1. Spirit Fanfics >
  2. You’re not my enemy- (Draco Malfoy) >
  3. Right person at the wrong time

História You’re not my enemy- (Draco Malfoy) - Capítulo 103


Escrita por: bluemalfoyy

Notas do Autor


Capítulo bônus do dia❤️

Capítulo 103 - Right person at the wrong time


Fanfic / Fanfiction You’re not my enemy- (Draco Malfoy) - Capítulo 103 - Right person at the wrong time

Anteriormente em you’re not my enemy....

 

Assim que nos separamos eu olho para onde Malfoy estava e ele não estava mais lá, parece ter ido embora depois que viu o beijo...

 

— VAMOS FESTEJAAAAAR- Ron fala e logo eu volto a sorrir

 

Finalmente as coisas estavam voltando aos eixos

A única coisa que era impossível a magia fazer voltar ao normal era eu...

 

E o Draco Malfoy...

 

Nesse capítulo...

 

Todos estavam muito felizes pela volta do Fred e claro que estavam me agradecendo horrores por conseguir trazer ele de volta, hoje não podia ser um dia mais feliz....mas faltava alguma coisa

 

É...realmente eu mudei, a Riddle de antes com certeza estaria cagando para o Malfoy mas...eu não consigo mais, passamos por tantas coisas, não tinha como simplesmente apagar ele da minha vida

 

— Terra chamando Riddle- Ginny fala me olhando e eu volto a olhar para ela- No que tanto pensa?- Ginny pergunta se sentando ao meu lado

 

— Draco Malfoy é claro...-Digo olhando em seus olhos e logo solto um riso olhando pras minhas mãos juntas- Eu e o Malfoy nunca vamos nos separar cem porcento sabe? Quando se cria uma história com alguém, é difícil de apagar, é como um casal que tem um filho e se separa depois....o filho sempre vai ser o significado de que aquele relacionamento um dia existiu, no meu caso e do Malfoy esse significado não é visível para todos....só nós dois- Falo e logo olho para a Ginny

 

— E porque não vai falar com ele?- Ginny fala olhando em meus olhos

 

— Somos tóxicos um pro outro, demorei a perceber isso, mas somos tóxicos, nosso relacionamento era completamente tóxico com traições, mentiras, manipulações....fazíamos mau um para o outro, e eu amo o Malfoy por isso quero que ele seja feliz e ao meu lado ele não vai ser- Digo olhando nos olhos dela e ela logo segura minha mão me olhando

 

— Sei que sou mais nova que você S/n, mas...você tem a vida inteira para ter o Malfoy pra você, você ainda é uma adolescente, não sofra pelo o que aconteceu, o importante é crescer e amadurecer- Ginny fala e eu assinto 

 

— Eu amo o Malfoy, mas acho que separados vamos ser mais felizes, não acha?- Pergunto olhando para ela

 

— Isso ninguém sabe Riddle- Ginny fala voltando para a festa e eu logo me levanto saindo da comunal indo em direção ao dormitório do Draco, precisava conversar com ele

 

Ao chegar e abrir a porta vejo que ele estava com a companhia da Astoria, se é que me entendem....fico surpresa ao ver eles dois juntos mas não sinto um enorme ciúmes 

 

— Ri-Riddle....oi- Astoria fala deixando de beijar o Malfoy e eu logo sorrio fraco

 

— Desculpa atrapalhar, eu só queria conversar um pouco com o Malfoy, posso?- Pergunto olhando para ela que logo sai do dormitório e eu logo olho para ele- Malfoy...o que realmente aconteceu pra você querer terminar comigo?- Pergunto olhando nos olhos dele me sentando ao seu lado

 

— Riddle....isso é complicado- Malfoy fala olhando pra baixo e eu logo pego seu rosto fazendo ele olhar pra mim

 

— Acho que passamos por coisas mais complicadas não acha?- Pergunto olhando em seus olhos- Malfoy....quer dizer...Draco eu to aqui porque me importo com você, você é minha família, podemos não estar mais juntos mas somos uma família e amigos...e eu quero esclarecer tudo- Falo olhando em seus olhos e o maior logo suspira me olhando

