1. Spirit Fanfics >
  2. Your Beautiful Eyes - SuperCorp >
  3. O Que Eu Perdi?

História Your Beautiful Eyes - SuperCorp - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Eu sei que deveria explicar por que eu sumi, mas eu vou dizer o mesmo que disse que eu disse na outra fic: Eu não quero expor isso aqui... Eu voltei lá tem uns dias, e voltei lá primeiro porque estava editando os caps daquela fic, que ainda está em andamento, mas tem menos caps do que aqui.
Enfim, me desculpem a demora.
Espero que gostem do cap. Boa leitura.

Capítulo 24 - O Que Eu Perdi?


*Pov. Lena*


Cheguei em casa e todos já estavam na mesa jantando.
— Nem me esperaram, né?! — falei sentando e fazendo um prato pra mim.
— Pensei que você ia jantar na casa da Kara filha, desculpa. — minha mãe falou.
— Tá tudo bem mamãe, eu estou feliz demais hoje, vou jantar e depois vou na Felicity.
— Qual o motivo dessa felicidade toda? — meu pai perguntou.
— Nada que interesse vocês. — falei brincando.
— Tá apaixonada, tá apaixonada! — Lex ficou cantando junto com a Lois igual duas crianças.
— Parem de implicância vocês. — minha mãe falou.
— Ela está toda irritadinha hoje. — meu pai sussurrou no meu ouvido e eu comecei a rir. Terminamos de comer e ficamos um tempo na mesa. Lex meu pai e eu conversávamos sobre um novo modelo de carro que lançou e a minha mãe e a Lois falavam sobre algo que eu não fiz questão de saber.
— Mas eu acho que o motor dele é muito mais potente que o modelo anterior. — falei ao meu pai.
— Mas ele não é espaçoso, então não é tão vantajoso assim. — Lex falou.
— Mas eu não quero um carro vantajoso eu quero um carro rápido. — falei rindo.
— Você quer um carro, filha? — meu pai perguntou.
— Olha pai, não seria uma má ideia. — eu disse como quem não quer nada.
— Vou conversar com a sua mãe quando ela estiver mais calma. Você tem tido boas notas e tirando o seu pequeno incidente você está se comportando.
— Foi um incidente que não aconteceu mais, pensem com carinho pai.
— Filha você vai dormir na Felicity? Já está tarde. — minha mãe falou tirando a mesa do jantar. Olhei no relógio e estava realmente um pouco tarde. Felicity é uma ótima aluna então ela dorme cedo, coisa que eu não consigo.
— Se eu for dormir lá eu te ligo. — falei me levantando.
— Você tem aula amanhã Lutessa. Não se atrase. — ela falou irritada.
— Okay, tchau gente. — me despedi do meu pai e sai rumo à casa vizinha. A minha presença nessa casa já é algo tão normal que os pais da Felicity já nem ligam mais se eu entrar sem bater. Na verdade, nunca ligaram. — Estrelinha, meu amor. — falei deitando ao seu lado e a abraçando.
— Oi Len. — ela disse e beijou minha testa. — O que aconteceu?
— Eu beijei uma pessoa, adivinha quem foi?
— Winn! — ela respondeu.
— Por que sempre que eu falo que algo assim aconteceu você acha que é ele?
— Quando a gente era pequena ele disse que era apaixonado por você. — ela respondeu dando de ombros.
— Sério? — perguntei me sentando na cama.
— Sério, mas me diz, quem beijou?
— A Kara. — eu respondi sorrindo. — Ela beija tão bem, Flick.
— Finalmente Lena! Eu tava começando a achar que você não tinha coragem.
— Eu sou uma Luthor, né?!
— Uma Luthor que demorou um mês pra beijar a menina. Aliás qual a sensação de beijar uma menina?
— Primeiro que não foi um mês, e segundo que o beijo dela é o melhor do mundo, sério eu to apaixonada.
— Então agora você é oficialmente gay.
— Eu não sei o que sou, sei que estou apaixonada pela Kara.
— Quando vocês vão transar?
— Felicity! — a repreendi. — Eu beijei a menina hoje e você quer que eu leve ela pra cama.
— Foi só uma pergunta. — ela disse levantando as mãos em rendição. — Mas Lena, você sabe o que fazer em um sexo lésbico?
— Não deve ser algo tão difícil assim, eu vou descobrir com ela.
— Aí que fofo. Já quero que vocês namorem.
— Vamos com calma, eu não sei o que ela sente por mim. — agora que eu parei pra pensar. Será que a Lis sente algo por mim ou será que ela me beijou só porque estava curiosa?
— Vai dormir aqui? — Felicity perguntou depois que passamos horas conversando.
— Vou, tem alguma roupa minha limpa?
— Tem sim, tá na sua gaveta, se for tomar banho já vai logo porque eu to com sono.
— To indo. — peguei uma roupa confortável na minha gaveta e fui tomar um banho quente, enquanto pensava se Kara sente algo por mim.


