1. Spirit Fanfics >
  2. Your eyes shine - Jeon Jungkook (BTS) >
  3. Eu quero ela de volta!

História Your eyes shine - Jeon Jungkook (BTS) - Capítulo 3


Escrita por: e maknae1997


Notas do Autor


Oii meus anjinhos! Então, eu voltei, demorei mas voltei. Estava ocupada, sem tempo. Mas agora terei bastante pra vocês!
Boa leitura! Szszsz

Capítulo 3 - Eu quero ela de volta!


16 de novembro de 2019, Coreia do Sul, Busan

08:17 PM, sábado

P.o.v. Jungkook

Eu já estava desesperado com lágrimas presas em meus olhos; não tinham dito mais nada sobre o acidente, nada. Eu já tentei ligar para a S/n várias vezes, cheguei a perder as contas, e ela mexia naquele treco o tempo inteiro, não o deixaria para trás, nunca, a conheço muito bem, mas todas as minhas ligações cairam na caixa postal.

Eu estava vidrado na televisão, não estava crendo em que eles encerraram a matéria dessa maneira, não acredito, pode ser a minha amiga alí! 

Me estressei e corri para o meu quarto, meu coração estava partido e a minha cabeça estava à mil, eu não tinha nenhuma notícia dela, e isso me preocupava muito, eu conversa com ela todo santo dia, e só de pensar que ela não esteja bem, me deixa muito mal, eu só conseguia pensar no pior nessas horas, nada de bom estava vindo na minha cabeça.

ㅡ Por que você foi pra' tão longe de mim? ㅡ Me joguei na cama com tudo, e me agarrei no travesseiro em que ela deitou na última vez que veio na minha casa, ainda tinha seu cheiro suave de morango, ah, era tão bom, as tardes e madrugadas aqui... ㅡ Que saudade de você, S/n. ㅡ Afundei meu rosto no travesseiro enquanto chorava sem parar.

Mas então, ouvi batidas na porta.

ㅡ Filho? Você tá' legal? Subiu correndo, todo irritado. ㅡ Ela entrou e eu limpei as lágrimas, atoa porque ela é minha mãe, e consegue perceber rapidamente. ㅡ Tava' chorando porque, hm? ㅡ Colocou meu cabelo atrás da orelha, mas logo ele saiu.

ㅡ Po-porque a S/n pode ter morrido, mamãe. ㅡ Ela me olhou preocupada. ㅡ Aconteceu um acidente num avião indo pra' Seul, em q-que... ㅡ Solucei.

ㅡ Ei... Calma amor, respira fundo e me conta direitinho. ㅡ Se deitou junto a mim ainda alisando meus cabelos.

ㅡ Tá'... Olha, um avião caiu no mar, e só teve' três sobreviventes, uma adolescente e os pais. ㅡ Respirei fundo. ㅡ Eu tentei ligar p-pra' ela, mas ninguém atendeu. 

ㅡ Filho, se ela caiu no mar e sobreviveu, o celular, mala e tudo isso se perdeu meu anjo. ㅡ Me acalmou.

ㅡ Mas eu queria ela aqui! ㅡ Comecei a chorar novamente enquanto me deitei em seus braços, ela estava me consolando e passando as mãos no meu cabelo. ㅡ Mamãe, a senhora pode dormir comigo hoje? 

ㅡ Claro, amor. ㅡ Continuou a passar a mão no meu cabelo, eu ainda tentava respirar fundo, mas falhava; acabei dormindo junto a ela.

16 de novembro de 2019, Coreia do Sul, Taejon

10:08 PM, sábado

ㅡ Nós estamos em Taejon?! ㅡ Minha mãe perguntou preocupada.

ㅡ Sim, vocês estão. ㅡ A senhora falou calma enquanto dirigia seu carro para um hotel próximo. ㅡ Ah, vejam pelo lado bom, é só à 140 quilômetros de Seul, não é tão longe, dá pra' ir de carro, meus caros.

ㅡ Isso tudo? Não acredito. ㅡ Coloquei a mão na cabeça. ㅡ A gente perdeu tudo! Bagagens e todo o nosso dinheiro. ㅡ Olhei para a Lua.

ㅡ Calma filha, vai ficar tudo bem. Eu tenho dinheiro na minha conta, consigo retirar dinheiro. ㅡ Me passou um certo alívio, não estávamos completamente sem dinheiro.

ㅡ Senhora, no hotel tem um caixa eletrônico? ㅡ Ela assentiu. ㅡ Antes de irmos para o hotel, tem como a senhora me levar em um hospital? Meu dedo tá' ficando roxo. ㅡ Meu pai gemeu de dor enquanto olhava para seu dedo, que estava completanente torto.

ㅡ Claro que posso. ㅡ Sorriu simpática. ㅡ Mudou o rumo em que estávamos indo.

16 de novembro de 2019, Coreia do Sul, Taejon

10:41 PM, sábado

ㅡ Seu dedo vai melhorar em breve senhor, irá ter que tentar mexê-lo aos poucos. ㅡ Saiu junto ao meu pai da sala, e ele concordou.

Nós saímos do local sem dar uma palavra, mas não estava tão desconfortável quanto pensei que ficaria; entramos no carro e seguimos para o hotel, bem mais tranquilos, até porquê minha mãe já tinha sacado o dinheiro, então, pagaríamos a diária do hotel por uns dois dias, e aí já iríamos embora para Seul.

[...]

Depois do banho eu realmente relaxei, aquela banheira foi tudo para me acalmar. 

Mas então lembrei do Jungkook.

Eu não tinha como falar com ele, eu nem sequer sabia o número de cor dele, isso era uma decepção, meu melhor amigo de infância; eu estava com muita saudade dele, ele provavelmente estaria agora muito magoado, afinal, não nos despedimos direito, avisei-o em cima da hora; eu estava mal por ele.

ㅡ S/a, tenho uma boa notícia! ㅡ Minha mãe falou aos sussurros pois o pai já estava dormindo. 

ㅡ E o que seria? ㅡ Falei desinteressada, estava triste, obviamente.

ㅡ Filha, tenta se animar, sim? ㅡ Sentou perto de mim. ㅡ A sua prima e a sua tia, aquelas que foram nos visitar em Busan, vão nos buscar daqui a dois dias, elas moram em Seul, então fica mais fácil. ㅡ Sorriu meiga.

ㅡ Aquela que deu em cima do Jeon? ㅡ Levantei uma sobrancelha.

ㅡ Ela mesma... ㅡ Coçou a nuca.ㅡ Enfim, filha, não vá dormir tarde. Boa noite, amor. ㅡ Beijou a minha testa e foi para a cama.

Eu ainda fiquei observando o céu, costumava fazer isso quando dormia na casa do Jeon, era divertido; tudo era divertido ao lado dele.

18 de novembro de 2019, Coreia do Sul, Taejon

02:07 PM, segunda-feira

Estava ainda desanimada para tudo hoje, não queria ir para Seul, só queria voltar no tempo e fugir para bem longe naquele dia em que iria me mudar, mas agora já era tarde, não havia o que fazer. 

Elas já haviam chegado para nos levar até Seul, e eu odiava aquela menina, minha tia não, mas minha prima além de ser insuportável era metida. Uma vez, ela foi me visitar sem avisar, e o Jeon estava na minha casa ㅡ como quase todos os dias ㅡ, quando ela o viu, ficou se achando o tempo inteiro, dando em cima dele, e isso me incomodou muito.

Era só ciúme de amigos, não?






Notas Finais


:]


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...