História Your Freedom, My Revenge (ABO) (Jikook) - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Tags Jensoo, Jikook, Namjin, Taegi
Visualizações 316
Palavras 1.152
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oieeeeeeeeeeeeeeeeee

Sorry qualquer erro
Boa Leitura

Capítulo 25 - Vigésimo Quinto Capítulo


Fanfic / Fanfiction Your Freedom, My Revenge (ABO) (Jikook) - Capítulo 25 - Vigésimo Quinto Capítulo

Vigésimo Quinto Capítulo

 

Daegu

Hotel Queen Vell

16h22min

 

 

 

- O que exatamente você fazia quando trabalhava naquela casa? – Jimin indagou ao sentar-se no sofá confortável da recepção do hotel onde ficariam hospedados.

Depois de mais alguns minutos na mansão, os dois resolveram voltar, tanto pelo cansaço quanto pelo perigo de alguém os verem pois estava ainda era dia.

- Eu e os outros garotos basicamente éramos como um ‘’disfarce’’ para esconder o que rolava por lá, como nós não sabíamos de nada, as pessoas que visitavam os Park não desconfiavam. – Jungkook respondeu.

- E o que exatamente ‘’rolava por lá’’? – o loiro quis saber.

- Seus tios, além de ladrões,  também eram traficantes de drogas. – o alfa suspirou. – Eles escondiam em a heroína no porão e no sótão da casa para que ninguém descobrisse.

- Então foi por isso que você foi preso... – o Park murmurou ao lembrar-se da conversa que havia tido com o Jeon sobre aquilo enquanto ainda estavam na penitenciária.

- Quando Shinhye e Hyunsik descobriram que eu estava sabendo de tudo, eles me deram duas opções; Ficar e ajudar com a venda das drogas ou sumir do mapa e não abrir a boca sobre o que acontecia lá. – O moreno continuou. – Obviamente eu escolhi a segunda opção, mas foi questão de dias para que a polícia invadisse a minha casa e me tirarem de lá a força. Hyunsik comprou testemunhas e fez parecer que eu era quem comandava o tráfico de armas e drogas que havia se instalado aqui em Daegu.

- Filhos de uma puta! – Jimin exclamou irritado. – Escuta bem, amanhã nós dois vamos sair e perguntar as pessoas que moram perto da casa, vamos falar com as pessoas ricas daqui também, algum deles deve saber de alguma coisa!

- Com certeza, eu até desconfio de alguém que pode saber do paradeiro deles. – o alfa disse pensativo. – Uma mulher podre de rica que mora em uma mansão afastada daqui, ela sempre visitava Shinhye e trazia muito dinheiro com ela, é bem provável que ela saiba onde eles podem estar.

- E quem é essa mulher? – o ômega arqueou a sobrancelha.

- Jinkyung, Kim Jingkyung.

 

 

 

***

 

 

 

Daegu

Mansão Kim

17h03min

 

 

 

O jardim da mansão estava ainda mais magnífico.

A decoração bem iluminada realçava a beleza natural das flores exóticas do lugar.

Cadeiras brancas estavam enfileiradas simetricamente e alguns convidados já se encontravam sentados nelas. O padre que realizaria a cerimônia também já estava presente e conversava amigavelmente com as mães de ambos os noivos.

Min Yoongi adentrou na mansão e fez questão de ir cumprimentar seu primo, fazia alguns dias que não via Namjoon, e ele aparentava mais nervoso do que o Min esperava. Procurou tranqüilizar o mais velho e desculpou-se ao deixá-lo para ir em busca de Taehyung.

Os dois havia conversado a poucas horas atrás, mas o alfa de cabelos esverdeados estava ansioso para ver o ômega vestindo novamente o terno que lhe deu de presente.

O Min caminhou até a parte do jardim onde a cerimônia não aconteceria, toda aquela luz estava causando desconforto aos seus olhos. Sem dúvida alguma,  não gostava de estar em contato com muitas pessoas por muito tempo.