 

— Lucius....ele tinha novos planos com os comensais e...não queria que você se envolvesse, quanto mais longe você ficasse, melhor seria, e então ele mandou eu terminar com você...ele não queria mais que a gente namorasse- Malfoy fala e eu logo suspiro olhando em seus olhos

 

— Então terminou comigo porque seu pai mandou?- Pergunto olhando em seus olhos- Porque não me contou? Poderíamos ter fingido que estávamos separados....-Digo olhando para o maior

 

— Não dava Riddle, meu pai disse que se eu desobedecesse ele, ele iria te machucar e eu não queria isso, então pedi ajuda da Pansy pra....fazer você me odiar- Malfoy fala olhando em meus olhos e eu logo suspiro 

 

— E funcionou, eu realmente te odiei por um tempo....mas agora eu não consigo mais- Digo olhando em seus olhos

 

— O que você fez hoje foi incrível S/n eu to realmente muito orgulhoso de você, a primeira bruxa da história ressuscitou uma pessoa- Malfoy fala sorrindo e eu logo sorrio assentindo

 

— Foi muito difícil mas eu consegui....-Digo olhando em seus olhos

 

— O que vai ser da gente agora?- Malfoy pergunta olhando em meus olhos e eu logo suspiro

 

—Primos e.....amigos eu acho- Digo olhando em seus olhos e o maior logo assente

 

— Primos e amigos então- Malfoy fala estendendo a mão e eu logo aperto sua mão e o maior me puxa pra um abraço e eu retribuo o abraço sentindo seu perfume que eu era completamente apaixonada- Você está realmente muito linda hoje- Malfoy fala se separando do abraço e eu logo sorrio

 

— Obrigada- Digo olhando em seus olhos

 

— Melhor voltar pra festa, Fred deve estar te procurando- Malfoy fala e eu logo assinto me levantando

 

— Obrigada por me contar a verdade Draco- Digo me abaixando depositando um beijo em sua bochecha e logo saio do dormitório dele, assim que eu fecho a porta eu sinto meu coração completamente despedaçado

 

Mas era o melhor pra gente agora....é o que dizem....se a gente ama alguém a gente quer que ela se ja feliz, e o Malfoy não ia ser feliz comigo...

 

POV’S DRACO MALFOY

 

— Que merda é essa?- Riddle pergunta ao entrar no banheiro e eu logo suspiro saindo do box com Pansy, nós dois nos enrolamos na toalha e logo saimos olhando para a Riddle

 

— Ah por favor Riddle, não comece com seus dramas- Falo tranquilo olhando para a menor que parecia querer me matar

 

— Drama? Drama? Eu...eu saio de Hogwarts no dia do baile você vai pra sua casa, ai eu volto e você está tomando banho com a Pansy?- Riddle pergunta incrédula e eu logo solto um riso debochado olhando para a menor

 

— Acho que já ta na hora da Riddle saber a verdade Draquinho- Pansy fala e eu logo sorrio

Olhando pra a Pansy

 

— Que verdade é essa?- Riddle pergunta sem entender nada e eu estava com um sorriso sínico no rosto, eu parecia estar adorando o que estava acontecendo mas estava odiando...

 

— O Malfoy só se interessou por você porque eu apostei com ele que ele conseguia ganhar do Cedric e fazer você se apaixonar por ele- Pansy fala e eu pude sentir a dor da Riddle ao escutar essas palavras, mas eu tinha que continuar no personagem então eu apenas fingi surpresa 

 

— Eu fui....uma aposta?- Riddle pergunta e eu sorrio olhando para ela 

 

— Foi Riddle, ou você acha que eu Draco Malfoy iria me apaixonar pela minha prima? É sério?- Falo ficando sério olhando para ela -Toda hora que eu tentava terminar com você, você não deixava e pedia mais uma chance, você é completamente insuportável Riddle, não sei como eu te aguentei por dois anos- Falo e Riddle não falava nada apenas escutava...e isso estava sendo um milagre- Sabe porque eu não me importava de você ficar com outros caras? Porque enquanto você achava que me traia com eles eu estava ficando com a Pansy na sua cara e você nem percebia, ou até mesmo com a Emma- Falo sorrindo debochado olhando para ela

