História You're my favorite girl - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias A Bela e a Fera
Tags Amizade
Visualizações 5
Palavras 694
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS


Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - One


Hey amor da minha vida, primeiramente quando ler isso, espero que seja 1 de setembro desse ano. Feliz aniversário amor, espero que você esteja bem agora, espero que tenha recebido os melhores textos, das pessoas que você esperava.

Não sei se você vai gostar, se vai ficar surpresa, quer dizer eu tenho noção de algumas coisas, mas nenhuma certeza.

Por mais que eu te conheça, por mais que algumas vezes em situações eu acerto o que você vai fazer e dizer... outra maioria, você me surpreende, você me deixa confusa. Você sempre foi meu maior talvez, e eu gosto disso, nem sei porquê...

Ia esquecendo, hoje são exatamente 04/08/2018 às 19:55pm, você está nesse exato momento jogando com a Brenda Free Fire, não sei se você vai lembrar disso.

Já faz um tempo que não conversamos, desde do dia 26/07/2018, estou guardando algumas datas agora... A última mensagem foi sua, pela regra era pra mim chamar, mas, a última mensagem foi tão assim, que fiquei magoada, sabe como eu sou...

"eu amo você"

"também , até"

É o que eu me lembro, eu apaguei a conversa, se não eu fico voltando e lendo e etc... Não sei o que anda acontecendo.

Não sei quando vou voltar a falar com você... Porque você, como sempre, não vai me chamar...       E eu não tenho coragem pra chamar...

Então acabamos por ficar assim, esperando eu dar o primeiro passo, porque sabemos que você não vai. Você diz que me ama, mas... como você consegue? 

Eu sempre quero falar com você...

Eu sempre quero saber como você está...

Eu sempre quero saber o que você está fazendo...

Eu sempre quero manda aquelas besteiras que eu falo...

Eu sempre quero ouvir sua voz, rindo de algum besteira...

Eu sempre quero ver você preocupada comigo...

Você já disse que também quer sempre falar comigo, mas, se quer mesmo, porque isso acontece? Porque sempre sou eu a chamar? Você estava tendo até assunto, mas parecia não se desenvolver mais...

Eu tenho ciúmes de todas essas pessoas que estão ao seu redor. E sim eu já disse isso, e você já respondeu... mas, olha a B*****, olha a R****, esse pessoal, você joga, você passa um tempo, você ri com eles, você se distrai, etc.

Mals, eu só sempre quero um pouquinho de você, mas acho que sou paranóica, sou besta demais com as coisas... que tipo de pessoa você foi arranjar, deveria se enjoar de mim realmente... 

Sabe, as coisas com a gente, PARA MIM, sempre foram muito, vai e volta... nossa você lembra de como a gente brigava, não que isso tenha mudado, mas hoje é diferente... Me sinto culpada, porque, todo dia eu penso nas razões para cada discussão, e todas sempre foram, sobre eu não aceitar algo, sobre eu me irritar, sobre eu sentir ciúmes, sobre eu...

Não sei, o que você acha?

Que sempre foi só eu? Esqueci de ser sobre você também? Sei lá né, sou confusa, e as coisas pra você sempre serão mais simples... 

Olha, quando vê isso, não compare com uma coisa que fiz para outra pessoa ano passado, você sabe o que... não tem nada haver pra mim.

São pessoas diferentes, sentimentos          diferentes, relações diferentes.

Eu não minto, não aumento e nem diminuo quando digo que com você tudo é diferente, tudo é maior, tudo cresce com o tempo... Com algumas pessoas meu sentimento fica do mesmo jeito, ou diminue, mais ainda se fico longe dessa pessoa, dependendo de quem seja.

Mas, mesmo, com toda essa situação, esse tempo, as coisas que aconteceram, comigo parece que não muda, eu posso ficar com raiva de você as vezes, magoada, com vontade de te bater, mas se você chegar, disser um Oi, um amo você, ou qualquer coisa, tudo vai se manter, vai voltar. Como se a raiva nunca tivesse existido, talvez eu possa falar demais, talvez você já saiba, mas tem coisas que eu só quero que você tenha certeza. 

Hoje em dia eu tenho muito medo, do tempo, realmente notei que a gente pensa que tem tempo demais pra dizer e fazer o que a gente quer, por isso deixamos para depois... Só que, quanto mais você deixar passar, mas sem tempo você fica, e as vezes, de repente, você não tem mais tempo..

[..]



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...