1. Spirit Fanfics >
  2. You're My Light: The Eternal. >
  3. Astro

História You're My Light: The Eternal. - Capítulo 13


Escrita por: Min_viih_

Notas do Autor


Oiii♡

Nesse capítulo terá a participação especial do grupo ASTRO. Eles são uns amores.😍

Espero que gostem do capítulo.
Boa leitura!

Capítulo 13 - Astro


Fanfic / Fanfiction You're My Light: The Eternal. - Capítulo 13 - Astro


O dia ensolarado estava maravilhoso, já acordamos dispostos a aproveitá-lo. Os meninos estão jogando vôlei junto de mais seis meninos que chegaram há pouco tempo. Eles fizeram amizade muito rápido. Eu e as meninas estamos deitadas em alguns panos na areia para pegar um pouco de bronzeado. Kwan e Yuna estão brincando com alguns brinquedinhos na areia, Lia até tentou fazer um castelinho de areia para eles, mas eles destruíram tudo. Esses pequenos…

Jinyoung está no carrinho bem perto da Hayun e a Sophia está se remexendo dentro da minha barriga. Ela não para quieta, parece que quer vir ao mundo antes do tempo. Mamãe também está ansiosa para te ver, pequena.

Vou marcar um ponto pra você. – Jungkook disse ao se aproximar, selou os nossos lábios rapidamente e correu de volta para os meninos. Em um saque ele marcou um ponto perfeito, seu time comemorou, meu irmão comemorou mais ainda. Jeon beijou os dedos e os direcionou a mim, sorri e fiz um coração, ele também deu um sorriso lindo. Nossa, sou tão sortuda por ter esse homem.

O Jungkook joga muito bem. – Kyung comentou, eu concordei.

É, e o Tae tá furioso com ele. – Emily disse, apontando para o seu noivo.

Os times estavam divididos da seguinte forma: os seis meninos que eles conheceram se dividiram, ficando três em uma equipe e três em outra;

Jungkook, Yoongi e Jimin ficaram no time 1, junto com os três; Namjoon, Hoseok e Taehyung ficaram no time 2, junto com os outros três. Jin era o Juiz. Taehyung estava indignado por estar perdendo, pois o time 1 estava ganhando com 8 pontos a mais.

Meu irmão se garante, né? – Hayun perguntou a Lia, mas a morena parecia estar com o pensamento longe e os olhos grudados no namorado. – Lia?

Iih, essa aí tá babando na barriguinha do Yoongi. – Digo, babando, também, na do Jungkook.

Tô mesmo, viu? Admito. Mas olha aquele deus grego. – Lia apontou para o branquelo, morrendo de amores por ele. – Olha isso, todos sem camisa.

Estamos no paraíso… – Yoo Mi disse como se estivesse hipnotizada. Não julgo, estou do mesmo jeito.

Não dou conta. – Estamos todas babando…

Mas, gente, foca naquele garoto alto de cabelo preto que é a cara do Jungkook. – Lia chamou nossa atenção um tempo depois. – Eu tenho certeza que eu conheço ele de algum lugar…

Mais um de seus ex?! – Hayun perguntou e eu realmente fiquei interessada em saber.

Pior que não.

Eu nunca vi esses garotos na minha vida. – Dei de ombros, fazendo um montinho de areia pro meu filho.

Nem eu. – As outras disseram juntas. A morena ficou pensativa, mas esqueceu daquilo rapidinho e voltou a babar pelo Yoongi.

Eu e Yoo Mi levamos nossos filho pro Mar, eles estavam tão felizinhos. O sorriso deles é como uma terapia, é uma cura para depressão, tristeza, tudo.

Os meninos pararam o jogo por um tempo para descansar, Jungkook e Jimin correram em nossa direção. Me aproximei de meu marido para perguntar sobre nossa ida até Busan, porém fui interrompida por um grito ensurdecedor. Lia estava berrando que nem um louca, ela direcionava os braços para o garoto que ela disse que se parecia com o Jungkook, e Yoongi segurava ela de todas as formas. Ela quer o quê, atacar o garoto?

O que houve? – Yoo Mi indagou, ao se aproximar, com um olhar ameaçador para o rapaz.