- Ele está lá dentro. – A voz conhecida invadiu seus ouvidos com suavidade. – O Taehyung está com o irmão dele.

- Eu imaginei. – Yoongi falou ao ver a figura ruiva entrar em seu campo de visão.

- É até irônico o rumo que as coisas tomaram, não é? – Hoseok disse ao posicionar-se ao lado do alfa menor. – Nós dois, caidinhos pelo mesmo ômega.

- Irônico é o fato de nós dois estarmos no mesmo lugar e tendo uma conversa pacífica. – O Min riu ao virar-se para olhar o outro nos olhos.

- Você quer brigar, é isso? – O Jung indagou.

- Não, eu já estou cansado de brigar. – Yoongi murmurou antes de desviar o olhar. – Você parece ter me esquecido facilmente.

- Eu nunca fui capaz de te esquecer. – Hoseok riu sem humor. – Nós dois poderíamos estar em uma situação muito diferente agora.

- Sim, poderíamos. – O menor concordou. – Mas você preferiu agradar os seus pais, preferiu deixar de lado tudo o que nós vivemos por ser um covarde.

- Yoon... para com isso, por favor. – O ruivo suspirou cansado. – Eu nem sei como te pedir perdão por todo o mal que eu te causei, eu era imaturo e a ideia de ter meus pais decepcionados comigo era terrível para mim naquela época.

- Eu entendo, eu juro que te entendo, Hoseok. – Yoongi voltou a olhar nos olhos do maior. – Mas você poderia ter conversado comigo, poderia ter me contado o que estava acontecendo.

- Eu tive vergonha, você sabe como eu era orgulhoso. – O Jung disse ao aproximar-se do outro.

- Bem, agora já é tarde demais, não é? – O Min hesitou ao ver o corpo do maior tão perto ao seu. – Você está interessado pelo Taehyung e eu também, nós... nós dois não temos mais chance alguma.

- Então, essa vai ser a nossa despedida do nosso passado? – Hoseok levou sua mão esquerda a cintura fina do alfa. – Nós não devemos... fazer algo melhor?

- Uma despedida de verdade? – Yoongi sussurrou ao sentir o hálito quente bater em seu rosto.

O ruivo quebrou a distancia entre os dois subitamente e capturou os lábios alheios com força.

Puxou o corpo menor para ainda mais perto do seu e beijou-o de forma intensa.

Porque era exatamente aquela palavra que descrevia o relacionamento dos dois.

Uma troca intensa de prazer que apenas dois alfas eram capazes de se proporcionarem.

O de cabelos verdes correspondia o ato com ainda mais intensidade, as mordidas fortes nos lábios inferiores apenas deixava os corpos ainda mais quentes e sedentos por mais contato.

Yoongi ofegou ao sentir o aperto forte em sua cintura e retribuiu o contato puxando os cabelos ruivos e voltando a beijá-lo desesperadamente.

- Você continua doce, Yoon. Assim como eu me lembro. – Hoseok murmurou entre os beijos alternados.

- E você ainda tem uma tara pela minha bunda, não é? – o menor riu ao sentir as mãos fortes do alfa ruivo apalparem suas nádegas sem nenhum escrúpulo.

O barulho de galhos sendo partidos fizeram os dois separarem-se de forma súbita.

- Ah, droga! De-desculpem, eu não queria atrapalhar, podem voltar ao que faziam e finjam que eu não apareci aqui. – Taehyung disse tentando disfarçar o sorrisinho em seus lábios e saiu de fininho, deixando os dois alfas com expressões surpresas para trás.

- Seu idiota! – Yoongi bufou. – Agora ele vai pensar que nós dois vamos voltar a namorar!

- Eu não tenho culpa se você estava gemendo de uma forma tão gostosinha, ele deve ter escutado. – Hoseok deu de ombros.

- Ah até parece. – O Min revirou os olhos. – Você que parece estar sempre no cio e não consegue resistir a uma boca!

- Você sabe bem que eu só não resisto a sua, Docinho.


Notas Finais


Esperavam por essa? lkkjkkjkjj


Até o próximo
byeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...