 

— Você me pediu pra eu me lembrar de você Malfoy, e quando eu finalmente me lembro de tudo que a gente passou junto você me diz que é uma mentira?- Ela fala olhando em meus olhos e eu assinto 

 

— Eu te manipulei Riddle- Falo rindo me aproximando dela- Ver você sofrendo pra lembrar de mim completamente dependente de mim...ah....isso era tão prazeroso que eu nem sei explicar, e sabe porque eu continuei com você mesmo já não aguentando mais olhar pra sua cara?- falo olhando nos olhos dela - Porque você transava muito bem- Falo e logo eu e Pansy começamos a rir da cara dela - Me desculpa Riddle, mas você não passou de um passatempo pra mim, e sabe foi até bom você descobrir assim, porque agora eu finalmente me livrei de você- Falo olhando nos olhos da menor a minha frente 

 

— E pensar que eu te defendia pro Sirius, eu te defendia pra todo mundo, você era minha família Malfoy, eu...eu te amava seu idiota de merda, você acha que é quem pra me tratar feito lixo? Você é a pessoa mais desprezível que eu já vi em toda minha vida, sem contar que você é um puta de um covarde que depende do seu papai pra tudo, você acha que é o melhor em tudo só porque tem dinheiro, mas você não passa de um pau no cu é isso que você é Draco você não passa de uma pessoa completamente repugnante , eu tenho nojo de você- Quando Riddle fala do meu pai e que eu era uma criança eu na mesma hora fico sério olhando para ela e eu estava muito bravo 

 

— Sai daqui agora Riddle- Falo e assim que a Riddle sai e fecha a porta eu suspiro aliviado que tudo isso tinha acabado

 

— Você foi bem...ela te odeia agora- Pansy fala me olhando e eu assinto

 

— É...ela me odeia agora- Digo logo indo pro meu guarda-roupa me vestir finalmente e assim que eu me visto eu me jogo na minha cama olhando para o teto

 

Isso era pra proteção dela...mesmo eu me achando um completo covarde...

 

[...]

 

Nos outros dias em Hogwarts Riddle estava se pagando de superada e eu de que não ligava nenhum pouco pra ela, mas sim, eu ligava, e muito...

 

Eu era perdidamente apaixonado na Riddle, ela era a mulher perfeita pra mim mas....pessoa certa na hora errada

 

Eu tentava manter minha pose chamando ela de ridícula e vários outros insultos mas eu não conseguia manter a pose por muito tempo então eu saia de perto sempre, eu estava sofrendo ao ver ela com a Astoria jamais imaginei isso...

 

[...]

 

Hoje era o primeiro dia do feriado na casa dos meus pais e eu não estava nenhum pouco animado em passar quatro dias com ele, Lucius Malfoy

 

Ao chegar Dobby me recepciona e eu logo vejo minha mãe vir ao meu encontro

 

— Que bom te ver filho- Minha mãe fala me abraçando e eu logo retribuo seu abraço- Fez bem em obedecer seu pai Draco, sei que te machuca mas família em primeiro lugar- Narcisa fala e eu assinto olhando para ela

 

A mansão dos Malfoy era linda, mas por dentro não tinha beleza nenhuma, só pessoas amargas e infelicidade, era isso que tinha na minha casa, aprendam uma coisa, não adianta ter dinheiro e não tem amor e carinho...

 

[...]

 

Na manhã seguinte eu me levanto após Dobby avisar que o Almoço estava pronto e logo vou em direção a sala de jantar me sentando se frente para meus pais começando a comer...

