História Your sky has always been pink. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Styles, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction
Personagens Harry Styles, Louis Tomlinson, Niall Horan
Tags Harry Styles, Larry Stylinson, Louis Tomlinson, One Direction
Visualizações 49
Palavras 3.804
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Lemon, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Your sky has always been pink. - Capítulo 1 - Capítulo Único


                  

       Mais um dia de trabalho para Harry. Ele chegará ao entardecer no hotel,andando elegantemente pelo hall de entrada,atraindo todos os olhares sobre si. Homens e mulheres babando por seu corpo. Seu terno azul marinho,com detalhes floridos - em tons azul claro,rosa e dourado - ressaltam a beleza escultural de seu corpo. Seus cabelos longos caídos pelos ombros,de certa forma bagunçados,o deixam ainda mais belo.


              Harry ao mesmo tempo que parece um anjo - banhado pela claridade que invade o saguão,das enormes janelas, tornando um tom rosado no ambiente - um anjo deliciosamente lindo. Parece até pecado cobiça-lo. Deve ter sido enviado diretamente pelo próprio diabo,para tentar todas as pessoas ao seu redor.


            Todos os funcionários lhe conhecem,por isso ele passa direto até o bar,cumprimentando a todos por quem ele passa,com um grandioso sorriso. Senta-se em um dos bancos perto do balcão e espera pelo próximo cliente

.  
              'Tommo' O rapaz gostaria de saber muito mais sobre o rapaz,para saber o quê lhe espera. Enquanto espera seu novo cliente,para mais uma de suas noites de prazer,Harry pede um vinho. Seu vinho prontamente é servido e a taça lhe é entregue,ele sorri gentilmente para Niall - o garçom do bar -  e vira-se de frente para a entrada.


             Lhe foi dito que o tal Tommo iria estar vestindo um moletom simples,branco,e uma calça de moletom,dourada. Harry achou um pouco simples demais.  -Gostava quando o cliente se arrumava para encontrá-lo,pela expectativa que havia.-  Decidiu que se vestiria com um bom terno,para impressionar. Afinal não era apenas mais um,era Harry Styles,e isso não passaria batido de forma alguma. A melhor parte de seu trabalho é agradar,e isso não seria diferente desta vez!


               De repente surge uma criatura baixinha na porta de entrada do bar. Vestindo exatamente as roupas que Harry esperava. Styles fita a pessoa dos pés a cabeça. Quando os olhares se encontram,e o verde e o azul se perdem um no outro, Harry desperta.


              Estava Harry dormindo tranquilamente,quando seu celular começa a tocar. O barulho ensurdecedor lhe causa dor de cabeça,e isso não é nenhum pouco agradável,ainda mais logo pela manhã. Ele abre lentamente seus lindos olhos verdes,para avistar o aparelho e o pegar.  Estica-se até alcançar a mesinha e o pega  - amaldiçoa mentalmente a pessoa que lhe acordará. -  Sem mais nomes para proferir contra o ser que o despertou de seu sonho,pede desculpas pelos insultos e atende a ligação sem reconhecer o número. É sua "agente" Katherine.


        "Alô..."  Sua voz extremamente rouca causa arrepios intensos nas pessoas,já ao natural. Mas rouca ao ter acabado de acordar. Ah,não é bem apenas arrepios que causa!


      " Ei,Styles.Bom dia! "  ela estava de muito bom humor,pelo tom de sua voz. "tenho novidades."


       "Hum"  O rapaz apenas resmunga para que ela conte,sem enrolar como sempre faz - tentando deixar Harry zangado - e assim ela faz.


       "Um cliente meu, MUITO  rico"  Ela não podia  ver o revirar de olhos dele,por ela gritar enfatizando o quão rico o rapaz é.  "Ele veio me procurar noite passada,ele é um cliente regular que nos faz faturar bastante."  - Seu tom de pura satisfação,é quase palpável.  "O único problema é que ele já provou quase todos os meus meninos. "


        "Isso não parece realmente um problema,Kath "  - Harry ressalta o óbvio,sendo a criatura mais fofa do mundo. Mesmo ele perdendo seu doce humor,pela dor em sua cabeça.


