História Young Forever - YoonMin - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), K.A.R.D
Personagens B.M, J.Seph, J-hope, Jimin, Jin, Jiwoo, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Somin, Suga, V
Tags Bts, Bwoo, Drama, J-min, Kard, Kookhope, Namjin, Vhope, Vkook, Yaoi, Yoonmin
Visualizações 106
Palavras 2.424
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, Mistério, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 2 - Verdade ou Desafio?


Sentamos no chão, formando uma roda em torno da garrafa para começarmos a jogar. Como ele era o dono da casa, TaeHyung começou rodando a garrafa.

Jimin pergunta para Yoongi.


Esse jogo vai dar o que falar…

.

.

.

#Jimin#


Encarei Yoongi por alguns segundos. Acabei me perdendo em suas afeiçõesIsso sempre acontecia…


- Okay… - comecei. - Verdade ou desafio? - perguntei encarando o outro que pareceu ponderar bastante sobre sua resposta.


- Verdade! - respondeu um um sorriso. Essa era minha deixa.


- Por que você me odeia tanto? - perguntei e seu sorriso se foi.


- Eu tenho mesmo que responder? - sussurrou depois de uns longos segundos de silêncio constrangedor.


- Bom, não. - Ouvi TaeHyung falar. Encarei o outro como se quisesse matar ele com um olhar. - Regras são regras! - respondeu meu olhar furioso. Eu queria saber porque Yoongi me odeia, agora não dá mais! Obrigado, Kim TaeHyung.  - Se você não quiser responder a Verdade, tem que fazer um desafio. Se não quiser cumprir o desafio, fale uma verdade. Essa é a única regra.


- Okay! Diga um desafio. - O de cabelos verdes pediu.


- Okay. - resolvi não discutir com ele. - Te desafio a mergulhar na piscina totalmente nu. - disse encarando- o. Meu plano era: um desafio pesado, para ai ele não iria querer cumprir e responderia minha pergunta.


- Okay, eu faço. - Se levantou, falindo meu plano.


Yoongi desceu as escadas, e todos nós fomos atrás. Tentando não fazer muito barulho, chegamos ate os fundos da casa, onde tinha a área de laser e a piscina. O mais velho começou a tirar as roupas e ficou ao só de cueca e se virou pra mim


- Tem mesmo que ser totalmente nu? - perguntou. Fala pra ele que não precisa cumprir desafio nenhum, Jimin. Fala!


- Tem! - respondi rápido. Eu sou um filho da puta desgraçado.


- Eu não vou tirar minha box. Isso já seria humilhação de mais. - respondeu se posicionado na escada.


- Você vai mesmo fazer? - SeokJin fala encarando o outro. - Yoongi, está frio! Sai daí. - falou preocupado.


- Não precisa cumprir o desafio! - Falei rápido assim que o mais velho se cobriu de água até a sintura.


Fui correndo até um banheiro que ficava na quela parte da casa, e peguei uma toalha para o garoto. Voltei até ele - que já estava fora da água e enrolei o pano em seu corpo.


- Desculpa, não achei que você ia realmente cumprir o desafio. - falei baixo.


- Ele pode pegar uma gripe, Jimin. Pense melhor na próxima vez.- ouço Namjoon me repreender enquanto acompanho Yoongi até a casa.


Depois de Yoongi se secar, voltamos para o quarto de TaeHyung, e meu irmão voltou a tirar girar a garrafa.


Yoongi pergunta para Hoseok.


- Verdade ou desafio? - o mais velho pergunta animado, acho que ele já sabe o que dizer em ambos os casos.


- Desafio! - respondeu rápido e animado. Mas sua euforia foi embora assim que percebeu o que o outro ia fazer. - Ah, não Yoongi. Não faz isso!


- Eu te desafio… - falou deixando um suspense, menos para Hobi que já sabia o que o outro ia falar. - a beijar o TaeHyung, enquanto está no colo dele. - disse simples.


