História Yu-Gi-Oh GX: Your Love - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Yu-Gi-Oh!
Visualizações 15
Palavras 1.411
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


BOA LEITURA 💞

Capítulo 3 - O movimento da escuridão ( parte 1)


Ele caminhou calmamente pelos corredores, vestindo um manto preto que cobria o seu corpo. O seu cabelo escuro como a noite, que emoldurava seu rosto pálido, e seus olhos azuis estavam escondidos por sua franja. Ao chegar á sala  ele parou, um pouco exitante bateu á porta.

???: Posso entrar mestre?

???: Sim, Qual é o assunto?

???: Mestre... Infelizmente os meus dois primeiros soldados foram derrotados por ela. E continuei a enviar mais, mas... Continuam a serem derrotados um a pós o outro. Sinceramente peço desculpa por ter falhado.

???: Não á necessidade de pedir desculpa Shadow.

Shadow: Mas mestre...

???: E não quero que me chame mestre, já falamos sobre isso. Me chame corretamente.

Shadow: Sim Professor. Mas como eu estava a dizer cada soldado foi derrotado um a pós o outro e...

Professor: Como já disse, não á necessidade de pedir desculpa, isso não vai mudar nada. Além disso... Esse resultado já era de esperar, tudo está a ir como eu imaginei.

Shadow: Do que está falando? 

Professor: Resumindo está tudo a ir com o meu plano. Era óbvio que os seus soldados iriam perder.

Shadow: Se o Professor sabia disso, porque é que me mandou enviar soldados atrás dela?

Professor: Isso tudo foi só um estudo.

Shadow: Estudo?

Professor: Enquanto os seus soldados duelavam contra ela eu pude ver muita coisa.

Shadow: Está a dizer que esteve a assistir este tempo todo os duelos?!

Professor: Sim, e agora eu tenho mesmo tudo o que preciso.

Shadow: Mas como a vamos colocar no nosso lado?

Professor: Isso agora é comigo.

Shadow: Não me diga que...

Professor: Sim, eu próprio vou cuidar do assunto.

Shadow: Então isto até agora foi uma espécie de estudo.

Professor: Sim, posso dizer que sim. E agora com a lição estudada não á como eu perder!

Shadow: Então farei os preparativos.

Professor: Conto contigo para isso.

Shadow: Sim professor! - então Shadow foi-se embora deixando o Professor sozinho na sala.

Professor: Tenjoin Asuka, prepare-se para o nosso encontro, Há há há!!

Com Asuka

Asuka não entendia nada do que estava a acontecer. Afinal de contas era muito estranho toda aquela situação, num momento ela estava calma e tranquila a passear pela  bela cidade de Veneza antes de voltar ao Japão e de repente apareceram dois tipos a dizer que ela tinha que ir com eles quer ela queria ou não e depois duelou contra eles e ela venceu. Mas depois disso como um deles tinha dito continuariam a aparecer mais para a capturar. E foi o que realmente aconteceu, continuaram a aparecer mais soldados do caos para a tentarem levar.

Asuka: Eu realmente não sei o que anda acontecer mas tenho a certeza de que não é coisa boa. - disse a garota para o seu irmão  falando pelo telefone explicando a ele tudo o que tinha acontecido.

Atticus: Realmente é muito estranho. Você está bem?

Asuka: Sim eu acho...

Atticus: Você acha? O que isso quer dizer?

Asuka: O que eu estou a dizer é que eu não sei mais durante quanto tempo isto irá continuar assim.

Atticus: Mas você andou a derrotar eles um a um certo?

Asuka: Sim até agora, mas se realmente estão planear capturar-me vão se chatear a qualquer momento.

Atticus: Chatear? Isso é bom quer dizer que irão desistir.

Asuka: Não muito pelo contrário... Irão enviar alguém bem mais forte. E eu não tenho a certeza se o irei conseguir derrotar.

Atticus: Mas você é minha irmãzinha, a rainha do obelisco azul nenhum desses caras a irá vencer.

Asuka: Atticus, eu já não sou mais a rainha do obelisco azul, nós já nos formamos da academia de duelos à dois anos.

Atticus: Desculpe, só estava recordar os bons velhos tempos de quando estávamos todos juntos com os nossos amigos a nos divertir e a derrotar os vilões.

Asuka: Os velhos tempos...

Atticus: Irmãzinha?

Asuka: Hã?! Desculpa estava só a pensar. Além disso infelizmente esses tempos já passaram e toda a gente seguiu em frente não podemos voltar atrás.

Atticus: Sim eu sei disso mas não faz mal recordar, além disso eu não tenho arrependimentos estou feliz e tranquilo, tirando agora, que sei que estão te tentando capturar.

Asuka: Arrependimentos...

Atticus: Oi? Ainda está aí? 

Asuka: Hã?! S-Sim ainda estou aqui, voltando ao que é importante. Temos que pensar em alguma coisa em relação a isto.