          "O problema é quando ele busca pelo melhor,e minhas opções se tornam limitadas."   seu tom se torna impaciente agora.


         Katherine ajudava Harry no início,lhe incluiu no ramo e lhe conseguiu seus primeiros clientes. Mas é uma mulher difícil de lidar,ainda mais por ser loucamente apaixonada pelo rapaz. Evita ao máximo chamá-lo para qualquer trabalho que seja,não suporta a ideia de alguém tocando aquele corpo que deveria ser seu.


                    Mas desta vez ela não tinha como evitar,tinha muito dinheiro em jogo e uma ordem bem clara : "Quero o melhor de todos!"


                Como era certo,o nome de Styles gritou em sua mente. Ele é sim o melhor,e com certeza o cliente voltará. Senão por ele,então em busca de alguém que possa ser semelhante,em todos os aspectos. O que é evidentemente impossível!


         "Quanto?"  Ele resolve ser direto no quê lhe interessa.


          "Mil dólares a hora,tudo pago por ele e paga o valor que for,por seus extras"  Harry se interessa pela proposta,o dinheiro é realmente bom.


           "Como é a ficha dele?"   Questiona.


            "Sério Hazz? O quê importa como ele é? O importante mesmo é o dinheiro! " Katherine não entendia.


            Para Harry não é apenas dinheiro,nunca foi. Entrou pelo dinheiro,que era necessário,mas também porque adora ver os rostos das pessoas,quando lhes proporciona orgasmos intensos. Adora saber que o desejo no olhar,as peles arrepiadas e corpos completamente entregues,são por causa dele e para ele. É ótimo se sentir desejado,como é. Assim como fazer outro alguém se sentir atraente e desejável.


          "Me fala,Kath. É importante para mim"  Pede docemente. Teria como recusar algo que Harry pedisse ?


       "Bom,ele é rico."  uma pausa se fez enquanto Harry segura o suspiro que teve vontade de soltar. "ele é bonito,um pouco baixinho...hum...me deixe pensar"


            Harry sorri,adorando o fato da altura do outro. É divertido para ele quando conhece as pessoas pessoalmente,pois ninguém espera que ele seja da altura que é,e suas reações são cômicas.


           "Ah Hazz,é isso que lembro para dizer. " Harry sabe que não é,mas prefere deixar passar.


           " Ok,confirme com ele. E me passe o endereço e o nome pelo qual devo buscar! " Repassou o quê já é de praxe.


          " Certo "  Katherine não parece tão satisfeita,o que é muito estranho para Styles.  "Tchau Hazz. "  A moça finaliza a conversa,mesmo contra sua vontade. Podia passar o resto da vida naquele telefone,apenas ouvindo a respiração dele.


            "Tchau Kath" Responde Harry,desligando o celular logo após.


               O rapaz pensou em voltar a dormir,mas não era mais possível. Seu sono desapareceu definitivamente,queria muito dormir e saber como seria o fim daquele sonho. Nunca nem ouvirá o nome 'Tommo', de onde sua mente tirou isso?


              E o rosto do rapaz,Styles não consegue lembrar. Mas lembra-se perfeitamente do azul iluminador dos olhos dele,como o oceano. Harry sente arrepios só de pensar sobre.


            Após rolar na cama por longos minutos,levanta-se e vai direto para o banheiro.  Faz sua higiene pessoal e toma um relaxante banho. Saindo logo após para a cozinha,completamente nú. Gotículas de água escorrem por sua pele,e os pelos se arrepiam ao que a temperatura vai diminuindo conforme o ambiente. Ele prepara seu café e come deliciosas panquecas.


              Seu celular toca novamente,mas desta vez é um de seus clientes regulares. Ele está de viagem por um mês. Liga para Harry todos os dias. Harry por sua vez,faz o seu melhor,dá a atenção que sabe que ele precisa,e a falta de seus toques,tenta compensar com palavras e imagens. Styles dá o seu melhor,e como sempre,o outro termina completamente satisfeito.


             Já passado o meio dia,o celular de Harry toca novamente,uma mensagem de Katherine lhe passando as informações necessárias. Styles leva um pequeno susto ao ler as descrições da roupa,que o rapaz usará,é como em seu sonho. O quê Harry não esperava,é o nome que lê : O chame por Tommo.


