1. Spirit Fanfics >
  2. You're My Destiny >
  3. Capítulo 3:

História You're My Destiny - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Capítulo 3:


Jisoo:

Estava cansada de correr pelas ruas protegendo meus pertences e assim, falhando miseravelmente por conta da forte chuva. Consegui me abrigar em uma pequena loja de doces caseiros. Meu celular estava descarregado então não conseguiria chamar um taxi ou qualquer pessoa.

-Droga! Como vou pra casa?-Suspirei irritada.

De repente, senti uma presença atrás das minhas costas, meu corpo ficou ereto e eu segurei a respiração.

- Parece que nos vemos de novo, Jisoo.-Uma voz feminina disse em meus ouvidos e eu senti meu coração errar a batida.

Me virei lentamente, meu olhar se surpreendeu quando seu olhar se conectou com o meu, logo ela abriu um sorriso gentil e me analisou das cabeças aos pés, me fazendo assim, corar.

Ela usava uma blusa vinho e uma saia preta xadres, seus cabelos estavam amarrados em um rabo de cavalo e ela segurava um casaco em seu braço direito.

-O-o que está fazendo aqui?-Disse assustada.

- Do que está falando?- Disse em um tom confuso.

- V-você... Não estaria me seguindo, não é?-Disse receosa e ela soltou uma risada nasal e se aproximou de mim me fazendo inalar seu perfume um tanto forte.

- Por quel motivo, eu estaria lhe seguindo?-Disse próxima a mim e eu engoli seco- Pelo que eu saiba, essa loja, e todas dessa rua são públicas, não concorda?- Sua voz saiu tão intimidadora que senti minha respiração pesar de nervosismo.

- N- não não, quer dizer... sim, ma- 

- Não se preocupe, não estou lhe seguindo.-Cortou minha fala e se afastou dizendo em um tom sério- Estou aqui por motivos pessoais.-Completou e eu assenti- E você? Não deveria estar na floricultura?- Disse e eu desviei o olhar do seu.

-Meu horário acabou.- Respondi educadamente.

- Entendo.- Assentiu.

Por um momento, ela pareceu me analisar como haverá feito na floricultura, o que me deixou um pouco desconfortável. Desviei meu olhar para a rua, vendo os carros passarem pelas poças de água e pessoas correndo para se abrigar da chuva. Ainda sentia seu olhar sobre mim e isso estava me deixando irritada.

- Você pode, por favor parar de me encarar desse jeito?- Pedi ela sorriu de forma rápida e depois soltou uma risada nasal.

- Desculpe, mas não pude deixar de reparar que-

- O que? oque há de errado?-Disse irritada.

- Jisoo, sua blusa, está transparente.-Disse e eu rapidamente olhei para a mesma vendo praticamente todo o meu sutiã azul marinho, rapidamente me cobri com os braços e a olhei envergonhada.

- M-meu deus!-Disse envergonhada e me virei contra sua direção apertando meus olhos, nunca estive tão "exposta" a alguém dessa forma.

Eu praticamente, tentava me esconder de todas as formas que podia, mas nada realmente cobria a transparência, suspirei irritada.

- Jisoo.- A garota me chamou e eu engoli seco e percebi que ela queria que eu virasse, pois senti sua mão pousar em meu ombro de forma segura.

- N-não.- Empurrei meu ombro de sua mão e ouvi um suspiro pesado.

A garota não falou mais nada, apenas senti sua presença perto da minha, o que causava um silêncio desconfortável.
O que eu faria naquela situação? Faltava no mínimo meia hora para chegar e casa.

Ainda de costas, senti algo me cobrir e eu levei um pequeno susto, era um casaco jeans escuro.

- Vista isso.-Ouvi próximo ao meu ouvido e eu respirei fundo e a vi caminhar até ficar em minha frente, onde nossos olhares se conectaram novamente, e por algum motivo, meu coração se acelerou.- Jisoo?

- S-sim?-Gaguejei nervosamente.

- Vista.- Disse séria- Ou quer que eu coloque em você?


-N-não!-Disse vestindo o casaco rapidamente - Desculpe.

- Pelo que? - Perguntou confusa.

- Por ter que fazer isso.-Desviei o olhar do seu e ela esquivou a cabeça me fazendo olha-la.

- Por que eu não faria?- Disse e eu me virei para olha-la.

- Como assim?- Perguntei confusa e ela negou.

- Eu ajudaria qualquer um, se pudesse.-Disse e eu assenti lentamente. 

- Mesmo assim, me desculpe por estar  atrapalhando ou algo assim.

- Você não é uma estranha pra mim.- Não sei porque, aquilo fez um sentimento estranho crescer em meu corpo, eu não sabia o que era.- Estudamos na mesma escola.- Completou e eu a olhei surpresa.

- O que? nã-

- Nunca nos vimos e nem conversamos.- Me cortou e eu assenti.

- Então como sabe que estudamos na mesma escola?-Perguntei curiosa.

- É difícil não notar quem está em primeiro lugar da escola, não popularidade, mas inteligência.- Respondeu com um sorriso gentil- Deveria dizer que, é a pessoa mais inteligente que conheço. 

Corei.

- Eu deveria agradecer?-Disse sorrindo.


- Se quiser.-Respondeu séria.


Bipolar.-Pensei


- Bem, obrigada.- Disse e ela assentiu.


- Não me agradeça, ainda.- disse e segurou meu braço a desceu dois degraus da loja mas eu consegui para-la.


- O qu-


- Venha, vou te dar uma carona.-Disse e eu neguei.

- N-não precisa! mesmo, vou ficar bem!-Disse negando mas ela respirou fundo.


- Não vou deixar você aqui, não nessa chuva.-disse alto.

- Por qu-

- Vamos, não quero pegar um resfriado e creio que também não quer.- Assenti receosa.


─━━━⊰❃• ✿ •❃⊱━━━─




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...