História Yugioh! Scray Duel - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Yu-Gi-Oh!
Tags Yu-gi-oh!
Visualizações 21
Palavras 1.734
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem pessoal, espero que estejam curtindo.

Capítulo 2 - Perseguição.


Fanfic / Fanfiction Yugioh! Scray Duel - Capítulo 2 - Perseguição.


Um homem montado numa moto vermelha, usando capacete e uma roupa marrom estava parado na beira de uma avenida pouco movimentada, o barulho alto das sirenes o fez virar o rosto a esquerda, na direção da cidade iluminada, sentindo uma vibração, puxou o celular do bolso e tocou na tela, nela, uma mensagem aparecia : “ Seu alvo está fazendo mais bagunça que deveria. “, balançando negativamente a cabeça, ligou a moto e partiu em disparada.

Justin pilotava perigosamente pelas ruas de Los Angeles, se esquivando de carro e fazendo curvas fechadas a uma alta velocidade, mesmo com a garota logo atrás, agarradas nele com todas as forças para não cair, as viaturas se esforçavam pra tentar manter-se no encalço, mas estava difícil.

- Justin : Tá curtindo o passeio? – Ele gritou pra garota ouvir, ela não respondeu por esta tremendo.

- Pare agora! Em nome da ordem pública! – A voz eletrônica ecoou pela viatura, várias delas estavam atrás da motocicleta, o jovem sorria mais ainda, virando bruscamente a esquerda, entrou na ponte para o viaduto enquanto diversas viaturas passavam direto, ele deu uma risada alta, realmente se divertindo, ao chegar na avenida do viaduto, percebeu que estava na contra mão, desviando habilmente dos carros que buzinavam a frente com seus faróis acessos, olhando pro lado, percebeu uma moto vermelha que piscava o farol, o acompanhando na mesma velocidade.

- Justin : Parece que tem um maluco me desafiando, vamos lá então! – Ele também piscou o farol da moto, então, ambos apertaram um botão que liberaram um pulso de luz que o envolveu, enquanto um disco de duelo saia de um compartimento da moto vermelha, Justin colocava a mão sobre o tanque, ela entrou em combustão com uma chama azulada, que se moldou acima dele formando um disco de duelo.

- Speed Duelo! – Eles falaram ao mesmo tempo, a essa altura, as viaturas novamente já estavam no encalço dele, com o apoio de um helicóptero que iluminava os dois pilotos, Justin, com uma manobra, deu um salto sobre a mureta de proteção entre as duas mãos, caindo um pouco a frente do outro.

- ??? : Eu começo! – O motoqueiro falou pelo interfone na moto de Justin. – Normal chamo The Six Samurai – Irou! – Um homem usando uma espécie de roupão negro com ombreiras negras e segurando um longo bastão negro surgiu.

The Six Samurai – Irou ( Warrior, Dark, nível 4, ATK 1700/ Def 1200 )

- ??? : Coloco duas viradas e encerro minha vez. – Duas cartas na vertical apareceram, uma em cada lado da moto, enquanto o homem voava acompanhando a moto vermelha.

- Justin : Faz um bom tempo que não tenho um bom Speed Duelo, espero que você valha a pena, porque estou meio ocupado, eu puxo! Normal chamo Elemental Hero Sparkman! – Um homem usando um traje azul escuro e uma espécie de peitoral cibernético surgiu, ele usava uma espécie de visor em forma de losango em fume.

- Elemental Hero Sparkman ( Warrior, Light, nível 4, ATK 1600/ Def 1400 )

- Justin : Equipo ele com a Spark Blaster! – Uma arma com fios apareceu na mão do homem. - Ela se equipa somente ao Sparkman, e pelo seu efeito, posso mudar a posição de batalha de um monstro virado para cima, passo seu Irou para modo de defesa! – Ele disparou uma rajada de estática escura contra o samurai que se abaixou um pouco colocando os braços cruzados pra frente. – Batalha, Sparkman ataque o Irou! – O homem disparou outra rajada de estática escura no samurai que o destruiu. – Coloco uma virada e encerro minha vez.

- ??? : Muito bem, eu puxo, normal chamo The Six Samurai – Nisashi! – Um samurai de armadura esverdeada surgiu segurando duas katanas verdes reluzentes.

- The Six Samurai – Nisashi ( Warrior, Wind, Nível 4, ATK 1400/ Def 700 )

- ??? : Ativo minha armadilha, Return of the Six Samurai, ela me permite especial chamar um Six Samurai do cemitério ao campo, apareça Irou! – O samurai negro reapareceu. – Batalha! Irou ataque o Sparkman! – O samurai golpeou o herói com o bastão negro, o fazendo explodir.

- Justin : 3900/ ??? : 4000.

- Justin : Ativo minha armadilha, Signal Hero! Quando um monstro em meu campo e destruido em batalha e enviado ao cemitério, posso especial chamar um Elemental Hero de nível 4 ou menor do deck ao campo, apareça em modo de defesa, Elemental Hero Clayman! – Um grande herói de corpo de argila negra surgiu, ele só tinha uma espécie de capacete esférico vermelho.

- Elemental Hero Clayman ( Warrior, Earth, nível 4, ATK 800/ Def 2000 )

- ??? : Boa jogada, encerro minha vez, no final do turno, o Irou e destruiu pelo efeito da minha armadilha, sua vez. – O samurai desapareceu.

- Justin : Não preciso de seus elogios, eu puxo!

O que está acontecendo aí! Respondam! – Uma voz furiosa falou no rádio da viatura, os policiais se entreolharam. – Um Speed Duelo senhor, não temos como para-los, os sistemas para travar as motos em duelos ilegais não está respondendo nelas.

