História Your name - Fillie - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Kimi no Na wa, Stranger Things
Tags Fillie
Visualizações 56
Palavras 925
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Tá, é meio tarde, mas já que estou sem sono algum decidi postar! Espero que gostem
E desde já quero agradecer pelos 22 favoritos, comentários! (Continuem assim galera) e as 258 visualizações! Amo vocês

Capítulo 5 - Conectados


    Por um instante esqueci que estava atrasado, acordo do meu transe e corro pra me trocar - Vou na cozinha e percebo que meu pai já havia saído,pego um pacote de biscoitos que havia encima da mesa para comer no caminho, e minha mochila e saio.


   ~~~~~~~~~~~~~~~~~


    -Eai, se perdeu de novo?.- Gaten diz rindo da minha cara, acompanhado de Noah.

   -Oque?me perder? .- Digo fazendo uma careta confusa. -Não! Acordei atrasado mesmo...

  -Novidade.-Noah diz, soltando uma risada sarcástica, realmente,eu não costumo chegar sempre no horário - Ouvimos o sinal tocar e adentramos a sala. A professora de física começa entregar provas já feitas, que não me lembro de ter feito, por algum acaso me veio o nome de mais cedo em mente, será que ela....


    -Sr. Wolfhard.- A mesma me olha, estendendo a folha em minha direção. -Sua prova.


    Me levanto e pego a folha a minha frente,analiso bem e vejo a nota,que deve ser baixa como sem...perai isso é um 9,0!


    -Professora!.- Digo com um olhar indignado encarando a prova em minha frente.-Tem certeza que isso é meu?. A professora faz sinal para que eu me aproxime, e aponta para meu nome que há escrito na folha.

    -Sim Finn, é sua, acredite eu estou fiquei mais surpresa que você!.- A mesma diz, causando risadas na sala.

   

    Volto pro meu lugar, ainda encarando a prova, tentando entender as perguntas que havia ali - Solto uma risada comigo mesmo, pois não consigo entender nada.


    

   Me sento na mesa do canto da cafeteria, dessa vez sem meus amigos,peço um café, aproveito e pego meu celular para passar o tempo, enquanto meu pedido não chega.

     Reparo em várias mensagens não respondidas, aproveito e respondo. Vou na minha galeria e vejo fotos de...comida! Porque eu tiraria fotos de comida?! - Vou para minhas marcações diárias, sempre costumo marcar oque faço no meu dia - mas não porque eu gosto de diários,mas sim porque meu psicólogo me informou que é sempre bom fazer isso nas horas vagas, como uma forma de jogar coisas pra fora, ou melhor, se expressar. 


   -Que merda é essa!.-Falo comigo mesmo, quando me deparo com várias marcações, que concerteza não fui eu quem escrevi - reparo na data, e é bem o dia que não me lembro - abro as marcações novamente e reparo no jeito em que foram escritas,eu não escrevo desse jeito!cheio de emojis de corações e carinhas felizes...Mas sei quem escreve!. Me lembro do tal sonho, no qual havia um celular com esses tipos de marcações, escritas da mesma maneira. 

    Exatamente!, pode ser loucura mais, de alguma forma, trocamos de corpo, talvez seja por sonho, porque sempre durmo e acordo um dia depois,estamos conectados!


    -É isso!.-Dou um grito esterico, sem perceber que o garçom, que estava com a bandeja que trazia meu café, se assustou deixando a mesma cair.



 [Millie]



    -Eu tô falando sério Sadie!.-Digo séria para a Ruiva a minha frente, que dava risada da minha cara.

   -Tá perai.- Sadie respira para retomar o ar de tanto que riu. -Está me dizendo que você foi parar em Nova York, e no corpo de um garoto chamado Finn? Tá...-Diz, segurando o riso, tentativa falha, já que espremeu tanto os lábios que quando Se soltaram fizeram um barulho engraçado. 

    -Não sei porque ainda conto coisas pra você! .-Digo me virando em voltando pra casa.

   -Calma Millie! Me espera! .-Diz gritando, e correndo em minha direção. -Eu não disse que não acredito! 

  -Mas agiu como tal!

  -Mas você já parou pra pensar que pode ter sido só um...sonho?

  -Sadie! Qual foi a última vez que vim descabelada pra escola sem ter sido essa?!, ou quando foi que mostrei o dedo pra alguém?! Ou até mesmo quando foi que..

  -Tá! Tá! Nunca! Mas não deixa de ser estranho...

  -Tá bom, eu estou louca é isto, tá legal?!.-Digo adentrando minha casa. Entro em meu quarto, jogando minhas coisas na cama,pego meu celular e vou pra sacada. 

    Ligo pra Íris, uma amiga de infância que conheci antes de me mudar pra cá,ela sempre me ouviu, e sempre foi meio louca, talvez seja isso que há faz entender minhas paranóias diárias, ligo várias vezes, mas não atende - Encaro por um tempo os horizontes, as imagens não saem da minha cabeça, parecia ser tão real, a cidade,tão linda,cheia de lojas e luzes, trazia uma sensação boa, os amigos dele são engraçados, sim ele...Finn, é tão bonito,aqueles cabelos cacheados difíceis de arrumar,suas sardas,sua pele, tão branquinha..Será que eu já o vi alguma vez? Porque não tem como se sonhar com alguém sem ao menos ter o visto, certo?


   -Millie Bobby Brown, sempre complicando as coisas.-Digo a mim mesma.


    Pego meu celular e decido fazer minhas anotações,até me deparar com uma que não me lembro de ter escrito.


    "....que não tem porra de nada pra fazer"


    -Oque?! .-Grito num tom um tanto agudo.

   -Millie? Aconteceu alguma coisa?!.-Ouço minha avó gritar num tom preocupado

   -Nada vó! É só...meu caderno, acho que esqueci na escola, nada de mais!


     Tá, agora estou com medo, eu não escrevo desse jeito, e muito menos com palavrões!...mas acho que sei quem escreve, dessa maneira...


   -Não pode ser!.-Digo mais baixo agora, para minha avó não ouvir - Vejo a data, foi exatamente no dia que não me recordo. Talvez não esteja tão surpresa assim, mas talvez só esteja confirmando Oque talvez eu já sabia...E se estivermos...


   -Conectados! .-Solto um grito de alegria.

   -Millie! Oque é isso?!.-Diz minha vó adentrando o quarto.

   -Oque? Nada vó! Já disse! 




Parece que não vai se livrar de mim tão fácil, Finn...


  

  




Notas Finais


Prontoo
Beijos!!♥
Até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...