Ao contrário do que eu achei que ia acontecer; JungKook sorriu e começou a encarar os dois. O Jung estava mais vermelho que pimentão, e TaeHyung só o encarava esperando qualquer movimento do outro.


- Vai vim, ou não? - Tae pergunta encarando o ruivo.


Depois de mandar um olhar de “Desculpa” para o Jeon, Hoseok se posicionou no colo de TaeHyung com uma perna de cada lado da sintura do mais novo.


- Por quanto tempo? - Jung pergunta olhando para Yoongi.


- Dez segundos está bom! - respondeu e voltou a encarar os dois, como todos nós ali.


Hoseok estava tenso. Começou um beijo calmo, e estava mais parado que uma pedra. Ninguem estava contando o tempo, então deciditam deixar o beijo mais intenso, TaeHyung levou sua mão direita para a sintura do mais velho e sua canhota para a bunda do outro, a apertando. Hoseok soltou um gemido baixo parando o beijo e voltou para o seu lugar. Girou a garrafa rápido, antes que alguém perguntasse algo.


JungKook pergunta para Yoongi.


- Verdade ou desafio. - O mais novo pergunta calmo.


- Desafio! - responde sem pensar muito.


- Te desafio a beber isso aqui. - falou entregando uma garrafa com um líquido transparente dentro da mesma.


- Que porra é essa? - Yoongi perguntou passando a garrafa pelo nariz e fazendo careta depois.


- Com diz o TaeHyung: não é veneno, isso que importa! - respondeu - Quero que beba até aqui. - disse apontando para uma marca na garrafa, que ficava um pouco a cima da metade do conteúdo.


Sem pensar muito, o mais velho virou a garrafa e começou a beber a bebida. Depois de alguns segundo, tirou a garrafa da boca fazendo careta e tossindo um pouco.


- Desgraçado. - resmungou girando a garrafa outra vez.


Jimin pergunta para Jin.


- Verdade ou desafio? - falo encarando o outro.


- Desafio! - afirmou convicto.


- Ai meu Deus! - TaeHyung exclamou me encarando como se pedisse algo - Pensa bem no que você vai fazer! - ele disse. Bom, eu ja sabia ao que ele se referia.


Não que eu não “apoie” Namjoon Jin, só que acho meio injusto forçar algo entre eles. Não quero estragar a amizade deles, e mesmo se eles deixassem de ser só amigos, tudo seria melhor no tempo deles.


- Okay… - disse olhando para os dois (tanto SeokJin, quanto pra TaeHyung). Um trocadilho cairia bem numa hora dessas, não? - Te desafio a dar um beijo, de quanto tempo você preferir, no Namjoon. - disse e olhei para ele, tentando passar minha ideia para ele.


- Hum… - resmungou como se pensasse se aceitaria ou não, acho que ele já entendeu onde quero chegar. - Okay! - exclamou e Namjoon o olhou com os olhos arregalados e é o rosto vermelho. TaeHyung, Hoseok, e JungKook se contorciam com antecipação, só pelo simples fato de seus amigos trocarem um beijo, parecia aquelas kpopper/shippers quando o casal tem interação… Yoongi por outro lado, estava tranquilo, acho que ele já tinha descobrindo meu “plano”. Claro, ele é inteligente, e isso sempre foi uma das coisas que mais gosto nele.


SeokJin se aproximou do rosado e deixou um beijo estalado na bochecha do mesmo. - Desafio cumprido! - falou enquanto ouvia os murmúrios insatisfeitos dos outros e é uma risadinha fraca de Yoongi.


Depois das reclamações de Hoseok, Tae e JungKook  e das risadas de Yoongi,  Seok voltou a girar a garrafa, continuando com o jogo.


JungKook pergunta para Hoseok.


- Verdade ou desafio? - Kook pergunta encarando o outro.


- Verdade. - respondeu tentando não olhar para o mais novo. Pela coloração de suas bochechas, acho que Hobi estava morrendo de vergonha pelo que tinha feito á alguns minutos a trás.


- Quero que me diga o que você realmente sente pelo meu namorado! - falou em um tom desafiador e Hoseok o encarou com os olhos arregalados.