- Justin : Vamos ver o que você faz contra isso, tributo o Clayman para invocar esse monstro! – O herói de argila brilhou e sumiu. – Tribute Summon! Apareça Evil Hero Malicious Edge! – Um herói negro com aros de ferro em torno de seus membros e corpo surgiu afiando suas garras umas nas outras e abrindo uma espécie de par de asas que pareciam lâminas.

- Evil Hero Malicious Edge ( Fiend, Earth, nível 7, Atk 2600/ Def 1800 )

- ??? : Ele é nível 7, como usou somente um tributo?

- Justin : Que bom que perguntou, quando meu oponente controla monstros, posso usar somente um monstro de tributo, agora, Malicious ataque o Nisashi! – O herói disparou várias lâminas contra o samurai que explodiu.

- ??? : Eu ativo minha armadilha continua, Desperate Tag, quando um Warrior e destruido e em batalha, posso reduzir o prejuízo de batalha a zero e após especial chamar um Warrior de nível 4 ou menor da mão, apareça The Six Samurai – Yariza! – Um samurai usando um traze amarronzado cobrindo todo o rosto surgiu girando uma katana reluzante presa a uma cabo ligado à suas costas.

- The Six Samurai – Yariza ( Warrior, Earth, nível 3, Atk 1000/ Def 1000 )

- Justin : Que bom que esta aguentando, coloco uma virada e encerro. – O viaduto acabavam e entrávamos na cidade novamente, o motoqueiro acelerou entrando por umas ruas estreitas, Justin o seguia firmemente, a garota estava acompanhando tudo de camarote.

- ??? : Já estamos chegando.

- Justin : Como assim?

- ??? : Relaxa, vai entender, eu puxo! Removendo dois Six Samurais do cemitério, posso especial chamar o Enishi, Shien’s Chancellor! – Um velho samurai usando um manto desgastado e uma longa katana surgiu.

- Enishi, Shien’s Chancellor ( Warrior, Light, nível 6, Atk 2200/ Def 1200 )

- ??? : Ativo o efeito do Enishi, uma vez por turno, posso destruir um monstro virado para cima, acabe com o Malicious Edge! – O samurai saltou sobre o herói e o perfurou com a katana, o destruindo. – No turno que ele ativo o efeito não pode atacar, mas esse pode, ataque ele Yariza! – O outro samurai girou o cabo e lançou a katana na direção de Justin, que a golpeou com a mão, de repente, uma forte nuvem de fumaça subiu em torno deles até uma grande altura no meio de um beco, o helicóptero subiu um pouco mais pra não ficar dentro e bater em algo, as viaturas frearam bruscamente pra não baterem também, depois de um tempo, a fumaça de dissipou, e os motoqueiros haviam sumido.

A algumas quadras dali, o barulho das sirenes e do helicóptero ainda eram ouvidos, os dois motociclistas paravam próximo a um prédio de dois andares meio velho, todos desceram das motos e ficaram em silêncio.

- Justin : E aí, vai falar por que nos ajudou? – Ele perguntou enfim.

- ??? : Porque queremos falar com você, na verdade, o meu chefe quer.

- Justin : Quem é seu chefe?

- ??? : Alguém muito importante, que quer muito te conhecer pessoalmente. – Ele se encostou na moto e tirou o capacete, mostrando o cabelo curto castanho e os olhos azuis.- Estamos observando você a um bom tempo, desde o incidente até hoje. – Ele o encarou.

- Justin : Quer dizer que eu era monitorado? Bem, isso não é uma surpresa, faço tanta coisa contra as leis que perdi a conta.

- ??? : E faz mesmo, mas agora decidiu fazer algo bom, salvou a filha do governador da Califórnia, Helena Singer.

- Helena : Que bom que me reconheceu, diferente dele.

- Justin : Eu não tenho motivos pra conhecer você, além do mais, não salvei ela, ela pulou na minha moto, sem falar que se a Seita ficasse com ela, iriam ser mais perigosos. – O outro suspirou.

- ??? : A Seita vem sendo um certo perigo recentemente, esta mexendo com cosias poderosas, e acabou criando algo que não podem controlar.

- Justin : Olha, eu tenho mais o que fazer, se quiser, pode levar a garota para o pai novamente, eu vou acabar com todos eles.

- ??? : Você precisa de ajuda, a esse ponto, eles não estão mais onde estavam com a garota, se foram, você levou semanas pra descobrir e perdeu sua chance. – Justin se virou furioso e o puxou pela gola da camisa.

- Justin : Se me conhece bem, deveria não me provocar.

- ??? : Eu sei, mas também estava investigando eles, e descobri algo muito maior do que eles queriam hoje. – Justin o soltou. – Eles planejam trazer a tona outro demônio de nível 2, não vão se intimidar se tem a garota ou não.

- Justin : Você conhece até os níveis dos demônios?

- ??? : Eu disse que estava investigando eles também, eu tenho um trato, eu te ajudo com isso, a resolver seu problema com a Seita, e em troca, você vem dar uma palavrinha com meu chefe, fechado? – Ele estendeu a mão, Justin ficou em silêncio. – Sei que não quer ajuda, mas agora é sua melhor chance. – Ele respirou fundo e apertou a mão dele.

- Justin : Tudo bem, você me convenceu, espero que seu chefe também tem já um bom assunto a tratar comigo.

 - ??? : Não se preocupe, ele tem.


Notas Finais


E isso, dúvidas e sugestões, falem nos comentários.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...