1. Spirit Fanfics >
  2. Your lips are still sweet >
  3. I kissed your lips sweet again

História Your lips are still sweet - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - I kissed your lips sweet again


Beomgyo ficou incrédulo. Como aquele pedaço fofo de gente podia ter feito aquilo? Eles não se viam a tanto tempo e ele solta essa? Beomgyu estava confuso, muito confuso. Desceu as escadas com esperança de ganhar uma explicação, mas ao chegar no final das escadas viu o garoto passar pela porta. Droga! Beomgyo ficaria curioso por mais algum tempo, até poder ver o garoto de fios castanhos escuros de novo, ou até beija-lo de novo, não! Que tipo de pensamento era esse?

...

ㅡ Como assim ele te beijou? E você não fez nada? Não retribuiu? Nem mesmo deu uma mordidinha? ㅡ Yeonjun perguntou assustado, vendo o loiro balançar a cabeça negativamente. ㅡ Você é um porre Beomgyu!

ㅡ Hyung não torne as coisas mais difíceis! Eu fiquei confuso okay? O mesmo garoto nove anos depois, e eu acho que o mesmo gorro, me roubou um beijo! Qualquer um ficaria assim. Tá legal?

ㅡ É pode ser. Mas porra Beomgyu! Poxa você é lerdinho hein?

ㅡ Você poderia por favor dizer uma única frase sem me ofender? ㅡ Beomgyu achava incrível, Yeonjun nunca dizia uma frase sem o xingar ou provocar. ㅡ E você não pode falar nada! Yeonjun você demorou três anos pra falar que gostava do Soobin! E eu sou o lerdo.

ㅡ É diferente? Em primeiro lugar, ele também gostava de mim. Em segundo lugar eu o conhecia. Em terceiro lugar nós não passamos onze anos separados!

ㅡ Tá já entendi. Mas eu não sei o que fazer sobre o beijo, será que vai ficar um clima pesado? Eles vão jantar lá em casa hoje e eu não sei se tô preparado.

ㅡ Vai dar tudo certo. Eu vou ver meu sogrão hoje e lavar a louça para a sogrinha. ㅡ O azulado disse levantando da cama de beomgyo ㅡ Mas sério, relaxa tá? Se der algo errado ou o clima ficar estranho beija ele.

ㅡ Você é louco! ㅡ O loiro exclamou vendo o garoto mais velho passar pela porta

...

ㅡ Filho! Desce aqui, venha me ajudar com a mesa. ㅡ Beomgyu foi tirado dos pensamentos esquisitos sobre como seria esse simples jantar pelo grito de sua mãe.

ㅡ Tô aqui. Quer que eu monte a mesa? ㅡ O garoto perguntou se encostando no batente da porta.

ㅡ Não, só chamei para você descer mesmo. Sei que você não viria se eu só falasse "Beom desse aqui e espera no sofá." ㅡ A senhora deixou um sorriso bonito escapar por entre os lábios.

ㅡ Já que eu desci vou ser útil em algo né? ㅡ Choi disse pegando em uma das taças deixadas no armário.

ㅡ Não toque nas minhas taças! Deixe elas ai ㅡ Sra Choi era capaz de matar beomgyu se ele se quer tentasse mexer naquelas copos. ㅡ Vá para a sala e aguarde eles chegarem ok?

ㅡ Tá mãe já entendi, virei Mestre sala agora!ㅡ os fios loiros do beom agora estavam bagunçados pelo leve afago dado pela mãe

ㅡ Me responde outra vez assim seu baitola que eu te arrebento! Me respeite.

Beomgyu riu, mal sabia a mãe dele que sim ele era completamente "baitola" e um dos motivos era Kang Taehyun o garoto do gorro vermelhinho. Depois de algum tempo esperando Beomgyu ouviu algumas batidas na porta e logo foi abrir.

ㅡ Boa noite. ㅡ Beomgyu sorriu ao ouvir em uníssono o comprimento.

ㅡ Boa noite, entrem, mamãe está na cozinha ㅡ Choi disse abrindo a porta por completo. ㅡ  Vou avisar que vocês chegaram

ㅡ Não precisa! Vou dar um sustinho no seu pai. ㅡ O pai de Taehyun disse sorrindo a foi acompanhado pela esposa até a cozinha

ㅡ Que bonitinho você ainda chama sua mãe de mamãe. Tão fofo! ㅡ O garoto de fios castanhos se manifestou sorrindo bobo.

