1. Spirit Fanfics >
  2. Your Eyes (Yang Jeongin) >
  3. Hamburger and cute boy

História Your Eyes (Yang Jeongin) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


esse capítulo é mto mas MTO Soft kkkk dcp tô sem criatividade

Capítulo 5 - Hamburger and cute boy


Fanfic / Fanfiction Your Eyes (Yang Jeongin) - Capítulo 5 - Hamburger and cute boy

Pela manhã, me deparo em um quarto diferente, muito ao contrário do meu. Fui abrindo os olhos devagar já que estava sem pressa e me deparei em um quarto masculino. QUE CARALHOS EU TÔ FAZENDO NUM QUARTO MASCULINO? E..... AÍ MEU CU, É DO JEONGIN.!!!!!

Foi aí que caiu a ficha, além da bela ressaca que peguei e consequentemente uma dor de cabeça, pude puxar na memória o pedido dele no final da noite. Quero ser somente seu. Foram as palavras que saíram de seus belo e extraordinário lábio. Tudo o que eu pude responder foi "sim", e eu não me arrependo, nem um pouco. Afinal, eu gosto dele, não tem o por quê ficarmos separados já que é recíproco. Viro-me e vejo a outra parte da cama vazia, e logo ouço uma porta sendo aberta, sem exitar, puxo o lençol que cobria algumas partes de meu corpo e cobri o mesmo. Quando olhei da onde saia o tal som, vejo a imagens dos deuses. Yang Jeongin saindo do banho, apenas com a toalha cobrindo suas pernas. E porra, ele tava gostoso. Me segurei para não voar no pescoço do mesmo e o encher de beijos. Ao sair, veio em minha direção com o vapor do chuveiro saindo do banheiro lentamente. Caminhou em minha direção e eu apenas fiquei paralisada 

- Bom dia pequena, dormiu bem?- Perguntou me dando um selinho 

- D-dormi, e você? 

- Sim, aliás você se mexe muito, mas valeu a pena dormir com você, uma das minhas melhores experiências- Comentou indo em direção ao guarda-roupa e tirando de lá, sua muda de roupa e direcionando a porta.

- Onde você vai?

- Me trocar oras, não vai me dizer que pensou que eu iria me trocar na sua frente? Apressada- Finalizou dando uma pequena risada sarcástica.

- Não disse isso, apenas, Aish vá se trocar logo.

Após terminar, ele apenas assentiu e se retirou do quarto, eu fiquei perdida em meus devaneios até que decidir levantar do conforto da cama. Indo ao banheiro ainda pouco úmido, fiz minhas higienes e, saindo do quarto me deparo com algumas portas abertas, provavelmente dos meninos( ou alguns deles) que já se encontravam de pé. Desci até a cozinha e vejo Chan e o Woojin terminado de botar a comida da mesa; Hyunjin e Minho colocando as xícaras e Seungmin e Han colocavam os talheres, açúcar e adoçante. Provavelmente, Changbin e Félix deveriam estar dormindo. Fico impressionada de ver meninos como eles, ainda tomar café todos juntos ( Não que eu esteja julgando), mas eles, é meio estranho. Após alguns minutos, sentamos na mesa e comemos, jogamos algumas conversas alheias fora, lavamos a louça e depois, arrumamos a bagunça da noite passada. Ainda com dor de cabeça mas não podia dispensar a ajuda sim? 

 Em torno de 2 horas mais ou menos terminamos todos os afazeres que tínhamos naquela imensa casa. Já que todos tinham feito sua parte, decidiram cada um ir para sua casa, com seu par ou não. Me joguei no sofá, não queria sair de lá por nada, nunca limpei uma casa igual hoje. Fechando os olhos lentamente, sinto o assento fofo e macio afundando um pouco para meu lado esquerdo, já sabia de quem se tratava mas não liguei muito. Jeongin me envolveu em seus braços e dando um leve beijo em minha testa perguntou 

- O que quer fazer agora jagiya?- Em um certo momento pensei em responder que queria dormir, mas então o olhei e vi o seu cansaço ele tentava esconder o máximo com entusiasmo e dedicação, observei toda sua expressão e aqueles olhos. Ah os olhos, como não negar algo a Yang Jeongin? Então apenas respondi 

- Vamos a uma lanchonete, pode ser? Estou com muita fome, depois voltamos para casa e assistimos um filme ou vemos depois o que fazemos. 

- Perfeito. Vamos?

- Vamos.

Por volta de uns 15 minutos chegamos a lanchonete do Hae-yoon, uma as melhores de toda a cidade de Busan. Nos sentamos na mesa 26, no andar de cima, que aliás tinha uma ótima vista da cidade, esperamos um pouco até algum garçom que trabalha no estabelecimento vim nos atender.

- Bom dia, licença, aqui estão os cardápios, se quiserem algo já podem pedir.- Um menino com aparência de mais ou menos 20 ou 19  anos nos atendeu. Seu nome era Yugyeon, bem, era o que dizia em seu crachá.

