1. Spirit Fanfics >
  2. You're Mine (One Short) >
  3. You're Mine

História You're Mine (One Short) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi meus amores! Como vcs estão? Quanto tempo não? rsrs enfim estou de volta e trouxe uma one shot TaeKook pra não passar esse dia tão especial para nós, o dia em q TaeTae e JK se nomearam TaeKook, estou muito feliz pelo dia de hj sinceramente rs

Estou terminando o capítulo da minha fic então não fiquem preocupados... Só não sei se vou poder tá atualizando com frequência pq minhas aulas já começaram, mas sempre q eu puder estarei postando capítulo novo de Signos.

Pra esse one shot eu separei quatro músicas que aconselho vcs lerem ouvindo elas pq sinceramente ficou perfeito, sendo elas Photography e Give me Love do Ed Sheeran, Falling Like The Stars do James Arthur e You're mine da Mariah Carey, nessa ordem msm... Vou deixar em negrito as frases que é pra colocarem as músicas

Enfim sem mais delongas, está aqui You're Mine, eu espero muito q vcs gostem! 😊
Boa leitura

Capítulo 1 - You're Mine


Fanfic / Fanfiction You're Mine (One Short) - Capítulo 1 - You're Mine

- Amor, acorda! – Taehyung que está deitado abraçado com JungKook, distribui beijos pelo rosto. – Kook, acorde por favor! 

O mais novo começa a abrir seus olhos com dificuldades devido a claridade e sorrir ao ouvir seu esposo o chamar sentido os beijos sendo distribuindo em si. Seu olhar se encontra com o do acastanhado e se aproxima iniciando um beijo carinhoso. 

- Como foi sua noite? – pergunta depois do beijo se acolhendo no corpo de Taehyung.

- Foi incrível claro! – rir anasalado se lembrando da noite anterior. – E bom dia paixão! Está pronto pro dia de hoje?

O moreno muda o semblante curioso querendo saber o que tem de tão especial nesse dia. Assim que ia perguntar sobre o quê exatamente, se lembrou do casamento que ocorreu a cinco anos atrás, recordando que foi nessa mesma data.

- Ah sim! – solta um risinho.

- Pensei que tinha se esquecido, fez uma cara engraçada carregada de dúvida. – se levanta e pega o calção que se encontrava no chão.

- Realmente eu tinha, de manhã sou um pouco lento.

- Não me diga. – rir ao ver o travesseiro sendo jogado em sua direção. – Que coisa feia Kook, jogando o travesseiro no seu amorzinho. – se desvia do outro travesseiro e vai correndo em direção a porta. 

- Garoto atrevido. – JungKook se divertia com Taehyung.

- Tome banho e escova o dente, porque ta com bafo e depois desce pro café da manhã. 

Jeon joga a blusa que vê no chão em Taehyung que gargalha ao pegar e agradecer por ter pensado nele, imaginando que possa aparecer alguém e ver seu marido sem camisa. O moreno rir sozinho no quarto pensando no quão idiota o Kim é, e vai fazer o que o mesmo lhe pediu. 

Na cozinha, o mais velho prepara o melhor café da manhã para seu Kook pegando as coisas que comprou ontem depois que o moreno foi dormir. Fica feliz pelo seu trabalho e agradece mentalmente por seu melhor amigo Jimin ter o dado a ideia de um café da manhã carregado de alimentos que o mais novo gosta. 

Volta para o quarto rapidinho pra pegar seu celular colocando numa playlist que separou para o dia de hoje.

Assim que vê JungKook se coloca ao lado da mesa e sorrir ao vê-lo surpreso e feliz com que o mesmo tinha preparado. 

- Isso tudo... foi você quem fez? – pergunta indo até a mesa olhando cada detalhe nela. 

- Tudo feito pra você, mesmo que seja nosso aniversário. 

A mesa estava carregada de chocolate numa cestinha e a outra com frutas, tinha pãezinhos, assim como um pequeno bolo de baunilha, uma jarra de suco de uva, bloquinhos de goiabada, sonho, salgadinhos dos seus preferidos com um pote de flores no meio deixando o clima mais confortável. 

- Tá perfeito!

Dá um selinho em Taehyung e se senta na cadeira sendo posta pra si perto a mesa por seu esposo. O acastanhado se senta estendo a mão para o mais novo que lhe entrega segurando a mão um do outro com ambos se olhando carinhosamente. 

- Feliz aniversário de casamento! 

