1. Spirit Fanfics >
  2. Youngblood. >
  3. WTHWH?

História Youngblood. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


eu voltei a escrever aqui no spirit, amém jesus, desta vez as fanfics vão ser boas, eu garanto.

Capítulo 1 - WTHWH?


O primeiro dia em missão na Coreia do Sul para os 7 agentes estava a correr com planejado, estavam tão "focados", que nem se aperceberam que estavam a ser seguidos. Mal sabiam eles que duas das melhores agentes secretas estavam atrás deles.

- Dalilah, tu só tens de fazer o que te disse, ok? - diz Eleanor, para a mais baixa ajeitando o casaco.

 - Ok, injetar a seringa no braço de três deles, eu já entendi...Kathrine eles já entraram na casa. - fala Dalilah pelo walkie-talkie.

- Ótimo, vão e batam à porta fingindo dar as boas-vindas. - Kathrine que estava no outro quarteirão responde à mais nova pelo dispositivo.

- Ok, damos o sinal quando tudo der certo.

As duas meninas esperam 5 minutos e vão até a casa onde os agentes do "outro lado" entraram, as mesmas batem à porta, sendo recebidas por um rapaz de cabelos vermelhos.

- Olá, sejam bem-vindos ao bairro. - diz Eleanor forçando o sorriso.

- Oh, muito obrigada, podem entrar. - Andrew fala com um sorriso ingénuo nos lábios, dando espaço para elas entrarem.

- Wow, aqui é muito grande, vocês são quantos mais ou menos? - pergunta Dalilah num tom de admiração.

- 7 e vocês vivem há quanto tempo aqui?

- Vivemos há....hm...3 anos. - afirma Eleanor sorrindo ingenuamente para o mais alto.

- Desculpem perguntar, mas vocês são lésbicas?

- Ele só pode estar a brincar, é que só pode. - bufa Dalilah revirando os olhos.

- Não, somos melhores amigas e optamos por morar juntas. - responde Eleanor, simplista.

- Vivem aqui há muito tempo. - o mesmo sorri envergonhado.- Bom, se quiserem conhecer os outros moradores é só subir. 3 dos meus amigos estão no segundo quarto à esquerda e os outros estão na porta ao lado. - diz Andrew mudando de assunto, continuando com o sorriso em constrangimento.

- Eu vou no segundo quarto, vais com ele? - Dalilah pisca para Eleanor, que sorri para a mais velha.

- Claro. - responde Eleanor, assim começando a seguir o rapaz de cabelos vermelhos.

Eleanor foi com Andrew para o quatro onde estava 3 dos amigos do mesmo. Já Dalilah estava à minutos na porta receosa se batia na porta ou não.

- Vai Lilah, bate nessa porra logo. - Dalilah, resmunga para si mesma batendo na porta.- Posso entrar?

- Claro, à vontade. - diz o rapaz de cabelos pretos com um sinal perto dos lábios.- Seja bem-vinda à nossa casa.

- Olá, prazer em vos conhecer. - Dalilah  diz com as mão na maçaneta trancando a porta e guardando a chave no bolso de trás da sua calça.

- Olá, prazer é todo nosso. - o rapaz de cabelos azuis fala, sorrindo simpaticamente para a mais nova.

Ouve-se um grito de desespero do quarto ao lado.

- Andrew? - o rapaz de cabelo azul, Martin, grita tentando sair do quarto, falhando miseravelmente.- Quem trancou esta porcaria?

- Desculpem, babys, mas se 4 já foram vocês serão os próximos. - diz Dalilah tirando a seringa do braço de Gates que se encontrava deitado na cama.

Os meninos tentaram fugir mas era difícil, Dalilah conseguiu anestesia-los, acontecendo o mesmo no quarto ao lado.

- Pronto Kathrine, podem vir. - avisa Dalilah para o walkie-talkie.

- Ok, estamos aí tarda nada. - responde Kathrine.

2 minutos passaram-se, e as outras meninas já estavam lá embaixo, Dalilah e Eleanor tinham levado os 7 meninos para a sala, com muito esforço.

- Eles são tão pesados, meu deus. - diz Linda segurando um dos meninos, Isaac.

- Isso porque só levaste 2 para a van, Linda. - responde Cassandra levando o último para o carro, Gates.

Assim que fecharam a porta da van entram, dando partida para a casa onde passariam alguns dias até voltarem para Los Angeles, onde ficaria a sua casa "oficial".

- Saudades de ter missões assim. - diz Elizabeth amarrando o primeiro rapaz.

- Tu és muito má com as pessoas neste tipo de missões, Betty, tenta acalmar-te quando estiveres no teu turno e um deles acordar, ok? - diz Linda amarrando o último rapaz.

- Eu não sou má, simplesmente, tenho outro tipo de técnica para eles calarem ou nos responderem. - responde Betty fazendo uma careta.

Elizabeth, farta de estar à espera deles acordarem vai para mais perto vendo cada detalhe do rosto de cada agente. Muitos minutos depois um dos rapazes acorda começando a fazer um escândalo.

- O que fazemos aqui? Quem és tu? - Jacob grita, cuspindo as suas palavras.

- Calma, Jacob Palin. Não precisa entrar em pânico só precisamos da vossa ajuda. - responde dando um sorriso ladinho, para o mais velho.

- O que vai acontecer connosco? Vai nos matar? - grita de novo, agora entrando em um verdadeiro desespero.

- Importas-te de parar de gritar? - perguntou num tom irritado. - Come on, Jacob, coopere comigo, será bem mais fácil, hum?

- Solte-nos, por favor. - suplicou com os olhos marejados. - Eu juro que nós não vos denunciamos à polícia, só nos solte.

- Não vamos vos fazer mal, ok? Só precisamos da vossa ajuda e de respostas, Jacob Palin. - fala, se aproximando do mais velho agachando-se tocando na sua perna.- Fique descansado, ok? Se cooperarem connosco, eu te prometo que nunca vamos vos magoar.

- Ei? porque estamos amarrados? - Martin, que já estava acordado a alguns segundos pergunta. - Quem são vocês? - pergunta olhando para Cassandra que estava na porta com Dalilah, que estava atrás da mais velha.

- Quando for de manhã, nós falamos melhor, ok? - diz Dalilah pondo-se em ponta dos pés para ser vista por Martin e Jacob.

- Parece que somos más pessoas, né? Mas descansem, nós somos, mas com vocês vamos ser mansas, por enquanto. - fala Cassandra, sorrindo pela própria fala.

- Doida. - falam Betty e Dalilah, olhando para a mais velha que ainda tinha o sorrindo esbanjado no rosto. - Vem, já está na hora de dormir, Betty. Ah, meninos, não precisam se preocupar amanhã já vão dormir em caminhas fofinhas, ok? Espero que colaborem connosco, beijos. - Dalilah, fala dando um sorriso acolhedor para os mais velhos.


Notas Finais


então, eu quis ser diferente e não colocar o nome dos meninos. bom, para vocês não ficarem confusos está aqui o nome e o seu respectivo "dono" que eu usei para a fanfic.

Andrew - Park Jimin
Gates - Jung Hoseok
Isaac - Kim Namjoon
Jonas - Kim Seokjin
Martin - Kim Taehyung
Henry - Jeon Jungkook.

se deus quiser eu não apago esta fanfic. 😭✌️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...