Atticus: Pois tens razão, eu acho que é melhor eu ir ter contigo para te ajudar. Não posso permitir que te façam mal.

Asuka: Obrigada Atticus, mas eu não quero que venhas ter comigo.

Atticus: O quê?! Então queres que eu faça o quê?

Asuka: Você está aí no Japão, certo?

Atticus: Sim, por isso é que te liguei para te dizer que nós vamos reunir na academia de duelos para reencontrar os nossos amigos. Fomos chamados pelo professor Crowler.

Asuka: Reencontrar?... Será que ele também... - mais uma vez a garota ficou perdida nos pensamentos.

Atticus: Asuka? Deixe-me adivinhar você está a pensar se o Judai também vai?

Asuka: O quê?! Q-QUE c-coisas bobas é que você está para aí dizendo.

Atticus: Irmãzinha?

Asuka: Sim?

Atticus: Você não me engana.

Asuka: ...

Atticus: Você tem mantido contacto com ele?

Asuka: Não... - disse a garota num tom triste.

Atticus: Não?! Porquê?

Asuka: Não sei, desde que nos formamos na academia de duelos nunca mais nos falamos.

Atticus: Que estranho eu e todo o mundo mantemos  contacto com ele.

Asuka: Eu mantive o contacto com toda a gente também menos com ele. Será que ele não quer falar comigo?

Atticus: Porque é que Judai não iria querer falar contigo? Não digas coisas bobas irmãzinha. 

Asuka: Mas...

Atticus: Nada de mas! Mas enfim voltando ao outro assunto o que é que queres que eu faça?

Asuka: Atticus, primeiro, eu não irei ao reencontro.

Atticus: Porquê?! Você ficaria mais segura aqui conosco.

Asuka: Se eu fize-se isso seria a mesma coisa que fujir.

Atticus: Então e se conseguirem pegar você?

Asuka: Se realmente me conseguirem pegar eu sei que vocês me irão conseguir salvar. Eu confio nos meus amigos.

Atticus: I-irmãzinha... Sniff sniff - o garoto começa a chorar de felicidade.

Asuka: P-Porque está a chorar?!

Atticus: E-eu...

Asuka: Atticus?

Atticus: Eu... Tenho tanto orgulho de você! Que palavras lindas e pensar que você me diria essas coisas.

Asuka: Espere! O que você quer dizer com isso?! - perguntou a garota com uma voz assustadora.

Atticus: N-nada, nossa... 

Asuka: Já que você vai se reunir com todo o mundo eu quero que conte aos professores o que se anda a passar.

Atticus: Sobre os soldados do caos?

Asuka: Sim, mas faz-me um favor. 

Atticus: Claro irmã, qual?

Asuka: Não conte nada a nenhum dos nossos amigos sobre este assunto.

Atticus: O quê? 

Asuka: Já que se vão encontrar depois de tanto tempo, eu não quero causar problemas. Eu não quero estragar a felicidade de se voltarem a ver.

Atticus: Mas e a aquela conversa de se captura-sem você, você confiaria nos seus amigos?

Asuka: Eu disse isso porque não vai demorar muito a descobrirem o que me irá ou o que me aconteceu.

Atticus: Irmãzinha...

Asuka: Mas enquanto conseguir, você não vai lhes contar nada sobre o que me aconteceu. Percebeu?

Atticus: Mas...

Asuka: Atticus, por favor...

Atticus: Ok, mas você acha mesmo que irão conseguir capturar você?

Asuka: Sim, é só uma questão de tempo, este inimigo é diferente do que já enfrentamos. Pelo menos eu tenho esse precentimento.

Atticus: Se isso acontecer, podes ter a certeza de que te iremos salvar.

Asuka: Sim eu sei, obrigada. Adeus tenho que ir.

Atticus: Asuka?

Asuka: Sim?

Atticus: Tome cuidado.

Asuka: Sim, eu tomarei cuidado. Adeus.

Atticus: Adeus. 

Asuka: E agora... Tenho que ir. - disse ela depois de desligar a chamada.

 A noite já tinha caído mais uma vez. Asuka ficou de costas para a janela de seus aposentos temporários, com um bilhete na mão. Um que havia escorregado sob a fresta da porta apenas alguns minutos antes de ela falar com o seu irmão.

Bilhete:

Esta noite, às 12 horas. Eu estarei esperando você na praça.

 O bilhete era curto e sem assinatura, e Asuka não sabia de quem era. Mas sabia que tinha relação com esta história toda dos soldados do caos. E ela estava mais do que disposta a aceitar o desafio, apesar de saber do que poderia ou iria acontecer. Mas nada disso iria detê-la. Ela colocou o bilhete na mesa de cabeceira e prendeu o disco de duelo ao braço. Indo para o lugar que dizia no bilhete.

Já na praça

???: Então você veio.

Asuka: Claro! Quem é você?

???: Logo, logo você saberá.











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...