- Pra você também. – JungKook beija a costa da mão de Taehyung que fecha seus olhos sentindo o ato. – Isso aqui só pode ser um sonho!

Os dois tomam seu café da manhã tranquilamente conversando sobre os dias anteriores, afazeres, trabalho e entre mais. 

JungKook não pode negar no quão feliz ele estava por ter tido uma alimentação mais farta ficando cheinho já que costuma comer bem pouco, mas sem interferência de dieta nem nada. 

Taehyung já acordou alegre se lembrando do que preparou pro dia de hoje e ficou ainda mais alegre por ver Kook satisfeito com a primeira parte do dia que era o café da manhã, o mesmo estava ansioso por resto do dia.

Assim que acabaram o café e limparam tudo, ambos foram pra sala assistir um pouco de TV pra passar um tempinho coladinho um no outro, com afetos e beijinhos quase todo hora, como se ainda fossem namorados recente.

- Tá pronto pra outra coisinha que eu preparei pra você? – se levanta pegando um pen drive e colocando na TV.

- O que você fez? – pergunta se ajeitando curioso no sofá se embrulhando ainda mais com um lençol que trouxe do quarto. 

- Fiz um moments nosso! – sorrir ladino ao ver os olhinhos do moreno brilhar ao ouvi-lo falar. 

Assim que Taehyung se sentou junto a JungKook, colocou no vídeo que tinha preparado e abraça o de dentinhos de coelho que se aconchegou ao ver a primeira foto que os dois tiraram juntos quando começaram a namorar. Ambos eram muito novos e inseguros sobre o que realmente sentiam um pelo outro, mas mesmo assim arriscaram e agora estão casados e carregados de amor.

As fotos foram passando de acordo com a época que eram tiradas, ou seja, ano a ano. 

Começaram a haver lágrimas da parte de JungKook que olhava todas as fotos e ao mesmo tempo se lembrava de como cada momento ao lado de Taehyung eram cheios de misturas de sentimentos, mas que eram bons e lindos sorrindo bobo ao vê-los fazendo palhaçadas em algumas fotos. 

Taehyung de vez em quando olhava para o moreno sorrindo vendo como ele estava hipnotizado com o vídeo que havia feito. Ele não estava muito diferente de JungKook, olhava cada foto com carinho se lembrando e vendo o quão novos eram, sem dúvidas para ele a época do namoro foi totalmente mágica.

Chegando para o dia do casamento, JungKook soltou um suspiro forte trazendo a atenção de Taehyung pra ele que ficou preocupado. 

- O que foi? – olhou atencioso segurando no queixo do mais novo molhado e um pouco inchado devido o choro logo limpando com o lençol.

- Nada, só que tinha um nó na garganta e soltei. – diz simplista e Tae, olhando para o mesmo, o abraça mais forte trazendo para si. 

Kook volta atenção para o vídeo vendo que já estavam fazendo os votos de casamento e rir se lembrando do que havia falado. O moreno fica surpreso ao ver o vídeo dele fazendo a sua promessa a Taehyung.


"Kim Taehyung, prometo te amar a cada dia da minha vida, cuidar de você quando estiver doente, estar ao seu lado quando precisar e até quando não precisar, te proteger do mundo mal e de todos os problemas que nele haver, não rir porque mesmo sendo mais novo e um pouco mais baixo posso muito bem te proteger"


Rir junto a Tae vendo que está cumprido do que lhe havia prometido, sem deixar nenhum de lado orgulho por amar o acastanhado sem problema algum, além disso é impossível não amar um provocador de segunda. 


"Jeon JungKook, prometo te dar o que o mundo tem a oferecer e te proteger quando lhe ameaçar, cuidar de você quando de mim precisar, chorar com você quando querer companhia, te fazer feliz em meio a dificuldade que eu ou você estivermos enfrentando. E por fim te amar muito mais a cada dia que passar, fazer do nosso amor um acolhimento que você queira estar. Te amo meu coelhinho!

Te amo meu ursinho de inverno!"


E por fim se beijam.

Tae olha pra JungKook que também olhava pra ele e via no fundo dos seus olhos um mar de aventuras, uma criança feliz e na íris de seu olho um coraçãozinho que o deixou mole e apaixonado por saber o quão criança o mais novo era consigo. 

JungKook definitivamente se perdeu no olhar de Taehyung, era profundo e não conseguia desviar, mas também não queria, pra ele a melhor parte de se amarem era quando um se prendia no outro, incapaz de haver alguma coisa que tirassem sua atenção. O olhar do mais velho era misterioso e acho que foi isso o que levou a Jeon se apaixonar pelo mesmo, queria descobrir cada coisinha sobre o mais velho sem deixar algum de lado.

