História Your name - Fillie - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Kimi no Na wa, Stranger Things
Tags Fillie
Visualizações 88
Palavras 800
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, de novo

Capítulo 2 - Amnésia


    Acordo com a luz do sol batendo em meu rosto e iluminando o quarto.

    

     -Acorda! Daqui a pouco precisamos ir à escola!.-Minha irmã mais nova adentra o quarto.


    -Tá! Eu já estou indo. 


     Como a cidade é pequena, as escolas onde estudamos não ficam longe uma da outra, então sempre a levo.


     -Vovó hoje a Millie acordou normal! 

    -Como assim hoje eu acordei normal!?.-Digo me aproximando da mesa do café, já vestida.

   -Ontem você acordou dizendo umas coisas malucas, e gritando consigo mesma.-Minha vó quem diz dessa vez.

   -O que? Eu fiz isso?

   -Fez! Você não se lembra?!

  -Não, eu não me lembro de nada...


    Eu realmente não me lembro, parece que o dia de ontem simplesmente não aconteceu pra mim...

   Me despeço de minha vó e vou caminhando pra escola, deixo Ava numa ponte que vai direto para escola onde estuda e continuo seguindo.

   

    -Deixa eu descer idiota!.- Ouço Sadie, minha melhor amiga, gritando com Caleb que a carregava na bicicleta, que também é meu melhor amigo.

    -Espera eu freiar, você é gorda de mais! .- Me viro pra trás e vejo Sadie mostrando o dedo a Caleb

   -Vocês ainda vão se casar!

   -Não enche! .- Ouço os dois resmungarem em uníssono. 

   -Você arrumou seu cabelo hoje!.-Diz Sadie, se aproximando.

   -O que? 

   -Ontem você veio à escola toda descabelada!


    A olho com um olhar confuso, sempre venho a escola com o cabelo preso à um laço, por um minuto me veio a imagem de mim mesma,indo para escola toda descabelada.

     Chegando na escola, observo meu pai falando com alguns moradores no pátio da escola,nunca fui de vir nesses tipos de reunião que ele marca como prefeito, ele sempre me faz...

   

    -Arrume essa postura Millie! .-Ele diz, no meio de todos. 

   

    Como eu estava dizendo, ele sempre me faz passar vergonha.

   Adentro a sala e me sento no canto da janela, como sempre, Sadie atrás de mim, e Caleb do nosso lado.


    -Hoje estudaremos sobre estrelas, Em homenagem ao evento mas bonito que vamos prestigiar! .-Diz minha professora, sobre o evento, uma estrela decidiu passar bem próxima da terra, e por algum motivo, será o melhor evento dessa cidadezinha que vivemos. Pego meu caderno e começo a folhear.

 

    "Quem é você? "


   Encontro numa das folhas do meu caderno, e eu digo meu caderno, porque não me lembro de ter escrito isso, ou se alguém escreveu.

   

     -Ei, Caleb!.-Sussurro para que só o mesmo possa ouvir.

    -Oque? 

   -Foi você que escreveu isso no meu caderno?!

   -Escrevi Oque? .-Desisto de perguntar, se fosse ele, saberia do que estou falando.

   -Nada.


   Me convenço que eu mesma escrevi e não me lembro.

  A aula acaba, saímos da sala e fomos a praça que sempre costumamos ir depois da aula.

  

    -Você deve estar com amnésia! - Diz Sadie rindo da minha cara,estamos conversando de como sou muito doida por não lembrar nada do que eu mesma fiz ontem.

   -Oque? Eu não tenho amnésia! .-Digo rindo.-Só não consigo me lembrar.

   -Já falou com a sua avó?Ela pode falar com os espíritos que ela acredita e desvendar esse mistério! .-Diz Caleb rindo da minha cara, minha vó sempre me contou histórias de antepassados de espíritos e bla bla bla,eu nunca acreditei muito,meu pai a chama de louca por isso.


    -Ei idiota!.-Digo dando um tapa em seu braço. -A minha vó não é louca desse jeito!

   -Ei meninas,eu descobri um lugar aqui que vende...CAFÉ

   -CAFÉ?!.-Eu e a Ruiva saltamos encima de Caleb, como nascemos nessa cidade, eles nunca venderam café,nunca entendi o porque, talvez pela falta de dinheiro para cultivar, por isso nunca tomamos.

    E como sempre, Caleb só estava mentindo, era só uma máquina de chá, na qual eu já enjoei de tomar.


    -Pessoal preciso ir pra casa, já tá tarde!


   Digo seguindo pra casa. Depois da aula não faço muitas coisas de interessante,busco minha irmã, que mesmo sendo nova, me ajuda a limpar a casa, moramos com minha avó desde de pequenas, desde que meu pai virou prefeito e não para em casa, tenho 16 e ela 11.

     A neblina já pairava na noite, eu e minha irmã com cestos de roupas que acabamos de tiras do lava roupas, a cidade pode ser pequena, mas pelo menos isso tem.

    -Eu ainda vou morar em Nova York. -Digo encarando a paisagem a minha frente.-Eu ainda vou nos dar uma vida melhor. -Não que não tenhamos, mas essa cidade não tem nada, tem um supermercado que só abre na semana, finais de semana nem sinal, tem 2 bares, que eu não faço idéia pra que servem, literalmente não sei porque essa cidade Existe.

    Desço as escadas correndo, chegando ao fim onde se tem a paisagem das lindas montanhas.

   -EU SÓ QUERIA SER UM MENINO BONITO DE NOVA YORK! .-Grito pros horizontes, como se fossem capazes de me ouvir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...