- Passo! Fale um desafio! - disse rápido.


- Me beijar. - respondeu deixando, não só o Jung como todos nós ali, surpresos, menos TaeHyung que sorria intercalando os olhares entre Hobi e Jeon. O que esses dois estão aprontando?


- Fale outra coisa. - Hobi sussurrou baixo e sem graça.


- Não! Você escolhe: ou admite seus sentimentos por Tae, ou me beija. E eu não quero aqueles beijos de dorama não, quero um beijo de verdade! - falou observando o semblante preocupado do outro.


- Apanhar*, ou ganhar um beijo? - ouvi Hoseok dizer baixinho par a si mesmo e dei risada.


- Eu acho que o beijo seria melhor! - respondi e o outro se virou assustado pra mim, acho que a intenção dele era que ninguém ouvisse…


- Okay… - sussurrou Hoseok se apoiando nos joelhos e indo até Jeon. - Não quer desistir? - perguntou e o outro sorriu colocando mão em seu pescoço o puxando pro beijo.


Hoseok não tá fraco não, hein. O beijo dessa vez não foi como o de Hobi e TaeHyung, esse já começou quente. Realmente não era igual os beijos de dorama! JungKook parecia comandar, suas cabeças se moviam em direções contrárias e suas bocas se encaixavam perfeitamente, alguns sons saíam de suas bocas, não sei se eram resmungos ou gemidos,  mas aparentemente aquilo estava muito bom. Mas como tudo que é bom dura pouco, os dois se separaram, porém, Hoseok não voltou rápido para seu lugar - acho que JungKook ainda o “prendia” ali já que ainda estava com a mão em sua nuca. Ficaram se encarando por uns dois segundos, então Hobi voltou para seu lugar depois de ver um sorriso satisfeito do mais novo. E então, voltou a girar a garrafa.


Hoseok pergunta para Yoongi.


- Fique sabendo que eu irei me vingar! - avisou Hoseok - Verdade ou desafio?


- Como eu não tenho medo de nada… desafio!


- E como eu sou uma naja vingativa, vou devolver na mesma moeda! - Hoseok encarou todos na roda até parar o olhar em Namjoon. - Te desafio a fazer a mesma coisa que eu fiz com TaeHyung, só que com o Namjoon! - Yoongi ficou tranquilo e foi até o outro. Ao contrário do esverdeado, eu não estava tão tranquilo.


É serio que Yoongi vai fazer isso? Que idiota, imbecil! Com Namjoon? Mas eles não eram só amigos? Meu Deus, que nojo.


Decidi virar o rosto e não olhar, aquela ceninha estava começando a me dar nos nervos. Por que Suga tinha que beijar alguém? E ainda por cima na minha frente… sei que eu não devia estar com essa raiva toda, mas eu estou, e não faço a mínima ideia do porque!


Ignorei os dois é só voltei a olhar para a roda quando Yoongi voltou a girar a garrafa.


///02: 10 - Casa dos Kim’s\\\


TaeHyung tinha dito que iria dormir com Jeon. Os outros também estavam com sono - inclusive eu- , então fomos todos dormir. Como já estava tarde, TaeHyung não quis acordar seu motorista para nós levar já que podíamos dormir lá, e a gente não arriscaria dirigir embriagado. Como a família de Tae é grande, sua casa já está adaptada a visitas - tem alguns quartos que seus tios e primos usam quando veem pra cá. Como não tinha tanto quarto assim, eu e Namjoon dormimos no mesmo quarto, SeokJin e Suga no outro, e Hoseok ficaria com Tae e Jungkook no quarto do anfitrião.


Os dois quartos de hóspedes tinham suas camas de solteiro, entao eu e Namjoon ficamos bem confortáveis lá  


- Posso te fazer uma pergunta? - ouvi o mais velho perguntar, depois de colocar seu celular no criado-mudo ao lado de sua cama. Respondi um simples “sim” e ele continuou. - Você vai responder sinceramente? - perguntou me encarando. Respondi da mesma forma que antes. Porque eu não seria sincero? - Você voltou para Seoul por quê? - disse me olhando sério.


