1. Spirit Fanfics >
  2. Youngblood. >
  3. 03.

História Youngblood. - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - 03.


- Ei, como te chamas? - pergunta Martin, quebrando o silêncio que permanecia entre os 8.

- Dalilah. - diz destrancando a porta de um dos quartos.- Aqui é o teu "quarto", Henry, não fujas, ok? É bem ao lado do nosso se precisares de alguma coisa, só gritar. - fala empurrando o mesmo para dentro, trancando a porta.

Passado alguns minutos a mesma já tinha deixado todos os rapazes no quarto.

Dalilah, andava pelos os corredores da casa  cabisbaixa, pensando em como fora tão tola de ter deixado a sua vida de secretária, para virar uma agente da CIA, como abdicara de tudo para ser alguém que ninguém sabia a sua verdadeira identidade. 

- DALILAH, ESTÁS POR AÍ? - Henry, tira a mesma dos seus pensamentos, fazendo a mais nova andar mais apressada, destrancando a porta.

- Se passou alguma coisa? Precisa de algo? - pergunta num tom apressado.

- Que fofo, se preocupando comigo. Mas, não é nada de tão importante, gatinha. Só queria conversar com você. - fala se aproximando da mais baixa. - Eu tenho uma proposta para a senhorita.

- Hm, pode falar, senhor Henry Lee.- responde se afastando do mais alto, buscando uma cadeira, logo se sentando.

- Então, como disse precisam de informações sobre o chefe do outro lado, certo? - o mesmo pergunta, se sentando na cama a frente de Dalilah, vendo a mesma concordar.- Então, que tal comprar coisas para nós.

- Só pode estar a brincar, senhor. - a mesma solta uma risada nasal. - Se vendendo assim, Lee?

- Ah, gatinha, tem de ser. Nós precisamos de sair daqui o quanto antes. - o mesmo pega as mãos de Dalilah as acariciando.- As agentes da agência inimiga estão à solta, e nos derão a missão de as apanhar. Nós podemos ser os agentes do ano, lilah.

- Owt, amor. Mas não é tão fácil assim, ok? - se pronuncia, aproximando do rosto de Lee.-  Aliás, nós temos de ter uma conversa bem séria se vocês terão vestiários novos, ou um tratamento mais sofisticado, gatinho. - fala sussurrando a última parte.

- Ah, lilah, sê uma querida, por favor. - diz num tom de súplica.

- Eu vou falar com as meninas, já volto para lhe dar a resposta. Já volto, senhor Lee. - diz Dalilah, que revira os olhos em irritação.

A mesma sai do quarto trancando o mesmo em seguida.  Já no quarto onde todas as agentes estavam, vendo Linda e Cassandra lendo e as restantes vendo algo no computador de Kathrine.

- 2 mil euros? Eles pensam que cagamos dinheiro, é que só pode. - Elizabeth fala olhando para os preços das passagens.

- Meninas? Henry falou comigo, e fez uma proposta estúpida. - Dalilah, senta-se no chão pegando o seu telefone.

- Lilah, que proposta? - Eleanor pergunta, logo se aproximando da mais velha.- Fala, fala.

- Ele disse se nós comprassemos coisas para eles, eles nos dariam informações sobre o chefinho deles. - diz, fazendo uma pose engraçada para a foto que iria tirar.- O que acham disso?

- Bora. - Linda diz, tomando a atenção das agentes. - Não?

- Acho um pouco estúpido, mas já que é só isso, vamos, fiquei a saber que aqui tem ótimas roupas. - fala Cassandra desligando o computador.

- Ok, calma eu vou os buscar, já volto. - fala Dalilah, logo saindo do quarto se dirigindo para o quarto de Henry. - Elas aceitaram, vamos. - diz olhando para o telefone. - Ei, Lee? - chama a atenção do mais velho. - Poderias tirar uma foto comigo é que...

- Eu sei, gatinha, já estás toda apaixonadinha por mim. - fala convencido, assim recebendo um chute da mesma. - Au.

- Não é isso, é que tem um rapaz a irritar-me, e eu queria que ele parasse vendo que eu estou com alguém. - fala abrindo o Snapchat. - Não fiques com essa cara, tu és bonito, faz uma cara bonita, não assustada, por favor.

Assim que tiraram a foto, Dalilah deu um beijo na bochecha de Lee em agredecimento, puxando-o para buscar os outros.

- O que estamos aqui a fazer? - pergunta Gates, olhando o quarto onde as meninas dormiam.

- It's shopping time, babes. - fala Elizabeth, entrando na casa de banho que tinha dentro do quarto.

- É nós vamos às compras, vocês precisam de roupas novas, amores. - diz Cassandra, olhando-os de cima a baixo.

Passado mais ao menos 1 hora todos estavam prontos para ir às compras. Todos, assim, saíram de casa indo para a van que estava em frente da casa, entrando na mesma sendo Linda a conduzir.

- Porque temos que ficar no fundo?
- pergunta Andrew, que se sentava ao lado de Martin e Dalilah.

- Gajo, não reclama já estamos a chegar, ok? Quando estivermos a voltar eu e outras duas pessoas vamos a trás, hum? - pergunta Eleanor num tom meio frustrado, a mesma se sentava ao lado de Jacob, Elizabeth e Jonas.

- Se tu vieres atrás comigo, eu aceito. - o mais velho que antes reclamava, diz no ouvido de Eleanor o que causou um pouco de arrepio na mais nova.


Notas Finais


eia, eu vou postar mesmo só tendo uma espectadora. 😭✌️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...