ㅡ Vai se ferrar! Entra logo antes que eu amasse seu nariz com a porta.

ㅡ Poxa Beomgyu você é agressivo mesmo hein? Hyuka disse que você era assim, não acreditei que uma bolinha fofa como você fosse tão grosso. Me enganei

ㅡ Olha Kang, com todo o respeito, você é um idiota, vai entrar ou não? ㅡ As bochechas de Beomgyu mantiam um rubor pelo ataque de elogios repentinos.

ㅡ Tudo bem ursinho. Mas fala aí, ainda tem rancor de mim?

ㅡ Não, tá tudo bem. Você não teve culpa nenhuma, isso foi só um trauma de criança. ㅡ Choi sorriu sugestivo batendo a mão no espaço vago do sofá ㅡ Senta aí, zero rancor.

ㅡ Hm, tem certeza que não vai sacar uma arma dai? Uma faca talvez?

ㅡ Tenho, Taehyunnie ㅡ Beomgyu virou o rosto após perceber o que tinha dito, merda! ㅡ Desculpe eu só-

ㅡ Tá tudo bem! Isso foi muito fofo. Me chame assim mais vezes.

ㅡ Aliás preciso perguntar algo para você. Mas não pode ser aqui ㅡ Beom levantou e puxou o braço de Kang no intuito de que o mais novo o seguisse. ㅡ Mãe estamos subindo!

ㅡ Que isso não vai pagar nem um salgado antes?

ㅡ Cala boca! Meu Deus você é muito idiota. ㅡ Os dois riram, o clima ficará leve e gostoso entre eles, sem ódio e sem rancor. ㅡ Pronto. Agora que estamos aqui, o que foi aquilo?

ㅡ A piada? Relaxa só zueira-

ㅡ Não, isso não! O beijo, semana passada, ah você sabe do que eu tô falando!

ㅡ Ah, aquilo? Bem... Como eu posso dizer, meio que foi uma despedida? É isso, uma despedida, assim como onze anos atrás.

ㅡ Você é tão descarado! Meu Deus. ㅡ Beomgyu riu muito, ele estava rindo para não chorar ㅡ Você não pode fazer esse tipo de coisa. Pelo menos não comigo.

ㅡ Mas eu queria fazer isso com você~~ ㅡ Taehyun insistiu manhoso com um sorriso. Aquele maldita sorriso.

ㅡ Vamos descer, precisamos jantar. ㅡ Choi fugiria desse assunto pelo resto da noite se precisasse.

ㅡ Ahhhh, poxa Beomgyu! Eu tô mantendo uma paixão platônica a tanto tempo e você aí me rejeitando friamente!

ㅡ Taehyun, não vamos falar sobre isso. Podemos manter uma amizade ótima se você não levar para esse caminho.

ㅡ Mas eu não sei dar ré, eu sei que você é muita areia para o meu caminhãozinho, porém você poderia me dar uma chance né?

ㅡ Oh meu Deus! Como você tirou a carta de motorista então?

Taehyun não respondeu só sorriu e foi em direção a Beomgyu, selou seus lábios outra vez. Kang deixou um beijinho ali, mas só isso, então Beomgyu colocou os braços ao redor de seu pescoço o puxando para um beijo mais profundo, lento e necessitado pelos dois jovens. A falta de ar se fez presente e nem isso tirou a vontade de Taehyun de aumentar o ritmo do ósculo deixando suas mãos na cintura do mais velho. Outro beijinho e eles se separaram.

ㅡ Então você beijou seu instrutor de direção? Assim desse jeito?

ㅡ Pela terceira vez em onze anos eu beijei meu instrutor de direção e o nome dele é Choi Beomgyu.

...


Notas Finais


OLHA QUEM APARECEU???? SIM EU!

hehe então gente, não vou enrolar, vocês me deram MUITO apoio. Tipo vocês se mostraram tão carinhosas moas 😔😔😔
E eu agradeço por isso. Tanto aqui no Wattpad tanto no spirit. Então eu tenho uma perguntinha...

Se vocês quiserem mesmo eu tranformo isso em uma mini fic e trago mais 3 capítulos, quem amou???? Então se vocês quiserem é só dizer que eu faço!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...