História You're not mine - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias MASC
Personagens 26, Ace, Heejae, Woosoo
Visualizações 8
Palavras 585
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


leiam as notas finais!

Capítulo 5 - 5


- Daesung, não - segurou as mãos de daesung a fastando-as de sua cintura - Você sabe o que vem depois. E eu não estou pronto para isso. Você sabe que eu nunca fiz nada assim antes

- Porque não? Eu não faria nada que você não quisesse Jihoon - se encostou na pia ao lado dele, e o observou olhar para o chão, evidentemente envergonhado por ter dito aquilo à Daesung

- Talvez outro dia - fitou Daesung - agora eu prefiro comer pizza

 Dizendo realmente a verdade, quando ace ouviu 26 dizer que gostaria de comer pizza, ele quis dizer que o amava mais do que qualquer coisa na vida, ele quis beijar 26 e queria abraça-lo. Mas ele se conteve, não apenas por medo, mas por saber que ele iria se machucar se ouvisse  resposta. Ele sabia a resposta que o esperava, ele repetia ela em sua mente sempre que um devaneio de se declarar o atingia "me desculpe Daesung, eu te amo, mas não dessa forma".

.
.
.
.

Definitivamente Jihoon queria comer pizza, ele comeu 6 pedaços, e ainda brigou com Daesung pelo último. Nessa noite não teve nada de choro, nem de gritos. Muito menos bebidas alcoólicas. E 26 não foi parar na cama de ace. Pelo contrário, os dois estavam no chão, encostados no sofá quando 26 começou a se sentir sonolento, deixando sua cabeça cair para trás no sofá.

Daesung não conseguia tirar os olhos de 26 enquanto ele dormia, nem por um momento. Ele o amava tanto, e se sentia feliz por amar Jihoon, mas no fundo, havia alguma tristeza em saber que ele não o amava, e pior, ele ainda mantinha sentimentos pela ex.

- Hoony.. acorda, temos que subir

- Huum...? - murmurou - cadê Woosoo e Heejae?

- Eles ainda não chegaram, mas devem ter dormido fora - olhou para a porta e ela continuava imóvel - não vou ficar esperando eles, tô cansado

Eles subiram para o quarto e Yiriuk se deitou em sua cama, Ji Hoon se virou de bruços e começou a sorrir e olhar Daesung, que estava entrando no banheiro - mas que porra é essa? - ace pensou, mas resolveu continuar calado e ir tomar seu banho.

- Você - 26 disse sorrindo - me chamou de "hoony"

- E o que é que tem? - Daesung sentiu o rosto queimar de vergonha

- Só minha mãe me chamava assim, e uma amiga que eu tive na infância - parou de sorrir e olhou para ace, que continuava na porta do banheiro - Eu acho fofo

- ata... - sorriu forçado, quando na verdade ele realmente queria ter enfiado a sua cabeça em um grande buraco, ele havia chamado 26 por um apelido muito idiota, e fofo.
 
.
.
.
.


A água caía no corpo de Daesung e ele pensava sobre tudo o que estava acontecendo desde a noite da boate, não era possível Kim Daesung estar tão envolvido com uma pessoa que não dava a mínima para ele. - Ok - pensou -eu apenas não vou cair no joguinho dele
 
Era tarde para evitar cair no jogo de Kim Ji Hoon, por mais que 26 não quisesse usar Daesung, era o que ele estava fazendo ao decidir "dar uma chance" a ele. Dar uma chance a alguém que você não ama, é como dar um passe livre para a pessoa sofrer.

Kim Ji Hoon fingia que não sabia, mas ele havia passado pela mesma coisa.







Notas Finais


Desculpem pelo capítulo pequeno, eu irei atualizar outro maior amanhã, já está pronto mas eu ainda não editei. Até amanhã ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...