Não foi difícil ambos ficarem juntos, apesar das inseguranças no fundo sentiam que eram um do outro. 

O vídeo acaba e o Kim fica feliz e corado ao receber um beijo na bochecha do Jeon já que fazia um bom tempo que o mesmo não dava.

- Você gostou? 

- Se eu gostei? Eu amei Tae! 

Jeon diz sincero fazendo com que o acastanhado lhe desse um beijo porque o olhar do moreno tava muito fofo e o lábio muito chamativo. O beijo ficava cada vez mais tenso e saboroso, o que levou finalmente ao ato que ambos esperavam desde que acordaram. 


[...]


Jeon encontrava se arrumando a pedido de Taehyung que vai leva-lo para sair agora final da tarde, colocava uma blusa de manga longas um pouco larga, mas não deixando de ser de grande capricho já que o Kim não disse para onde iam. Passou um pouco de brilho nos lábios, perfume do qual o seu marido ama e pegou o celular e carteira descendo ao encontro de Taehyung que estava na sala o esperando.

Assim que Kim o viu não deixou de elogiar o mesmo, porque sem dúvidas o moreno estava lindo, mas um elogio carregado de segundas intenções, fazendo com que JungKook jogasse uma almofada no mesmo que rir de imediato. Como ele gostava se jogar coisas no Taehyung!

- Vamos? – Jeon assente e ambos vão pro carro fechando a casa.

A rua não estava nem muito movimentada e nem muito fazia, estava com o trânsito muito bom na verdade pra um final de semana. De vez em quando o Kim olhava para o mais novo e observando que o mesmo não parava de olhar pra rua decidiu abrir as janelas do carro para seu esposo sentir o que tanto desejava, um pouco do cheirinho de terra molhada pois havia chovido umas horas atrás. 

Taehyung ria bobo pensando que casou com uma criança e felizmente ele não se arrependia pois JungKook fazia seus dias os melhores todos os dias. 

Já JungKook ao ver as janelas sendo abertas agradeceu ao Kim que sorriu assentindo e pôs um pouquinho da sua cabeça pra fora sentindo o cheiro que tanto amava quando chovia. Olhava as árvores com uma paixão de fazer seu coração bater mais rápido, uma sensação de paz e tranquilidade do qual nunca aquela paisagem ia deixar de passar para o mesmo. Sorria abertamente ao sentir os ventos no seu rosto bagunçando seus cabelos lhe dando permissão de soltar uma lágrima por finalmente ta vivendo a vida que desejou mesmo que já tenha ocorrido há anos. Sentiu a mão de Taehyung pegar a sua e se virou para o mesmo sorrindo ao ver que sua mão se encaixava perfeitamente com a do Kim por fim beijando e depois beijando a bochecha do mesmo várias vezes arrancando risinhos do mais velho que vira rapidamente assim que percebeu que o mesmo ia beijar novamente sua bochecha lhe roubando um selinho fazendo seu marido corar. 

- Amo quando fica todo vermelhinho! – volta sua atenção ao trânsito deixando JungKook envergonhado no seu cantinho voltando para janela aberta sorrindo bobo. O Kim sabia como deixar JungKook sem jeito! 

Finalmente chegaram ao destino com o mais novo reconhecendo que era o Jardim botânico da cidade. 

Ao entrar no local com tudo ajeitado, JungKook se maravilhava com tamanha beleza do local, passavam por varias flores de todas as cores deixando ambos livres e felizes por sentirem o cheiro natural sem interferência da cidade.

Taehyung levava seu esposo de mãos dadas até o destino deles sem que o mais novo percebesse o deixando aproveitar cada detalhe daquele local, aliás queria que tudo fosse especial e marcante, dessa vez ele quis fazer diferente, ele quis que fosse especial para JungKook como o mesmo é pra si, ele queria passar a sensação do qual o mais novo passa pra ele, queria que Jeon se sentisse como ele se sentia quando tava com ele. Jeon JungKook era muito especial para Kim Taehyung.

Enfim pararam num grande arco de flores com um balanço no meio e ao Jeon ver aquilo colocou a mão em frente a sua boca ao ver o que estava escrito na plaquinha posta no balanço.

- Quer casar comigo? De novo? – Taehyung diz o mesmo que estava na placa.