         Um choque percorre por toda a pele de seu corpo. Teria ele dormido e estava a sonhar novamente? Qual a chance de isto estar realmente acontecendo?


                 Estranhando muito,o rapaz lê novamente a mensagem,para conferir. E continua lá,aquele nome. Tem algo nesse nome que desperta um interesse maior em Harry. Ele apenas não sabe bem explicar,pois nem entende bem,não é apenas pelo sonho.


                Harry decide seguir seu sonho e colocar exatamente o mesmo terno que usava. Ele vai até seu guarda-roupa e o acha lá,perfeito. Ainda é cedo para se arrumar,mas sua ansiedade e curiosidade o faz achar que é o horário perfeito. Harry permaneceu nú,desde a hora que saiu do banho,logo pela manhã.   Ele vai até o banheiro e liga a água na banheira desta vez,como sempre faz antes de um trabalho. Busca estar sem bem relaxado e bem disposto para o seu cliente. Enquanto a banheira vai enchendo,Harry despeja uma boa quantidade de óleo e sabonete na água. Ele segue até a pia e larga seu celular tocando músicas no aleatório,o quê ele não esperava é a sorte de tocar todas as suas favoritas. O dia começa a ficar bom!


                            Harry entra na banheira e deixa seu corpo relaxar totalmente na água,cantarolando baixinho junto com a música.


                   A cena de vê-lo assim,é divina: Seus olhos fechados,enquanto sua cabeça permanece recostada na borda da banheira; A água morna molhando cada parte de seu corpo,lhe causando leves arrepios; Sua boca mexendo levemente,enquanto cantarola. Simplesmente lindo!


                    Passado o tempo,Harry finalmente sai da banheira,se enxuga e caminha até seu quarto. Já é quase final de tarde,ele olha pela janela e o tempo está excepcionalmente lindo hoje. Há tempos não via o céu deste jeito,tão belo. Um rosa com leves tons alaranjados tomam conta de quase tudo,lutando contra o azul próprio do céu.


                  Harry sabe que essa noite será ótima. Pois por mais engraçado que pareça,seus melhores dias tinham o céu neste mesmo contraste de cores.


              O rapaz deixa de apreciar a paisagem apenas para arrumar-se. Coloca uma cueca box preta por baixo do terno, seu terno impecável e seus sapatos brilhosos. Seu cabelo é penteado e jogado de um lado para o outro,ficando perfeito,como sempre. Põe seu perfume mais cheiroso,e seus anéis.


             Finalmente estando completamente pronto,ele pega apenas seu celular e sai de seu apartamento,a caminho do hotel que Katherine lhe passou. Um motorista enviado pelo tal Tommo,o espera. Harry o cumprimenta assim que o vê e entra no veículo. Eles vão em direção ao tal hotel.


                Ao chegarem,Harry desce do carro e segue para dentro do local. Já é um lugar muito conhecido pelo mesmo,é o melhor hotel da cidade. Como forma de o agradar e talvez o surpreender,muitos já o trouxeram aqui. Já até fez amizade com todos ali.


               Como em seu sonho,a claridade do céu o ilumina enquanto caminha,chamando toda a atenção dos demais. Ele segue o caminho até o bar,sorrindo para cada um de seus conhecidos.


               Ninguém se importa pelo tipo de trabalho que ele realiza ali. Mas ficaram realmente surpresos que uma criatura tão doce e gentil,como um anjo,fizesse esse tipo de trabalho. Achavam que o tipo de pessoa que realiza este "serviço" é totalmente diferente,mas não comentavam a respeito. Todos o respeitam e o adoram,independente do quê faz.


                 Harry sempre ganha a todos,sem nem ao menos se esforçar para isso. O rapaz transmite amor por onde passa,não há quem não caía aos seus pés.


                 Styles caminha até o balcão do bar e faz exatamente como em seu sonho,por mais esquisito que possa parecer. Ao virar-se para a porta de entrada do bar,com sua taça de vinho em mãos,leva um pequeno susto.


                O rapaz de seu sonho está lá,parado exatamente como Harry se lembrava. Ele está observando Harry atentamente. Seu rosto é extremamente bonito,o cacheado podia jurar que esse homem nem  real é. Seus olhos...Ah,os seus olhos,fizeram Harry perder o fôlego!