- Eu estava com saudades de meus pais, por isso voltei. - afirmei. Isso estava e não estava certo. Bem, eu estava sim com saudades de meus pais, mas não foi por isso aí quis voltar a morar aqui. Com eles eu poderia vim nos feriados, matar a saudade e voltar, mas não era assim com Yoongi. Hoje no aeroporto foi a primeira vez que vi ele em dois anos e três dias - Sim, eu conto os dias. Eu não aguentava mais de saudades, então esse era o único jeito dele “aceitar” me ver, ele podia me evitar o quanto fosse, mas mesmo assim, eu o veria de um jeito ou de outro.


- Só dos seus pais? - a voz de Namjoon me despertou. Ele me pegou.


- Você sabe que não, né?! - disse rindo da minha incapacidade de esconder algo de qualquer um.


- Você voltou por ele? - concordei com a cabeça. - Yoongi é meu melhor amigo, então eu conheço ele, e vou te falar uma coisa: por mais que ele te afaste, te mandar embora, diga que te odeia, não acredita nele! - suspirou - Olha, Yoongi as vezes parece mulher: se ele te disse uma coisa, ele quer dizer totalmente o contrário! - deu risada e acompanhei ele. - Se ele te mandar embora, isso é a última coisa que você deve fazer. Se ele te disser que te odeia, a única coisa que ele vai querer ouvir é um "eu te amo". O Hyung as vezes é bem confuso, e eu aprendi a lidar com ele bem calmamente. Levei alguns socos na cara, mas aprendi. E se você realmente gosta dele, vai aprender também, só precisa de um pouco de paciência. - disse calmo.


- Por que está me dando esses conselhos? - perguntei o olhando e o ouvi suspirar.


- Sabe, quando você foi embora, Yoongi ficou um lixo! - ouvi as palavras daí tem da boca dele e meu coração apertou. Eu fiz meu Suga ficar mal? - Você acha que o problema está no que você disse no final daquela festa não é?


- Sim! Mas eu não me lembro do que eu disse, do que fiz. Não me lembro de nada! - Falei sincero. Era totalmente verdade! Aquele final de festa estava toda em branco pra mim.


- Eu acredito em você! Só que não vou te dizer o que aconteceu lá, isso você tem que resolver com Yoongi. - suspirei, acho que não vou descobri o que ouve naquela droga de festa nunca. - Mas voltando, Suga não estava bravo com você pelo que você fez/disse na festa, ele até gostou na verdade, o problema é que você simplesmente foi embora no outro dia. Sem avisar, sem se despedir, parecia que estava fugindo dele.


- Mas eu não estava! Aquele dia eu só acordei convencido que tinha que visitar meus pais de Busan. Eu no primeiro feriado que vim pra cá, fiquei procurando ele o dia todo, mas não o achei. Depois TaeHyung me disse que ele estava me evitando.


- Eu realmente acredito em você, mas Yoongi não. - e de novo meu coração apertou. - Eu sei que você gosta dele, e também sei que ele gosta de você, então vou ajudar ambos!


- Como vai fazer isso se ele me odeia? - suspirei derrotado.


- Lembra do que eu disse que Yoongi quer é sente exatamente o contrário do que faz e diz? - confirmei. - Entao, ele não te odeia, Jimin…


- Ele só quer que eu diga um eu te amo!


- Você aprende rápido! - sorriu me levando junto. - Vou convencer Yoongi a te dar outra chance! - afirmou convicto.


- Obrigado, Nam-Hyung. - agradeci. 


Notas Finais


* Sobre essa frase de "apanhar ou ganhar um beijo": o Hobi tava com medo do Jeon bater nele se ele falasse q gosta do Tae.
* vcs querem Cap com pov do Hoseok? Com o q aconteceu durante essa noite.
Comentem.
* Se ninguém comentar eu não posto o yaoi q escrevi.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...