JungKook sem reação alguma não conseguiu dizer nada, não entendia porque o Kim queria casar consigo de novo. “Não foi o bastante o nosso casamento? Por que quer se casar de novo” pensava. Ele olhava para Taehyung com certa curiosidade enquanto o mais velho só sorria para si. Quando finalmente ia falar o mais velho se atreve a colocar a mão no bolso da calça tirando uma caixinha deixando Jeon mais nervoso o fazendo chorar assim que ele mostra um anel lindo. 

Taehyung olhava o mais novo muito feliz, por mais que o mais novo estivesse demorando a responder sabia exatamente o que ele ia dizer, então esperaria ele conseguir fôlego e se livrar do nó que com certeza havia em sua garganta. 

O céu já estava totalmente escuro com as luzes ao redor iluminando cada parte daquele local e Taehyung não estava preocupado se ia fechar ou não o local, afinal o dono do jardim era amigo seu então não foi difícil conseguir a permissão. 

Sorriu ao ver JungKook abrir a boca pra finalmente dá a resposta.

- Sim, eu aceito de novo me casar com você! – abraça Taehyung que devolve com força feliz por tê-lo consigo.

Uma música começa a soar pelo local e Tae sente a necessidade de chama-lo para dançar e JungKook não nega colocando seus braços ao redor do pescoço do Tae enquanto as mãos dele estão e sua cintura. 

E novamente os dois se encontravam presos um no outro. Se olhavam de um jeito indescritível, era profundo, forte, chamativo, explosivo, intenso, um olhar que só eles sabiam o que significa, que só os dois sabiam fazer. Taehyung olhava tão firme para JungKook que fez o mesmo pisar em seu pé sem querer enquanto dançavam, ele sabia exatamente como deixar o mais novo entregue para si, totalmente vulnerável a si e sorriu sacana ao ver abaixar sua cabeça envergonhado por pisar no pé do outro. 

JungKook não entendia como um ser tão lindo podia ser dele, tantas pessoas do mundo e o Kim o escolheu, justamente ele. Gostava de ter sido privilegiado por tê-lo pra si, mas não achava motivos para Taehyung o amar. Olhava para o mais velho totalmente preso em seu olhar, não sabia desviar, no momento não costumava nem lembrar de seu nome quando se perdiam um no outro, na verdade ele gostava muito quando o tinha pra si em alguma hora do dia, era quando ele podia amar e quando podia ser amado. 

Tae sorrir e Kook também e enfim bate a coragem em perguntar.

- Por que casar de novo? Não gostou do nosso casamento? – Taehyung rir deixando o mais novo mais confuso ainda.

- Não é obvio? É porque eu te amo e posso casar quantas vezes for nunca vou deixar de te amar, só quero repetir de novo porque casar com você foi a melhor coisa que aconteceu comigo, ter você pra mim foi a melhor das minhas escolhas.

- Mas por que eu? O que eu tenho? Não me vejo suficiente pra você? – solta um olhar triste e isso faz com que o Kim se remoa.

- Tá falando sério? Amor, você é incrível! Eu que tive sorte em ter você! És fofo, meigo, carinhoso, gentil, amável, dócil, cuidadoso, bondoso com tudo e com todos, além de ser gostoso, com um corpo de tirar o fôlego, e acima de tudo lindo, perfeito e especial! Não tenho motivos para não te amar, você é impossível de não ser amado. Hoje você teve uma sensação única não? – Jeon assente envergonhado se lembrando do dia que teve. – Então, é assim que me sinto quando tô com você, todos os sentimentos e sensações que teve é a mesma que você me passa. Amor, eu te amo muito, e quando eu digo que nuca vou deixar de te amar é porque nuca vou deixar de te amar de verdade! 

- Eu também te amo Tae! 

JungKook se abraça no mesmo que devolve o abraço beijando sua cabeça sentindo o contato de si com Jeon. Como ele amava esse menino!

- Você entendeu Kook? – o mais novo assente sorrindo ao sentir Taehyung apertar suas bochechas. – Meu coelhinho! Eu te amo, eu te amo, eu te amo muito! 

- É bom ter você pra mim Tae, você me faz bem! Eu digo que você é perfeito! – sorrir envergonhado como disse, fofo e meigo. Foi inevitável o Kim não sorrir.

- E eu digo que você é meu pra sempre, simplesmente assim, você é meu! 


Notas Finais


Eu espero que tenham gostado e desculpem os erros pfvr 🥺

Obrigada por lerem e feliz Páscoa a tds 😘💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...