               Devagar ele começa a caminhar até Harry,talvez por notar os detalhes marcados para o encontro. Sente-se flutuando ao caminhar em direção a Harry,que deslumbra de qualquer coisa ao seu redor. Se esse é o melhor que Katherine lhe prometeu? Ele já começa a cogitar que é sim.


         Harry levanta ao que o rapaz para a sua frente;


       " Styles ? " Pergunta a Harry,com um meio sorriso. O desejo puro já em seu olhar.


        " Tommo?"  Harry sorri de volta. " prazer em te conhecer. "  


               Louis passa a cogitar a possibilidade de foder com Harry ali mesmo. Ele é tão gostoso sendo tão educado a primeira vista. Seu membro pulsa só ao ouvir a voz do maior. Achava que precisaria tomar algumas bebidas para se animar com o parceiro da vez,pois era sempre o mesmo tipo de cara que Katherine lhe arrumava. Mas Harry? Ah,ele tem algo diferente,com certeza tem. Ele está deixando Louis excitado com apenas a forma como o olha.


                    Louis puxa um banco ao lado do de Harry, e senta. Harry senta-se em seguida.


            " Está esperando por muito tempo? " Pela primeira vez na vida,Louis não sabe como começar uma conversa,e muito menos como chegar ao ponto que trouxe os dois até este momento.


       " Não muito " Responde Harry educadamente. " O suficiente para uma taça " lhe aponta o copo,como oferta.


        " Prefiro uma vodka " Louis responde em tom mais alto,para que Niall escute e lhe alcance a bebida. O rapaz prontamente faz.  


                    Louis tem a mania de ser muito direto com tudo o quê quer e deseja. Sempre foi direto ao ponto com os outros garotos que saiu. Mas com Harry ele não está conseguindo,como se estivesse hipnotizado ou algo do tipo. Ele chegou ao hotel determinado a ter a melhor noite de sexo de sua vida,mas Harry tem um ar quase inocente. Como se atreveria a romper isto,mesmo com todas as partículas de seu corpo pedindo por isso?


           Harry que de inocente não tem nada,percebeu a insegurança de Louis,em como lhe tratar,apenas por sua maneira de se portar.


" Se preferir,essa vodka pode ser bebida em um lugar mais reservado " Sugere Harry enquanto levanta e para atrás de Louis. "Talvez nem seja vodka que você queira beber...eu sei que não é bem isso que eu quero" Harry sussurra no ouvido de Louis e desce sua mão entre as coxas fartas do menor.


               Em resposta Louis não diz absolutamente nada,apenas pega  Harry pela mão e segue com o rapaz para o elevador. Harry se diverte com a maneira que Louis sai tentando esconder sua ereção completamente notável. Louis parece extremamente gostoso,a ponto de fazer Harry salivar para o ter em sua boca. Normalmente é ao contrário.


             A porta do elevador abre e os dois entram. Louis aperta o número do andar (sim,andar inteiro) que reservou para eles. A porta demora alguns segundos para começar a fechar. Um senhor grita para que segurem para ele o elevador,mas Louis se faz de surdo e aperta o botão de fechar a porta. No instante em que a porta se fecha,Louis vira-se para Harry e caminha em sua direção,sem precisar dizer absolutamente nada,ele beija Harry.


                      Styles retribui no mesmo instante e com a mesma intensidade de desejo. Suas línguas travam uma disputa por espaço na boca do outro. As mãos de Harry começam a escorregar pelo corpo de Louis,tocando sua pele quente e eriçando os pelos. Louis passa a roçar seu corpo contra o de Harry,que fica preso entre Louis e a parede.


                 Harry leva sua mão até o membro alheio e passa a massageá-lo lentamente,torturando o menor. Louis deixa a boca de Harry apenas para gemer pedindo por mais;


       " hmm...isso...oh,porra! " Louis estremece com Harry invadindo sua roupa e passando de maneira maldosa o dedo pela cabeça de seu pênis,espalhando o pré-gozo já presente ali e logo em seguida levando seu dedo a própria boca,experimentando o sabor de  Louis.


