensagem Bruno bate na minha janela, coloco o celular em cima da bancada de livros e corro pra janela. Abro e ajudo ele entrar.

- Oi Baby!

- Oi!

Digo me sentindo estranhamente nervosa, ele sorri pra mim e anda pelo meu quarto tocando e vendo minhas coisas com atenção. Ele chega a minha estante de livros e CDS e começa a ver o que tem ali.

- Você é bem eclética!

Ele comenta se virando pra mim, confirmo com um aceno de cabeça e digo.

- Sim. Eu vou desde Evanescence até Taylor Swift... depende do meu humor!

Ele sorri e anda na minha direção, minha respiração acelera gradativamente a medida que ele se aproxima de mim lentamente. Quando ele toca minha mão eu quase caio com falta de ar.

- Vem... vou te mostrar o que eu tenho na minha playlist do celular!

Ele sussurra e me puxa pra cima da cama, subo e me sento na sua frente. Ele meche no seu iphone até encontrar a música que quer me mostrar. Passa o fone de ouvido pra mim e eu coloco um enquanto ele põe o outro.

- Escolhi essa porque acho que tem tudo a ver com seu humor!

Ele diz e eu ergo uma sobrancelha curiosa, ele aperta o play e a música começa tocar em meu ouvido. Ouço com atenção a letra...


🎧 “ Você disse que quer se sentir admirada

Você quer se sentir desejada

Mas você não quer saber se ele é suficiente

Com medo de transar com um mentiroso

Tantos caras querendo tentar ficar com você

Mas você não sabe agir assim comigo

Seu coração quer amor, não há nada de errado

Seu corpo quer sexo, não há nada de errado

Eu sei do que você tem medo

É que talvez você possa querer os dois

Mas eu não posso te dar os dois

Você vai ter que escolher

O que você vai fazer se você realmente me quer baby?”


Olho pra ele que me encara fixamente, engulo em seco sentindo meu corpo aquecer, ele se inclina na minha direção e eu não consigo mover um dedo se quer. Seus lábios quentes pressiona os meus ligeiramente, eu sinto ele movimentar me incitando a abrir minha boca para sua língua.


🎧 “ Então venha aqui agora

Eu vou beijar você

Eu vou fazer amor com você

Por favor, venha aqui agora

Não quero te deixar ir, não

Você me deixaria te ver sem roupas agora?”


A música continua tocando em meu ouvido, cada palavra traduz perfeitamente suas ações e isso me excita pra caramba. Ele me empurra com suas mãos pra trás me fazendo deitar com ele sob mim. Sua boca se move junto da minha em um ritmo envolvente enquanto suas mãos desce pelo meu braço e passa para minha cintura me puxando de encontro a seu corpo duro.


🎧 “ Eu quero tocar você em todos os lugares

Oh baby, venha mais perto”


Envolvo seu pescoço com meus braços e sua cintura com minhas pernas, ele suspira contra meus lábios quando eu empurro minha pélvis de encontro a dele apenas para sentir seu membro duro. Se separando de minha boca ele passa a beijar meu pescoço, descendo lentamente até meu ombro enquanto suas mãos percorre minhas curvas até meus seios. Abro meus olhos alarmada e sussurro enquanto ele pressiona seu pau em mim firmemente.

- Devagar comigo Bruno...


🎧 “ Me esqueça eu não vou tentar

Porque você acha que talvez você possa me mudar

Meu coração não vai me deixar te amar, não

Meu coração não vai deixar eu me apaixonar por você

Porque baby, eu tenho medo de sofrer e perder a minha liberdade

Eu sou alérgico ao compromisso

Então o que nós vamos fazer?”


A música continua reverberando pelo meu ouvido, a mensagem de Stephen ecoa pela minha mente. Bruno passa a beijar o centro de meu seio puxando minha blusa pra cima, empurro ele pro lado e tiro os fones de ouvido. Essa música me faz pensar em Stephen!

Bruno se apoia em seu cotovelo e me encara questionando silenciosamente minhas ações. Respiro fundo e digo me sentando novamente na cama.

- Melhor pararmos por aqui...

- Porque?

Ele pergunta se sentando na minha frente, encaro ele sem saber o que dizer. Talvez porque o idiota do meu vizinho pediu pra eu não transar com você?!

Suspiro e digo inventando uma desculpa esfarrapada.

- Porque eu não estou certa de que quero fazer isso hoje e além do mais... meu pai está em casa!

- Eu não faria barulho nenhum baby...

Ele diz segurando minha mão e entrelaçando nossos dedos, balanço a cabeça negando e digo.

- Não posso Bruno. Desculpa!

- Eu quero você perto de mim Chloe, quero mais e mais, mas quando você está comigo é difícil de saber o que você quer!

Ele diz soltando minha mão, se levanta e anda de um lado para o outro. Percebo o volume gigante em sua calça de moletom e me sinto culpada por fazer ele ficar assim e não dar a ele o que precisa.

- O que você quer de mim? Eu preciso saber se isso aqui é mútuo antes de eu me envolver de mais. Eu quero muito você, será que pode retribuir isso?

- Bruno é melhor você ir embora...

- Não eu não quero ir embora... é só que metade de você não é o suficiente pra mim!

- Mas você vai embora daqui a um dia, o que você quer?! Que eu dê tudo de mim a você pra depois ir embora?

Digo me levantando da cama e parando na frente dele. Bruno me encara por um segundo até que finalmente diz algo que me deixa mexida e ligeiramente tentada.

- Então vem comigo! Vamos para NY... fique comigo por uns dias. Me deixe te mostrar que existe vida depois de Stephen!


Notas Finais


Proposta tentadora né?! Ela deve ou não ir? 🤔😀

Próximo capítulo está top e sai amanhã!

Não deixem de favoritar e indicar!
PS: a música que ele põe pra ela ouvir é CLOSER do YO TRANE 😉😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...