História Your destiny is my flowers - Jeon Jungkook - BTS. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Tomorrow X Together (TXT), TWICE
Personagens Beomgyu, Jackson, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Momo, Nayeon, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sana, Soobin, Yeonjun, Youngjae
Tags Bangtan, Bangtan Boys (BTS), Jeon Jungkook, Joubyju134340, Jungkook, Kook
Visualizações 12
Palavras 1.440
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que vcs gostem dessa versão melhorada da história, me desculpem por ter excluído a outra mas eu tenho meus motivos ok?

Boa leitura 💕

Capítulo 1 - Queimando sonhos pt 1.


Fanfic / Fanfiction Your destiny is my flowers - Jeon Jungkook - BTS. - Capítulo 1 - Queimando sonhos pt 1.

2018/08/17...Dia do acidente.

06:20 AM...

S/n On.

Acordo mais uma vez sabendo que tenho como obrigação ir para a faculdade. Levanto da cama completamente disposta, vou ao banheiro e faço o necessário e logo saio trocando de roupa e pegando minha mochila indo para a universidade federal da Coréia do Sul. Na faculdade eu faço meio ambiente, pois gosto da natureza então descido me empenhar bastante nesse assunto.

Saio de casa e dou bom dia para os vizinhos que estavam ou sentados na frente de suas casas, regando plantas ou até mesmo saindo para trabalhar. Todos os dias são assim, convivendo com pessoas boas ou pelo menos é o que eu acho.

Chego no portão da faculdade e já avisto meus amigos, Nayeon, Yeongjae, Momo, Jackson e minha melhor amiga Sana. Até o ensino médio era só eu e Sana, porém depois de um tempo para cá após começamos a fazer o mesmo estudo na faculdade conhecemos algumas pessoas, mas em especial Nayeon, Yeongjae, Momo, Jackson, são ótimos amigos.

- Olá coleguinhas - digo tocando a mão de cada um.

Momo: - Bom dia S/n, sonhou comigo? - diz sorridente.

- Quem me dera sonhar contigo minha flor. - digo respondendo o sorriso da loira.

Jack: - Bom, vamos entrar logo pois daqui a pouco começa a aula e eu preciso sair mais cedo. - diz olhando o relógio em seu pulso.

Yeongjae: - Vai para onde? - pergunta começando a caminhar para dentro da escola junto com todos nós.

Jack: - Tenho que passar em uma loja de alto móveis para comprar um carro, já estava na hora de eu ter um. - diz sorrindo convencido.

- Mas temos uma consulta para fazer depois da aula, precisamos ir no jardim botânico aqui perto da escola para a pesquisa. - digo relembrando todos.

Jack: - Sim, mas eu preciso comprar o carro antes, mais tarde eu posso voltar aqui e fazer a pesquisa ou até pegar emprestado de um de vocês. - sorri para Sana.

Sana: - Não Jack, acho melhor você ir fazer a sua própria pesquisa não é? - diz sorrindo sem mostrar os dentes.

- Ou você pode vir junto com ele ajudá-lo né amiga? - digo cutucando Sana com o cotovelo fazendo a morena me olhar envergonhada.

Jack: - Não seria uma má idéia. - diz olhando para Sana que já estava parecendo um moranguinho.

Sana: - Mas Jackson, e-eu tenho que ajudar a S/n no trabalho dela sabe? Não sei se...

- Pode ir amiga, eu sempre dou um jeito lá na floricultura. - digo fazendo minha amiga ficar cada vez mais indignada com o empurrão que estou dando nela para o melhor em seu relacionamento com Jackson.

Sana: - Está bem... - sorri sem graça.

Entramos em nossa sala e sentamos em nossas cadeiras, outras pessoas entravam na sala e nos comprimentam. Ficamos conversando por um tempo até o professor entrar na sala e começar sua aula.

[...]

11:58 PM...

Estou saindo da escola com meus colegas quando me lembro que hoje na floricultura tenho que entregar algumas plantas e também tenho que terminar de decorar o local. Mas Sana vai ajudar Jackson então não vai pode me ajudar.

- Ei, alguém gostaria de ir me ajudar na floricultura mais tarde? - pergunto para os 4 que ainda não se manifestaram.

Momo: - Ah S/n eu... tenho que fazer uma tarefa talvez minha mãe não deixe. - diz sorrindo simples.

Yeongjae: - Eu tenho que ir para a casa do Mark não vai dar, thau! - diz indo em direção ao seu carro.

Nayeon: - Eu sinto muito S/n, mas... eu realmente não vou poder tá? nós vemos mais tarde. - diz também indo embora.

Bom, no final fica só eu e deus andando pela causada até o centro da cidade onde minha casa se localiza.

Ainda vamos todos para o jardim botânico, e só depois vou para a floricultura Jung. Enquanto isso, meu irmão Jung Hoseok está lá segurando as pontas para mim, ele é muito prestativo, quando quer.