         " Hmm...como eu pensava" Harry comenta de olhos fechados,como se estivesse apreciando o gosto do outro. E de fato estava!


          Louis queria conseguir dizer algo além de apenas gemer,mas não se torna possível ao que  Harry passa dos dedos, para a mão inteira fazendo um vai e vem gostoso no membro de Louis. Ele passa a fazer movimentos com o quadril,contra a mão de Harry.


                        Mal começaram e Louis já estava perdendo os sentidos. Styles realmente é bom com suas mãos. Como seria com a boca ?


               Foi como se Harry tivesse o poder de ler a mente do menor,pois soltou seu membro e trocou de lugar com Louis. O menor apoiou-se na parede e esperou pelos próximos passos do maior. Harry ajoelha-se de frente para Louis e abaixa sua calça junto com a cueca. O membro de Louis pula pra fora,dando uma gostosa sensação de alívio a Louis,logo sendo substituída por um turbilhão de sensações que ele não conseguiria nem definir.


                  Harry segurou o membro de Louis,e olhando diretamente para os olhos azuis dele,colocou a língua para fora,passando saliva por toda a extensão do membro alheio.


                                     Ele estava absolutamente certo,Louis é absurdamente delicioso!


                   Sem mais enrolação,o maior começa a chupar Louis de maneira rápida. Seus movimentos são precisos e intensos. Harry engole o membro todo de Louis,com uma feição absurda de prazer,o quê faz o menor perder os sentidos.


                  Styles coloca as mãos atrás das coxas de Louis e o olha em plena suplicação,para que Louis foda sua boca. E assim ele faz,esquecendo a imagem doce que havia formado a respeito do outro. Ele mete o pau fundo contra a boca de Harry,tocando a garganta. Styles fecha os olhos com força,tentando não engasgar. Sua saliva escorre por entre o pau de Louis e seu rosto,até ir de encontro ao chão.
" Oh,essa boca...é uma ...delícia..." Louis tenta falar entre gemidos e arfadas. Tudo está tão intenso e quente,é como o paraíso. Ainda mais quando Harry começa a massagear suas bolas também. Louis sente que está prestes a vir. Ele tenta retirar o membro da boca de Harry,mas o outro não permite,e recebe com satisfação o jato de Louis em sua boca.


                    Harry engole tudo o quê consegue e lambe os lábios,em busca do quê pode ter perdido. Louis se esforça ao extremo para não cair,suas pernas estão como duas gelatinas.


               " Você é delicioso,Tommo. Completamente delicioso. " Harry diz enquanto levanta a roupa do parceiro e se põe em pé.


                Ele dá suporte a Louis,para que se segure e só então percebe que o elevador esteve este tempo todo parado. Ao mesmo tempo que estranhou aqui,ficou extremamente aliviado,seria constrangedor se a porta abrisse em qualquer andar e alguém os visse.


        " É uma jogada minha com o pessoal daqui" Louis avisa ao perceber o estranhamento de Harry. "eles fingem que não me vêem aqui,e ajudam quando peço" ele aponta para o botão na tela principal. "gosto de elevadores " ele comenta travesso. " muito mais agora!"


              Harry sorri para ele e aperta o botão real do número do andar deles. O elevador volta a funcionar e começa a subir. Louis percebe a enorme ereção de Harry marcando sua calça,lhe dando na boca de vontade de chupá-lo. Mas se controla até que entrem dentro do quarto.


                  Louis abre a porta do quarto com o seu cartão e os dois entram.


        " Senta na cama"  Harry não consegue decifrar se é uma ordem ou um pedido,mas obviamente o faz.


                Louis fecha a porta e vai em direção a Harry,retirando toda a roupa pelo caminho. Harry morde os lábios observando a barriga lisa,o peitoral tatuado,as coxas fartas...tudo em Louis é absolutamente lindo,como é possível?


            " Minha vez" Louis fala ao se por no meio das pernas de Harry e o empurrar de forma gentil para trás. O menor abre as calças do maior e abaixa juntamente com a cueca. Harry geme ao que seu membro escapa para fora e bate no rosto de Louis.