- Eu vou querer um hambúrguer, com fritas grande pra nós dois e um refigentante por favor.- Jeongin se pronunciou e Yugyeon escreveu tudo em um pequeno bloquinho atentamente 

- Eu vou querer um refigentante e uma fatia de pizza. Sabor frango com catupiry por favor 

- Ok. Daqui a pouco os pedidos estar ao chegando. Com licença- Pediu se curvando e retirando-se.

Me concentrei em Jeongin, realmente ele era o homem dos meus sonhos, simplesmente perfeito. Cada traço de seu rosto era incomparável, Deus realmente deve ter demorado pra criar esse menino, é muita beleza. Seus lábios perfeitamente esculpidos, a cor da sua pele com um bronzeado impecável, suas sobrancelhas bem patenteadas, o nariz lindamente encaixado em seu rosto peculiar. E seus olhos, a quem me entrego todas as vezes que me encara, uma cor de mel escuro, quase castanhos escuro, á circunferência de sua pálpebra deixava-o mais perfeito, quando sorria, seus olhos pareciam que entravam dentro do rosto, além de seus olhos também tem seu sorriso, que traziam um conforto inexplicável, um calor que invadia todo o meu corpo. Simplesmente o melhor homem desse mundo.

Perdida em seus traços, ele me cutucou fazendo-me tirar a concentração de seu rosto e focando no mesmo.

- O que foi amor? Foi hipnotizada pela minha beleza?- Perguntou e eu apenas corei.

- E-eu? Não, hipnotizada por você? Já

- Huhum, tá, você não sabe nem mentir S/n, quem sabe as novelas coreana te contrata pra você treinar mais o disfarce haha

- Aish. Seu chato 

- Sou mesmo, mas eu sou o seu chato

- Sim, você é meu chato- Finalizei inclinando para lhe dar um selinho, o que fez o mesmo abrir um enorme sorriso 

Fomos jogando carícias e conversas fofas até que nossos pedidos chegou e pude ver o brilho em seus olhos 

- Ahh, que cara boa estão- Falou e eu apenas concordei 

Comecei a comer minha pizza, está realmente deliciosa, enquanto comia, avistei Jeongin comendo feito uma criança, em volta de sua boca, estava sujo de cheddar e molho; uma das melhores visões que tive dele. Iniciei uma risada super bizarra ao ver a cena cônica de Yang Jeongin comendo um hambúrguer. 

- Amor? Você está com um..... negocinho no canto da boca. 

- Hm? O que? 

- Vem aqui...- Limpei e vi sua expressão fofa e vergonhosa 

- Era só me dizer, não precisavade levantar e limpar, eu sou um adulto e não uma criança. 

- Mas faz eu cuidar de você como se fosse uma, não consegue nem comer sem se sujar. Olha sua blusa haha 

- N-não ria, eu vou no banheiro; não saia daqui.

Ele se retirou indo em direção ao toilet, fiquei comendo minha pizza até que ouvi alguém chamar meu nome, 1, 2, 3 vezes, até que me viro e vejo Mark. Pera Mark? Meu Deus, levantei rapidamente da cadeira e pulei em seu colo

- Não acredito, Mark, como você veio parar aqui? O que veio fazer aqui em Busan? 

- Calma aí, monnie-ah- Ele ainda me chama pelo apelido de criança- Eu tô passando por aqui uns dias, problemas de família sabe? Mas meus pais estão pensando em mudar pra cá, tomara sim? Disse cruzando os dedos- E você? o que está fazendo aqui sozinha? 

- Eu não estou sozinho, estou com um.... Ah! Olhe ele ali- Disse apontando para Jeongin que vinha em nossa direção 

- Voltei, Oh, e quem seria você?- Perguntou fuzilando Mark

- Me chamo Mark Tuan, sou amigo de S/n, e você?

- Sou Yang Jeongin, o namorado dela- Finalizou dando um ênfase em "namorado" e eu apenas fiquei o encarando.

- Bom, foi um prazer, eu vim fazer um pedido pra viagem então vou indo. Até mais moonie-ah- Disse me dando um beijo na bochecha e saindo do local.

- Quem ele pensa que é pra te dar um beijo? Só eu posso fazer isso, escroto. 

- Aish, oppa, deixa isso pra lá; Você fica muito fofo quando está com ciúmes sabia? 

- Eu não sou fofo, eu sou sexy, olhe- Terminou me lançando um olhar sedutor e eu finji que tomei um tiro

- Ata, você fica mais fofo assim, é muito meu bebê 

- Aigoo, você venceu. Vamos voltar, temos que terminar de comer e pagar a conta-Disse que  estávamos no meio da lanchonete. Concordei, e fomos terminar nossa comida, pagamos e saímos do estabelecimento. Ele me deixou em casa e seguiu seu caminho, omma não estava, então subi as escadas e fui tomar um banho. Depois desses dia meio cansativo, deitei na cama e dormi.......



Notas Finais


foi de coração ta?
ultimamente estou sem criatividade sobre oq escrever, até pensei em apagar né mas cá estou eu skksks, me perdoem, irei dar o meu melhor


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...