1. Spirit Fanfics >
  2. Your Babygirl - JiKook >
  3. "Welcome to Jeon's House"

História Your Babygirl - JiKook - Capítulo 31


Escrita por:


Capítulo 31 - "Welcome to Jeon's House"


Fanfic / Fanfiction Your Babygirl - JiKook - Capítulo 31 - "Welcome to Jeon's House"


Seja bem vindo a casa dos Jeon's.


O domingo tinha logo chegado, e Jimin mesmo que um pouco desconfiado aceitara o convite dos pais de Jungkook.

ㅡ Ainda não entendi. Seu pais mal me conhecem e me convidaram para algo esse tal aniversário de casamento?

ㅡ Não seja tão  desconfiado, eles gostaram de você. Não tem como não gostar.

ㅡ Esqueceu que você me odiava? Eu era o "Park Jimin, o inconsequente". ㅡ soltou uma risada fraca, meio nervoso. Meio não, muito nervoso. E se os outros Jeon's não gostassem de sí? Se questionava naquele momento.

ㅡ As coisas mudam. ㅡ piscou, o outro revirou os olhos. ㅡ Olha não precisa ficar nervoso, eu vou estar com você lá. ㅡ firmemou a mão na do outro. ㅡ Agora vamos descer do carro?

ㅡ Tudo bem. ㅡ sorriu, já mais tranquilo.

Jungkook travou o carro e eles caminharam em direção a casa bem desenhada. E pelo próprio pai do Jungkook mesmo, não era arquiteto mas tinha um bom talento em desenhar, como o resto da família.

ㅡ Que casa linda.

ㅡ  Desenhado por mim. ㅡ o homem, alto e de cabelos negros, alguns fios grisalhos apareceu na porta.

ㅡ Pai! ㅡ sorriu, indo em direção ao pai e o abraçando.

ㅡ Seja bem vindo casa dos Jeon's.

ㅡ  Muito obrigado pelo senhor e a senhora sua esposa por me convidarem para uma festa tão íntima quanto um aniversário de casamento. ㅡ falou formal demais, fazendo o Jeon mais velho rir com as palavras embaraçosas. O loiro estendeu a mão, mas foi recebido com um abraço apertado.

ㅡ Entrem por favor! ㅡ sorriu, os guiando para dentro da casa.

ㅡ O que foi isso? ㅡ segurava uma risada.

ㅡ Isso o quê?

ㅡ Você formal demais, não precisa disso. Relaxa. ㅡ fez um carinho no ombro do loiro, sentindo ele relaxar. Murmurou. ㅡ Como eu disse antes, estou aqui com você.

Jimin não respondera, o sorriso de orelha a orelha já era a resposta. Jungkook estava sendo tão carinhoso consigo, o tratando de um jeito tão especial como ninguém nunca o tratou e isso só fazia acelerar ainda mais o coração do loirinho.

ㅡ Meus queridos! ㅡ a mulher, de cabelos negros se aproximara sorrindo quando notara a presença do homens. Abraçara carinhosamente os dois. ㅡ Sejam bem vindos. E Jimin, obrigada por aceitar a nosso convite.

ㅡ Obrigada a senhora por me convidar. ㅡ trocaram sorrisos simpáticos.

ㅡ Fico feliz que tenha gostado do convite. ㅡ segurou na mão do loiro. ㅡ Eu vou apresentar-lhe ao pessoal! Não seja tímido!

E a Jeon mais velha apresentou Jimin a todos da sua família ali presente. O mesmo riu, ao observar a cada instante a bochecha de Jungkook ser apertada por suas tias.

ㅡ Quando que minhas tias vão entender que eu não sou mais um garotinho? ㅡ esfregara a bochecha, já vermelha.

ㅡ Isso também acontece comigo, elas pensam que minha bochecha é elástica. ㅡ riu vendo o outro resmungar algo que não entendera.

ㅡ O mais lindo da família chegou!ㅡ um moreno gritou, chamando a atenção.

ㅡ Quem é esse?

ㅡ Meu irmão, Junghyun. ㅡ bufou, deixando o outro confuso.

ㅡ Maninho! ㅡ exclamou ao notá-lo ali, todo sorridente veio na direção do irmão o abraçando apertado demais. ㅡ Olha só! Você não mudou nada!

ㅡ Digo o mesmo de você. ㅡ falou quando se debruçou do abraço.

ㅡ Acho que fiquei mais musculoso.ㅡ exibiu os músculos,  todo orgulhoso.  Seu olhar caiu sobre o loiro, o analisando. ㅡ Oh, prazer!  Junghyun, irmão mais velho de Jungkook.

ㅡ Jimin. ㅡ apertaram as mãos. ㅡ Sou  vizinho de Jungkook.

ㅡ Entendi. ㅡ sorrira revezando o olhar entre Jimin e Jungkook. ㅡ Bom, seja bem vindo a nossa casa! Fique a vontade.

ㅡ Obrigado. ㅡ sorriu sem mostrar os dentes.

O homem logo foi chamado e foi conversar entre as pessoas, enquanto Jungkook arrastou o loiro para a varanda.

ㅡ Eu sinto paz  aqui. ㅡ entregara uma taça de vinho ao loiro, que aceitou de bom grado.

Da varanda, dava para ter uma bela vista das casas e alguns prédios. E ficava ainda mais lindo a noite, o céu  hoje  brilhava cheio estrelas reluzentes.

ㅡ Obrigado. E aqui é lindo mesmo.  ㅡ sorriu e degustou do vinho. Tinha um questionamento em mente a fazer, então foi direto. ㅡ Você não se dar bem com seu irmão?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...