                      Louis joga as roupas de Harry longe no chão e o mesmo se livra das partes de cima. Harry volta a deitar na cama,apoiando-se apenas em seus cotovelos. O menor se ajeita e segura o membro de Harry pela base. Ele passa a língua pelos lábios sedento por aquilo.
" Por favor,Tommo!" Harry praticamente suplica.


        "Lou. Me chame de Lou" Louis pede antes de abocanhar o membro de Harry,arrancando um grito do mesmo,que não esperava por isso.


           "Tomm....Lou. Oh,porra! " Styles fica absurdamente lindo falando palavras sujas.


                   Lou se concentra em dar prazer a Harry,como ele tinha acabado de lhe proporcionar. Os movimentos da boca de Louis no pênis de Harry,estavam fazendo-o revirar os olhos de prazer. Harry não se conteve e segurou Louis pelos cabelos,investindo mais rápido e profundamente em sua boca.


                   Louis não estava acostumado com isso,mas não queria parar,Harry parecia estar chegando ao seu ápice. O maior parou apenas quando Louis engasgou.


         " Desculpa." Pediu Harry.


        "Não,eu gosto." Respondeu firme Louis.


                Harry puxou Louis para sí e o beijou ardentemente. O cacheado girou seu corpos na  cama,ficando por cima do menor. Louis estava prestes a falar alguma coisa quando Harry se posicionou sobre o quadril de Louis.


         " Eu quero você dentro de mim,você quer Lou?    " Harry parecia ter retomado aquele jeito inocente e doce de falar. Isso causava um tesão ainda maior em Louis.


         " Quero,Styles!    " Lou confirmou o quê não tinha como e nem por quê negar.


       " Hazz,pode me chamar de Hazz." Harry colocou dois dedos na própria boca e os levou extremamente molhados até sua entrada,introduzindo ambos. "pode me chamar assim,enquanto me fode com força" continuava ele enquanto se preparava para receber Louis.


                      Louis sentia seu pau doendo de tenta excitação,que era ver Harry dessa maneira. Ao se sentir preparado,Harry retira os dedos de sí próprio. Louis pega uma camisinha que há ao lado da cama e a coloca. O maior segura o membro de Louis já protegido pelo preservativo e o leva para dentro de sí. Louis invade Harry com cuidado,as sensações de estar dentro dele são inigualáveis.


                 Harry vai se acostumando com o volume dentro de sí e se movimenta conforme consegue. Ao que o prazer toma o lugar da dor,Styles rebola com vontade no membro de Louis. O menor segura as nádegas do maior,o ajudando nos movimentos. Harry domina completamente a situação,levando Louis a completa loucura.


             " Você é... tão gostoso,Hazz!" Louis praticamente grita " realmen-nte o...melhor"


                 Harry se segura o máximo que consegue,mas acaba se deixando levar pelo prazer e se desmancha sobre o estômago de Louis. Ao quê o corpo de Harry estremece e passar a ter pequenos choques de prazer,o corpo dele tenta a todo custo expulsar Louis,quê não aguenta a intensidade do prazer e se desmancha dentro do cacheado.


                                 Enfim Louis conhece a sensação de poder tocar o céu.

 

             O corpo de Harry cai sem forças por cima do de Louis. Um silêncio agradável se faz no local. Louis sem nem perceber,começa a fazer carinho nas costas do maior. E assim o cansaço vence os dois,que adormecem desta maneira.

             

           Na manhã seguinte,Louis acorda e não encontra Harry em lugar algum,mas há um bilhete em cima da mesinha do lado da cama,que diz;

 

               " Lou,a noite de ontem foi incrível,diferente de qualquer trabalho que já fiz,
     por isso,não irei cobrar por ela. Fica como uma cortesia da casa! haha
                    Mas sinceramente Lou,essa noite não foi um trabalho pra mim,foi algo a mais. Não se preocupe,não espero nada de você,mas gostaria que soubesse,você valeu totalmente a pena Tommo!
Espero que tenha sido o mesmo para você.
Com amor,H. "

 

 

      Depois da noite que tiveram e o bilhete que Harry lhe deixou,Louis com certeza o procuraria. Não apenas pelo sexo,mas porque ele valia a pena. Algo dava a Louis está certeza,e naquele momento era tudo o quê lhe bastava. Ele encontraria Harry e o diria que pra ele também foi algo a mais.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...