Eu não fiz nada. – Ele levantou as mãos em rendição, alegando não ser o culpado.

Claro que fez, né, Eunwoo? – Um loiro, baixinho, disse em ato de reprovação. Estava chateado com o moreno.

Não tenho culpa, tá legal?! Não sabia que eles conheciam a gente. – Fez um biquinho triste e cruzou os braços.

Tá, alguém pode explicar agora? – Pedi. Lia parecia babar agora pelo Eunwoo.

Somos membros do grupo ASTRO. – O loiro falou numa tranquilidade, eu arregalei meus olhos, Lia surtava mais ainda e eu passei a surtar junto com ela. 

O que as duas comeram no café, hein?! – Kyung perguntou, mas não dei importância, eu só queria surtar mesmo.

Lia! Lia! Lia! Lia! Lia!!! – Pronunciei várias vezes, parei pra tomar fôlego e logo continuei. – É o grupo que você me mostrou o debute naquele dia na escola????

Sim! Sim! Sim! Sim! Siiiiim!!! – Ela nem parou pra pensar, só sorria que nem o coringa enquanto repetia as curtas palavras. – Nossa, quando eu vi o debute, de cara eu falei: esse aqui vai ser meu utt!!! – Apontou para o Eunwoo. Não vou mentir, também falei a mesma coisa.

Eu sou o seu utt??? – O moreno perguntou, olhando a minha amiga em uma felicidade só. Ela concordou com a cabeça várias vezes, isso o deixou extremamente feliz.

E eu sou o seu utt??? – O loiro me olhou esperançoso, seus olhinhos brilharam à espera de uma resposta. Meu coração acelerou, tenho medo de falar que é o Eunwoo e magoar os sentimentos recém-criados do loirinho.

Eu… Bom, eu… Ainda não tenho um utt… – Menti. Eu sei que é errado, mas eu me sentiria mal por deixá-lo mal.

Lia me olha desconfiada e eu sei o motivo, eu falei em voz alta aquele dia na escola. Eu lembro…


"–NANCY DO CÉU!!! OLHA ISSO AQUI! – Lia correu até mim com seu celular em mãos. Estamos na sala de planejamentos, mas deu pra perceber que ela não está planejando nada, né?

Em qual restaurante o Yoon vai te levar pra comemorar o aniversário de namoro? – Questionei, prevendo ser isso o motivo da tal empolgação dela.

Ai, ele não me falou ainda, acredita?! Disse que quer fazer surpresa, mas eu estou muito ansiosaaaaa. – Choramingou, eu sorri.

Não use camisinha depois do jantar. – Sugeri, contendo o riso, mas ela me olhou de um jeito que foi impossível segurar.

Baby agora não. Amém!! – Fez o sinal da cruz. Logo voltou a ficar animada e me mostrou o que tanto queria. – ASTRO debutou hoje e olha que perfeição! – Assisti ao MV inteiro, tudo maravilhoso e os garotos… Nossa, eles são demais! Meu foco foi para uma pessoa em especial, ele chamou total a minha atenção. – Esse aqui vai ser o meu utt! – Apontou para o mesmo garoto.

O meu também. Qual o nome dele?

Não sei, ainda, mas vou descobrir! – Disse com um olhar de 'detetive profissional' e colocou o MV mais uma vez.

Perdi o foco do planejamento, meu foco agora era os meninos."


E tenho certeza que ela também lembra.

Eu posso pegar um autógrafo de vocês? – Lia falou rapidamente, talvez ela soubesse que eu estava em uma situação complicada aqui.

Lia… – Yoongi disse, entredentes, tentando controlar a euforia da namorada.

O que foi, amor? Eu sei muito bem que você quer um autógrafo do Rocky, pede logo!

Ele já pediu. – O de cabelos castanhos, possivelmente o Rocky, se pronunciou pela primeira vez.

Gargalhamos. Então foi por isso que o Yoon correu que nem louco de volta para a casa alguns minutos antes, deve ter ido pegar um papel e uma caneta.

A morena conseguiu o autógrafo e eu também não perdi tempo. Tiramos fotos juntos. Eles são tão simpáticos e ainda mais bonitos pessoalmente…

O jogo continuou um tempo depois. Minha amiga resolveu jogar com eles. Os meninos falaram que no começo não disseram quem eles eram porque assim eles poderiam aproveitar o dia de lazer, sem ter que parar para ficar tirando fotos direto e essas coisas de famosos. Contudo, nos adoraram.