S/n Off.

14:31 PM...

Jardim botânico de Seul...

JungKook On.

Estou organizando algumas fotos que acabei de tirar com minha câmera fotográfica, elas ficaram lindas. Eu gosto bastante de tirar fotos nesse jardim, todo mês eles plantam uma flor diferente e eu sempre venho para tirar fotos e colocar nas redes sociais, para mim esse lugar tem as flores mais impecáveis que eu já vi.

Eu consigo bastante tempo para tirar essas fotos, porém minha mãe sempre diz que o meu futuro não é atrás da lente da câmera e sim na frente sendo fotografado, vocês me entendem né? Eu odeio tirar fotos, odeio me ver em uma foto, então tiro fotografias para eu apreciar e não quero tirar fotos minhas para que as pessoas me apreciarem.

Estava tudo tão silêncio e calmo, até que um grupo de 5 bagunceiros entram pelo corredor da estufa onde eu me encontro. Nele tinham 3 meninas e dois garotos, mais ou menos, o menor é uma criança de sei lá... 12 ou 13 anos? Só sei que, minha paz acabou nesse exato momento.

Jeon: - Olá, será que vocês podem fazer silêncio? - digo mas ninguém liga e continuam a conversar bastante alto.

Resolvo ignorar eles e arrumar minhas coisas para sair do local, pois como diz aquele ditado "os incomodados que se mudem", e eu não sou obrigado a suportar essas crianças.

Bom, eu tenho apenas 23 anos e esse grupo deve ser de alguma universidade, mas me considero mais maduro do que todos eles que não sabem se comportar na frente de alguém.

Enquanto me preparo para sair da estufa sinto alguém puxar meu braço, olho para baixo e vejo o garot me olhando sorrindo.

??: - Olá moço, você estava tirando fotos? - pergunta animado.

Jeon: - Sim, por que? - pergunto sério.

Yeonjun: - Olá, meu nome é Yeonjun eu também gosto de fotografias, e eu... gostei da sua câmera ela é bonita. - coloca as mãos no bolso envergonhado.

Jeon: - Sério? Nossa, que fantástico. Sabia que poucas crianças da sua idade gostam disso? - digo indicando a minha câmera antiga.

Yeonjun: - A sua câmera é vintage né? Eu acho bem mais interessante assim, o poblema é que eu só tiro fotos pelo celular.

Jeon: - Bom, essa câmera não foi tão cara, e ela concerteza é melhor que um celular - digo sorrindo para o garoto.

- YEONJUN, vem aqui! - diz gritando nos assustando.

Yeonjun: - Noona, por que está gritando? - diz com raiva da garota.

- Por que está conversando com um estranho? - diz me olhando e segurando a mão do garoto.

Jeon: - Me chamo Jeon Jungkook, me desculpe por falar assim com seu irmão. - digo fazendo reverencia para a moça de rosto bonito. Não pera!

- Bom, meu nome é Jung S/n, tudo bem é só que ele não deveria ter se afastado - ela diz com um sorriso sem graça, mas logo toma a visão para a câmera a minha mão.

Jeon: - Bom, eu tenho que ir. Thau Yeonjun, thau S/n! - digo olhando para o rosto da garota antes de me virar, mas denovo sou interrompido.

Yeonjun: - Você gostaria de tirar algumas fotos das plantas da minha irmã? Ela tem uma floricultura. - diz por final.

Jeon: - Ah sério? - digo me virando e olhando a garota que agora estava com o rosto vermelho.

- Não... na verdade sim, bom eu tenho uma floricultura mas não precisa tirar fotos e...

Jeon: - Eu iria adorar tirar fotos de suas flores, eu tenho uma conta no Instagram e lá eu posto bastante fotos de tudo que eu fotografo, e admito eu faço muito sucesso. - sorrio convencido.

- Ah mas...

Yeonjun: - Por favor S/n deixa? Eu preciso estudar mais sobre aquela câmera! - diz indicando a minha câmera.

- Então está bem. - sorri empolgada e eu me perco por um segundo de meu mundo.

Jeon: - É... qual é o nome e o endereço da floricultura? - pergunto voltando ao foco.

- É a única floricultura Jung no centro da cidade. - explica sem tirar os olhos dos meus.

Jeon: - Ok, eu vou estar lá às 16:00? - pergunto com o coração palpitando.

- Po-pode ser. - sorri sem mostrar os dentes.

Yeonjun: - Thau JungKook! - faz reverencia e sai com sua irmã.

Fico ali pensando no por que meu corpo reagiu dessa forma com apenas uma garota. Mas de uma coisa eu sei, eu preciso tirar uma foto dela.



°Your destiny is my flowers°...


Notas Finais


Espero que tenha gostado do primeiro capítulo, e como eu sempre digo "nenhum Primeiro capítulo sai bom", então não julguem a Fanfic só pelo começo ok amores?

Bjs na boca ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...