História You're my love - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Hentai, Original, Romance, Traição
Visualizações 10
Palavras 1.100
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oieee td bem? Então hj eu vim com um novo capítulo e eu vou postar o procomo amanhã!

Capítulo 11 - Problemas no caminho


Vicky on>

Pego meu celular e uma bolsa pequena com os documentos quando me deparo com Marcos arrumando uma mochila com um par de roupa para mim

-O que você ta fazendo? - olho para ele e o mesmo vira e olha para mim como se eu tivesse que saber

-Você vai para o hospital, como quer ir sem nem levar uma peça de roupa? - dou um sorriso bobo e coloco a mão em torno do seu pescoço e lhe beijo carinhosamente e o mesmo retribui. Olho para ele e o mesmo olha de volta

-Sabe que isso não vai acontecer, né? Eu to bem!

-Você vomitou, mocinha...nem quero saber a desculpa que você vai me dar...- ele volta a olhar para a peça de roupa que colocou na mochila logo em seguida

-Okaaaay.....- nós dois rimos e trocamos olhares

-Eu te amo, sabia...? - ele me diz e eu fico corada

-Também te amo. Muito...- ele sorri

-Agora temos que ir, né?

-Temos naummm...- resmungo

-Vamos, moranguinho....se não vai ficar tarde. Na volta tem uma recompensa, ta bom? - meus olhos brilham de felicidade na hora

-Okay! Agora eu quero ir! - ele ri e nós descemos até o carro, onde ele dá a partida.

Kauã on>

Tinha pensado em milhares de formas para chegar a conclusão de para onde tinham levado Maria, pensei em tudo....devem ter tirado-lhe do país, pois nao seriam idiotas de deixá-la aqui sabendo que eu poderia achá-la, e ainda posso. E vou achá-la. Marcella estava me ligando e eu atendo:

Ligação on >

-Alô?

-Kauã! Teve alguma notícia de Maria ?

- Nada ainda....espero que ela esteja bem...

-Você foi idiota! Não tomou conta dela! Felipe já estava atrás dela e você sabia disso!

-Eu sei, sei disso.....eu fui um idiota. Maria não me merece...mas vou atrás dela, custe-me o que custar - desligo o telefone e corro para meu escritório. Agora q me veio à mente, como Marcella já sabe? Ela tem algo haver com isso? Não quero pensar na ideia de que ela e Lucas a sequestraram

Marcella on>

Kauã tinha desligado na minha cara, aquele viado me paga...deitada no ombro de Lucas enquanto víamos um filme qualquer pois não tinha nada de bom passando as 2 da manhã. Recebo uma ligação anonimata na mesma hora. Atendo:

Ligação on>

-Kauã se você repetir o que você fez eu vou te castrar!

-Marcella! Que bom que atendeu! Estava com saudades de você- falou a voz conhecida. Eu lembrava daquela voz...- Eu adoraria conversar mas tenho outras coisas para fazer

-Quem ta falando?

-Não se lembra? Ora ora ora...a praguinha não lembra do demônio

-Meu Deus....Sophia?

-Tcha-ram! Surpresa! - tenho pena de Maria essas horas. Aturar ela não é facil - Sua amiguinha está com saudades de vocês também, dá um " oi " para ela - Maria não responde e eu ouço um tapa na pele de alguém e junto dele também um gemido de dor - RESPONDA!

- M-Marcella...m-me ajude...por favor...- ela dizia com uma voz de urgência. Eu chorava de assustada

-Maria! Eu vou te achar! Eu prometo!

-" me ajude....me ajude". Aaaah! Me dá nojo de ver duas lésbicas conversando....Felipe, tire ela daqui. Leve esse maltrapinho para algum quarto empueirado daqui - ele obedece e a leva. Escuto as cordas de sua cadeira soltarem

-Não! Marcella! Me tira daqui!

-Eu juro que te tirarei! Agora me diga sua mau carater...quanto você quer?

-Dinheiro? Não, não...eu não trabalho assim. Eu não vou devolvê-la

-O QUE?! VOCÊ TA BRINCANDO...ELA VAI VOLTAR SIM! - ela riu

-Não não, ela não vai. Nunca mais - ela desligou e eu chorei de desespero. Contaria a Vicky o mais ràpido possível.

Marcos on>

Dirigia a uns 90km/h pela rodovia escura, parecia que os postes tinham queimado. Eu olhei para o lado rapidamente e vi Vicky dormindo e sorri. Dou a mão para ela e a mesma sem querer acorda e sorri para mim com os olhos meio abertos. Eu passo a mão na cabeça dela

-Desculpa meu anjo, Não queria acordá-la

-Tudo bem....- ela volta a fechar os olhos

Quando olho para frente vejo um caminhão vir em minha direção e tento virar o carro mais é tarde demais, o caminhão bateu e eu sinto o impacto logo que ele bate, o carro capota ate o canto da estrada, ficando de cabeça para baixo e assim, acabo por apagar logo em seguida

Lucas on>

Coloquei Marcella no meu colo logo que a vi dormindo depois de acalmá-la. Como ela pode ter coragem de não querer devolver Maria? Aquela maltrapinha....piranha do cacete. Ela vai me pagar! Coloco ela na cama e dou um beijo na sua testa e pego minhas coisas e volto para beijá-la novamente

-Prometo que quando eu voltar...voltarei com ela em segurança...eu te amo muito. Espero que fique bem sem mim por alguns dias

Fecho a porta do quarto e desço para falar com as empregadas mas principalmente com Mei, que depois que se recuperou quis voltar a prestar serviços a casa, mesmo se nós a deixássemos sem trabalhar mas ainda recebendo e dormindo em nossa casa

-Preciso que vocês me ouçam, se Marcella perguntar onde eu fui, diga que fui chamado para prestar serviços fora do país - todos me olharam com cara de confusos - Eu nao vou sair para trair ela ou nada disso, mas sim vou atrás de Maria Clara, nossa amiga. Mas ela não pode saber que eu fui. Entenderam? - eles confirmaram - Mei? Posso falar com você?

- C-claro! - ela andou ate a sala comigo

-Preciso que tome conta dela. Eu a amo demais. Não quero que nada de ruim aconteça a ela. Eu te ligarei todos os dias dando noticias minhas e você diz a ela, mas fale que eu não pude falar com ela pois minhas ligações são corridas. Eu preciso achar Maria, Marcella está sofrendo com a falta dela aqui.

-Eu entendo. Pode deixar que eu cuidarei dela

-Promete?

-Prometo!

-Muito obrigado! Eu estou de partida! Até qualquer dia! - falei enquanto corria para a garagem

-Até! - e eu dei a partida no carro, assim seguindo até a Itália denovo.

*QUEBRA DE TEMPO*

Marcella on>

Eram por volta de 5 da manhã quando eu acordei e me vi dormindo na cama, porém Lucas não dormia ao meu lado.

-Lucas?- sem resposta dele

Eu levanto e pego meu celular na cabeceira da cama e vejo 2 chamadas perdidas de Vicky. Até que recebo a ligação do mesmo número denovo. Atendo:

-Vicky?

-Srta. Marcella?

-Sim, eu mesma. Quem fala?

-Estamos ligando do hospital Torres para dizer que a srta. Vitória sofreu um acidente de carro e está aqui internada.

-QUE!? Eu to indo correndo para aí!

Saio em disparada e pego as chaves do carro quando Mei me para no meio do caminho

-Para onde a srta. vai?

-Para o hospital! Vicky está internada! - e saio porta afora para pegar o carro.


Notas Finais


O que sera que aconteceu com Vicky? E Marcos? E onde sera que está Maria ? #CONTINUA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...