*Pov. Kara*


— Bom dia família. — eu falei feliz me sentando na mesa para tomar café.
— Bom dia, Kaki. — Kal disse tocando no meu rosto.
— Bom dia, meu amor. — falei imitando o gesto dele. — Você é lindo Kal.
— Você é que é linda Kaki. — ele respondeu dando um beijo na minha bochecha.
— Filha come logo que sua amiga já ligou. — minha mãe falou.
— Tudo bem mama, cadê o papa?
— Seu pai teve que sair mais cedo. — minha mãe terminou de falar e eu escutei a porta da frente ser aberta.
— Bom dia família. — Alex disse me dando um beijo na testa. — Vamos, Sis?
— Quer tomar café, Alex?
— Não tia, muito obrigado.
— Por que a Sam não entrou? — eu perguntei terminado de tomar meu chocolate.
— Ela quis ficar no carro.
— Então vamos, tchau mama, tchau Kal.
— Tchau, tia Liza. Tchau Kal.
— Tchau Kaki, tchau Alex.
— Tchau meninas, boa aula pra vocês. — Alex pegou minha mochila e nós andamos até o carro da Sam onde seguimos pra escola conversando sobre a aula chata que teremos hoje. Chegamos na escola e fomos pra nossa sala, ainda estava cedo então elas ficaram na minha mesa conversando comigo. E então eu senti o melhor cheiro do mundo.
— Bom dia, Lis. — Lena disse e eu ganhei um selinho o que me fez sorrir como boba.
— Uau!! O que eu perdi? — Alex disse e eu e Lena começamos a dar risada.
— Nós estamos ficando. — Lena disse me abraçando por trás, logo tratei de me aconchegar em seus braços. Diferente de todas as outras vezes em que Lena me abraçou por trás ela ficou dando alguns beijinhos na minha nuca o que me deixou arrepiada.
— Vocês o que? — Sam quem perguntou dessa vez incrédula.
— Nós estamos ficando. — eu quem respondi dessa vez super feliz.
— Finalmente! — elas falaram juntas. — Aí gente já tava começando a ficar irritada com vocês duas. — Sam disse rindo.
— Por que? — Lena perguntou com a cabeça deitada no meu ombro.
— Vocês queriam se pegar a tanto tempo.
— Quem tá se pegando? — Imra perguntou.
— Eu e a Lis estamos ficando. — mais uma vez Lena disse e sua voz transmitia felicidade.
— Finalmente! Eu não aguentava mais ver a Lena desenhando você com cara de apaixonada. — Imra zombou.
— Você me desenhou Lee? — perguntei virando de frente pra ela.
— Sim, eu fiz alguns muitos desenhos seus. — ela falou rindo e me deu um selinho rápido. — E eu vou guardar todos pra você ver.
— Eu vou querer ver todos Lee.
— Todos pra suas mesas, por favor. — o professor West disse alto na sala.
— Hoje nós não reparamos, Lis. Eu vou pra minha mesa, pequena. Até o intervalo. — Lena disse me ajudando a sentar na minha mesa e me roubou um selinho.
— Sua ladra. — eu falei rindo.
— Depois eu te devolvo. — ela disse e eu escutei seus passos pra longe da minha mesa.


Notas Finais


Como estamos??

Link da minha outra fic:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/uma-nerd-diferente-19633492

Obrigado por ler, até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...