 

— Fez o que eu pedi Draco?- Lucius fala sem olhar para mim e eu logo assinto

 

— O que você acha? Fui obrigado- Digo e logo ouço ele soltar com tudo os talheres fazendo bater no prato

 

— Estou cansado dessas suas grosserias Draco Malfoy- Lucius fala me olhando e eu logo olho para ele

 

— E eu estou cansado de viver nessa família de merda, ou você acha que eu sou feliz?- Digo olhando em seus olhos e o maior logo levanta vindo em minha direção e me da um soco no rosto

 

— LUCIUS- Narcisa fala e eu logo sinto sangue escorrer do meu nariz e eu logo me levanto olhando para ele

 

— Seu menino incompetente - Lucius fala

 

— Bater em mim não vai mudar a realidade do fato de que você é um merda como pai- Falo e antes dele me bater de novo eu saio da casa indo esfriar a cabeça, normalmente quem me consolava era sempre a Riddle, mas ela não estava comigo...

 

Vou em direção ao primeiro bar que eu encontro e lá eu começo a afogar minhas mágoas na única coisa que estava disponível pra mim no momento....

 

Álcool...

 

[...]

 

Riddle estava toda contente quando eu cheguei na festa na sala comunal da Grifinoria, sem contar que ela estava incrívelmente linda naquele vestido...sem contar seus lábios vermelhos que eu adoraria beijar naquele momento

 

— Então, eu mandei a carta, precisava que vocês viessem aqui pois tenho uma notícia muito muito boa pra dar a todos vocês, e aposto que muitos aqui irão adorar o que está por vir-  Riddle fala desfazendo o feitiço mostrando finalmente a festa- Como muitos sabem eu sou a nova herdeira da pedra da Ressurreição, e já fazem dois meses que eu venho estudando sobre como trazer pessoas de volta a vida, e eu não consegui, sou muito poderosa mas meus poderes ainda não são o suficiente- Riddle

Fala e eu franzo o cenho olhando pra ela 

 

— Então porque a festa Riddle?- Pergunto olhando para ela sem entender nada

 

— Porque eu não tive sucesso com a volta dos mortos, a única coisa que eu consegui foi- Riddle então aparata Fred para a sala comunal e eu fico completamente em choque ao ver que ela tinha conseguido - Trazer esse ruivo de volta a vida- Todos vibram com a volta do Fred e eu estava muito orgulhoso da minha Riddle....quer dizer....Riddle...

 

— AI MEU SANTO MERLIN- Molly fala tremendo de tão feliz que ela tinha ficado ao ver o Filho, e logo todos os Weasley correm pra abraçar o Fred

 

— Agradeçam a Riddle- Fred fala apontando pra Riddle e eu sorrio olhando para ela 

 

— VIVA A RIDDLE- Hermione grita 

 

— Riddle é incrivelmente perfeita não?- Fred fala indo pra perto da Riddle logo puxando a Riddle pela cintura a beijando, quando vi tal cena eu enguli seco e sai andando para o meu dormitório, eu não estava nada feliz em ver aquela cena

 

— OOOOOOOOOOOOOU- escuto George gritando e logo todos os alunos gritam também por causa do beijo

 

[...]

 

[ O DIÁLOGO FOI CORTADO]

 

 

— O que você fez hoje foi incrível S/n eu to realmente muito orgulhoso de você, a primeira bruxa da história ressuscitou uma pessoa- Falo olhando nos olhos da Riddle e eu não conseguia parar de olhar para ela, ela estava incrívelmente linda 

 

— Foi muito difícil mas eu consegui....-Riddle fala 

 

— O que vai ser da gente agora?- Finalmente pergunto o que eu sempre quis perguntar desde que a gente terminou 

 

—Primos e.....amigos eu acho- Riddle fala e aquilo foi uma facada no meu peito mas ela estava certa...era melhor assim por enquanto...

 

— Primos e amigos então- falo estendendo a mão para a menor e assim que ela aperta eu a puxo para um abraço- Você está realmente muito linda hoje- Digo me separando do abraço olhando em seus olhos

 

— Obrigada- Ela fala

 

— Melhor voltar pra festa, Fred deve estar te procurando- Falo olhando em seus olhos

 

— Obrigada por me contar a verdade Draco- ela fala logo saindo do dormitório e eu logo respiro fundo olhando para o teto

 

Pessoa certa....na hora errada....

 

[...]

 

Continua....


Notas Finais


Não tenho nem o que dizer....

Até o próximo capítulo ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...