Jungkook conversou muito com o Eunwoo, pareciam melhores amigos e isso causou um certo ciúmes em Park Jimin. Ele não admitiu, mas eu conheço bem o irmão que eu tenho.

Depois do almoço resolvemos descansar. Kwan dormiu. Deitei na cama à espera do Jeon que terminava o seu banho. Peguei o celular dele em cima do criado mudo, entrei na galeria para ver as fotos que tiramos hoje. Em uma ele segurava minha barriga, em outra o Kwan estava sentado nos ombros dele, outra estávamos todos juntos em família, outra com nossos amigos, outra com os meninos do ASTRO, ele até tirou uma sozinho com Eunwoo.

Vi alguns vídeos também, mas um me chamou atenção. Era antigo, pois nesse eu estava grávida do Kwan. Sei disso porque minha barriga estava maior do que está agora. Era um vídeo com várias fotos de vários momentos felizes que vivemos. A música de fundo? Adivinha… Euphoria. Nossa música. A última foto foi do nosso casamento, no momento em que eu conto que estou grávida da Sophia e ele se ajoelha pra beijar minha barriga.

Chorei, claro. Sou fraca pra essas coisas.

Nossa, faz tempo que eu não suava desse jeito. – A voz do meu marido se fez presente e eu olhei na direção dele.

Jungkook saiu do banheiro e me olhou preocupado, logo correu até mim e segurou em minhas mãos.

O que aconteceu, amor? – Ele observou cada canto do meu corpo procurando algo que explicasse o meu choro repentino. Eu só sorri e mostrei o vídeo pra ele.

Você fez isso? – Perguntei.

Ai meu Deus, que susto! – Beijei sua testa tentando acalmá-lo. – Achei que tivesse acontecido algo… sei lá o que eu pensei.

Eu fiquei emocionada. Isso é muito lindo. – Enxuguei meu rosto e me ajeitei para ficar mais confortável na cama. – Por que nunca me mostrou isso?

Ah, eu fiz só pra testar minhas habilidades com a edição. Não sabia que você ia gostar tanto do vídeo. – Explicou, vestindo sua cueca, dei uma breve espiadinha. Eu que não ia deixar de ver esse gostoso, apesar de já ter visto várias vezes o que tem debaixo da toalha…

É maravilhoso… – digo babando, hipnotizada. Convenhamos, Jeon Jungkook é muito gostoso.

Tá falando do vídeo ou do garoto aqui? – apontou para baixo, mais precisamente para o seu membro e seu sorriso era malicioso. Nem eu sei do que realmente eu estava falando. – Sei que tá falando do garoto… – Ele já caminhava em minha direção, estava só com sua boxer preta. Agora engatinhava pela cama, chegava cada vez mais perto à medida que meu coração acelerava.

Jungkook se colocou entre minhas, meu peito subia e descia descontroladamente. Arfei quando ele colocou o joelho em minha intimidade, coberta pela calcinha, pressionando o local delicadamente. Isso é gostoso. 

Sua boca foi de encontro com a minha, inicialmente um selinho, depois foi intensificando, sua língua adentrou minha boca com vontade. Ele não pediu passagem, ele não pede, ele manda, vai fundo sem nem ao menos avisar, porque ele sabe que eu sempre fico completamente entregue aos toques dele.

Jeon alisou minha coxa, vez ou outra apertava me fazendo arfar.

Estava quente, apesar do ar-condicionado estar ligado. Ele também puxava o meu cabelo arrepiando todo o meu corpo. Quando a maldita falta de ar se fez presente, se afastou somente para sussurrar em meu ouvido.

É melhor se preparar, porque depois que nossa pequena nascer eu não vou te dar descanso.

Tremi dos pés à cabeça. Ele sabe como me desconcertar. Contudo estaria mentindo se eu dissesse que não estou ansiosa para isso acontecer.



Notas Finais


Gostaram?
Vão lá conhecer o Astro, recomendo.
Até o próximo capítulo.
Beijuuuu ♥️💜♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...