História Your love is my addiction - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Visualizações 113
Palavras 1.007
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Coffee


*Capítulo 2*


Pov Lauren


  Fazia 5 anos do ocorrido, trabalho novo, vida nova porém muito triste, depois que Keana me traiu, tive que ir a muitas consultas ao psicólogo por conta da depressão que tive, foram os 3 piores anos da minha vida. Mas hoje com muita ajuda da minha família e de Verônica, tudo está bem melhor.


  Eu comecei a trabalhar com meu pai, eu trabalho no escritório da minha casa. Hoje de manhã meu pai ligou avisando que a antiga secretária dele havia mudado de cidade, e com isso ele acabou contratando uma nova.


  Ela ia passar na minha casa para deixar alguns papéis que eu teria que assinar, meu pai teria que viajar durante alguns meses, e eu como sou a filha mais velha vou tomar conta da empresa enquanto ele não volta.


[....]


  Quando deu sete da noite escutei alguém tocar a campainha.


- Obrigada mas eu não quero comprar nada! - falei assim que vi uma latina na porta da minha casa, ela tinha cara de vendedora.


- Você não é a Sra.Jauregui ? Seu pai me pediu para lhe entregar esses papéis para você assinar - ai meu deus ela é a secretária do meu pai.


- Me desculpa, pode entrar sou eu sim! - falei com um pouco de vergonha, pelo ocorrido.


- O Sr Jauregui me pediu para avisá la que ele irá viajar amanhã de manhã. E é para a Sra ir para a empresa a partir de amanhã. - ela falou com uma cara de cansada.


- Ok, eu irei assinar os papéis. Mais como você está trabalhando até tarde terá que aceitar um café ok?


- Ok, eu aceito o seu café.


  Eu fui correndo preparar o café, eu não tinha a menor ideia que meu pai iria contratar uma secretária bem mais nova que a anterior. Como minha madrasta deixou?


  Depois que coloquei o café de nós duas em xícaras, meu cachorro passou correndo e me fez tropeçar, e o café foi em direção a secretária do meu pai.


- MEU DEUS! Me desculpa! O Léo passou na hora - falei pegando o pano mais próximo e limpando a saia dela.


- Tudo bem, só me empresta alguma saia ou short...por favor.


- Ok o banheiro fica na próxima porta a direita, e desculpa de novo.


  Eu não acredito que derramei café nela, tudo isso é culpa do Léo. Limpei um pouco do café que caiu no chão, e escutei ela me chamar.


- Será que você tem pomada para queimadura? - ela falou entrando na cozinha, com a parte da saia levantada onde eu derramei o café, e uma parte de sua coxa bastante vermelha.


- Tenho, está no meu quarto, vou também trazer o short.


  Demorei um pouco para achar a pomada mas achei, também peguei o short e desci. Quando cheguei perto da sala vi ela brincando com o Léo, era uma das cenas mais fofas que vi na vida. Deixei os meus pensamentos de lado, e dei o short para ela vestir. Eu havia pego o short curto pela queimadura que fiz em sua coxa, que por sinal estava bem mais evidente agora.


- Senta aqui pra eu passar a pomada em você, olha desculpa de novo, se esse cachorro ficasse quieto - ela riu pelo meu comentário sobre o Leo.


- A Sra já pode parar de pedir desculpas, foi sem querer. Seu cachorro não tem culpa - ela falou olhando em direção ao Léo, que estava dormindo.


- Sem esse senhora você não está na empresa, e nem em horário de trabalho, então me chame de Lauren - enquanto eu falava, estava passando pomada na região queimada. Ela estava até fazendo careta de dor.


- Ok Lauren, meu nome é Camila. E obrigada por cuidar da queimadura - ela disse dando um sorriso, muito bonito por sinal.


  Depois de cuidar da queimadura da Camila, eu assinei os papéis que meu pai havia mandado e logo depois ela foi embora. Eu ainda me pergunto como meu pai conseguiu uma secretária como ela. Parei de pensar nela assim que Léo pegou uma bolinha e começou a esfregar ela em meu pé.



Pov Camila


  Assim que saí da casa de Lauren peguei um táxi e fui em direção a minha casa, foi nesse momento que lembrei da minha amiga, que mora comigo. Eu havia prometido a ela que hoje a gente ia fazer maratona de uma série nova, mas tive que levar os papéis até a casa da filha do chefe.


  Assim que abri a porta dei de cara com uma Dinah com raiva, mas sua expressão mudou assim que olhou para minhas pernas.



- Na próxima vez que me abandonar por causa de um encontro, avisa tá! É pela coxa vermelha a coisa foi bem selvagem - ela disse assim que sentei no sofá, pera ela acha que eu transei? Quem dera!


- Não Dinah eu não fui a nenhum encontro. Eu fui entregar uns papéis para a filha do meu chefe, e por isso eu demorei. Desculpa, eu não sabia foi de última hora - falei fazendo cara de cachorro sem dono, esse é o seu ponto fraco.


- Ok eu desculpo, mas isso não explica por você ter ido ao trabalho de saia e voltar com um short, e com a coxa vermelha - falou fazendo uma cara maliciosa, meu deus ela só pensa nisso.


- Meu Deus, você consegue malícia tudo. Eu fui entregar os papéis e ela estava fazendo café, ela me ofereceu e eu aceitei,  porém o cachorro dela passou correndo e a fez tropeçar, e assim o café caiu em cima de mim. Ela me emprestou o short e me ajudou com a queimadura.


- Nossa, na vida você só se ferra Camila. Ela era bonita? - disse a aproximando de mim.


- Bonita e pouco, e além disso e educada. Ela não parava de me pedir desculpas.


- Ok agora que você chegou tarde, temos que dormir. Infelizmente amanhã temos que trabalhar, e você terá a sua deusa grega como chefe.


- Boa noite Dj! - falei indo em direção ao meu quarto, amanhã seria um longo dia.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...