História Your Face, Your Eyes - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Sally Face
Personagens Personagens Originais, Sal Fisher (Sally face)
Tags Filler, Momento Fofo, Sally Face, Shinehalley
Visualizações 9
Palavras 704
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey! Olha eu aqui com mais um Filler de TETSE (Sigla de The Eyes That Saw Everything), eu amo cada vez mais essa história e pretendo fazer MUITOS Fillers dela então se preparem! E é óbvio que vou fazer outras histórias Sarry também, mas primeiro meu SallyxOC 😏
Boa leitura!

Ps:Desculpa os erros!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Your Face, Your Eyes - Capítulo 1 - Capítulo Único

Não fazia muito que haviam começado a sair, mas Sally já se sentia realmente bem perto da garota que insistia em usá -lo como molde para seus desenhos.

"Tudo que é belo merece ser retratado de alguma forma, e para isso serve os olhos de artista." Ela repetia sempre que se sentavam na arquibancada durante o almoço ou quando havia algum período livre para os alunos por conta da falta de algum professor, essa frase se repetia uma e outra vez na mente do azulado o atormentando um pouco.

Tipo, quem conseguiria achar alguém como ele uma pessoa bonita? Ele era, bem, ele! E isso já era motivo o suficiente para que não existisse beleza em seu ser, seja por dentro ou por fora.

Se bem que sabia que com toda a sua "incrível" autoestima não era de se espantar que tivesse tais pensamentos sobre si mesmo, mas Joyce parecia cada vez mais decidia em fazê -lo compreender que era belo, tanto por dentro quanto por fora.

-Honestamente, eu não sei o que em mim que te chama a atenção. É a prótese, não é? Se for, pode me dizer que eu não vou ficar irritado. - Disse aleatoriamente a vendo terminar alguns detalhes de algum quadrinho que ela estava inventando, amava as histórias malucas que ela contava através de seus desenhos lindos.

-Eu já te disse que não é isso Sal, sua prótese não influência nada no meu aspecto de gostar mais ou menos de você. - Suspirou virando o olhar para ele - Você é um garoto interessante, temos várias coisas em comum e eu gosto da sua companhia, não tem mistério.

-Sim, mas você tem outros amigos com quem poderia passar mais tempo, então... Por quê eu? Exatamente? - Voltou a questionar a vendo cruzar as pernas e o encarar com uma sobrancelha erguida.

-É sério isso Fisher? - Sorriu negando com a cabeça - Então eu preciso de um motivo pra querer ser sua amiga, te achar um cara legal e gostar de você? Meu Deus, tem tanta gente pior que você que não precisam de motivo nenhum para serem amadas e tu ainda fica tentando procurar justificativa para o motivo de estar recebendo algum tipo de carinho? Você tem uma grande autoestima meu amigo, uma grande autoestima... - Seu tom beirava o desespero e a irônia querendo teansmitir a idéia de que não importava o que havia acontecido com seu rosto, ela estava ali pelo o que ele era e não pela forma como ele parece.

-Não é nada disso, eu só quero ter certeza de que posso confiar em você. - Era mentira, realmente estava pertubardo com aquelas idéias, mas muito de sua angústia diminuiu quando ela havia respondido daquela forma.

-Você pode confiar em mim para tudo Sal, eu nunca abandonaria um amigo. - Sorriu e seus olhos pareceram brilhar por alguns instantes.

Nesse instante Sally parou para prestar atenção jos olhos de Joyce como nunca havia feito antes durante seu tempo de convivência e talvez tivesse sido naquele momento que seu coração foi roubado sem sua permissão e supervisão. Os olhos dela eram de um verde mais claro que os de Ashley, mas chegava a ser mais escuro que os de Angel quando deixavam de ser azuis, era lindo.

Todas suas idéias e emoções eram transmitidas por seus olhos que volta e meia dava a sensação de terem brilhado como as duas esmeraldas que eram, e nesse momento que os olhos azuis se encontraram com os verdes fazendo seu coração quase voar para fora do seu peito.

-Você é lindo Sal, nunca se esqueça. - Arregalou os olhos sentindo sua respiração se agitar um pouco com apenas aquelas palavras doces proferidas com o timbre de sua voz, seus pelos do corpo inteiro pareceram se arrepiar e sentiu aqueles lindos olhos se fixarem nele procurando por alguma reação perceptível.

-E seus olhos são lindos. - Murmurou logo notando o que havia dito virando o rosto para o lado, a risada leve dela chamou sua atenção para a resposta que sabia que viria.

-Obrigado, Sal.

Talvez tivesse sido naquele dia, naquele momento, que uma parte do amor do pequeno Sally Face tivesse sido roubado pela simples garota de cabelos albinos e olhos esverdeados, quem poderia dizer se nem ele saberia responder tal pergunta?


Notas Finais


Obrigado por ler, bjs! 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...