História Yui e os 6 irmãos Sakamaki - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Tags Ayato, Ayayui, Diaboliklovers, Diaboliklovershentai, Ecchi, Kanato, Sakamaki, Shu, Subaru, Yuito
Visualizações 32
Palavras 788
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem ^-^

Por favor para eu continuar, comentem e favoritem a história.

Capítulo 6 - Ciúmes


- Tudo bem, amor? - Laito sorri e coloca seu braço atrás de mim.
- E-Eh sim, Laito - eu sorrio nervosamente pela situação.
      Todos os Irmãos encaram a mim e a Laito mas em seguida param, Ayato me flerta na limusine até chegarmos na escola.
- Yui, você irá com Ayato e Kanato, eles são da sua classe - Reiji me informa.
- Ah, tudo bem, ok - sorrio mas incomodada.
- Tudo bem pra você, amor? - Laito se mostra preocupado mas tenta disfarçar.
- Tudo sim, vá com os outros, até mais tarde - o abraço e saio com Kanato e Ayato.
         Ayato continua a me flertar no caminho para a sala de aula, Kanato percebe e vai há frente para deixar eu e Ayato sozinhos.
- O que aconteceu Yui? Laito? Sério? - ele está aborrecido.
- Laito, se importou comigo, mesmo após nós...Éh... - eu não termino a frase.
- Vocês...Tranzaram? - agora é uma mistura de raiva, decepção e tristeza.
           Eu concordo com a cabeça. Ayato abaixa a cabeça e sai, eu o sigo.
- Ayato, mesmo depois de tranzarmos Laito me procurou, ele se importou, já você... - percebo que me intristeço com minhas próprias palavras.
- ACHA QUE EU NÃO ME IMPORTO, YUI? - a raiva e o ódio são visíveis - Eu me importo demais, só que eu não sou o Laito, não sou um romântico excessivo...Eu gosto de você... mas já que você já fez sua escolha, fique com Laito ele é bom - Ayato sai e eu o deixo ir.
- (O que eu estou fazendo?) - penso comigo mesma.
          Após as aulas, vou para o terraço da escola ver o luar e Laito está lá. O espio por alguns instantes.
- Será que eu a amo? -diz Laito olhando para a lua.
- (De quem eles está falando? De mim) - penso.
        Deixo Laito e vou para a limosine, minutos depois ele retorna a limosine para irmos para a mansão. Ele entra em silêncio. Eu chegarmos a mansão Laito, sai da limosine e vai para o lago próximo a mansão, tento acompanha-lo mais percebo que ele prefire ficar sozinho. Me direciono ao meu quarto mais logo Nutsu, o mordomo vem me chamar para o jantar. Ao descer percebo o quão silenciosos os irmãos Sakamaki são, Laito não está a mesa e issi encomoda Reiji, ele odeia má educação. Ao terminar o jantar em silencio vou para o jardim de flores no pátio da mansão e encontro Subaru lá.
- Oi, Subaru - falo mais não obitenho resposta então decido deixá- lo só.
- Não!...Fica...- pede Subaru.
- Ahm...Ok. - digo em resposta - Subaru está tudo bem? - pergunto.
- Você sabia que deis de que você chegou todos nós brigamos para saber quem fica com você? - ele diz.
- Q-Quê? POR MIM? - fico impressionada mas não consigo acreditar.
- É Yui, você tem mesmo algo especial, e isso me deixa louco - Subaru se aproxima.
- Subaru? O que você está tentando fazer? - ele não me responde - É melhor eu ir...- digo nervosa e tento sair mas Subaru me agarra pelo braço.
- Eu disse para não ir! - Subaru me pega pela cintura e morde meu pescoço.
- Me soltaaaa, ME SOLTA AGORA! - grito e me debato mas isso só faz a mordida de Subaru doer mais, aos poucos perco a conciência mas Subaru para e me deixa ir.
         Caminho sem forças e sem equilíbrio para andar em linha reta até a escada da mansão, caio sem forças mas Shu me salva.
- Yui? Tá tudo bem? - essas são as últimas palavras que escuto antes de adormecer.
           Acordo em um quarto diferente do meu, ele tem uma decoração clássica com um certo toque moderno e bem masculino, escuto alguém sair do banheiro, é Shu e ele está nú.
- Meu Deus, desculpa Shu - coloco o lençol sob me rosto mas Shu o tira.
- Tudo bem, é só um corpo - Shu fala tranquilamente enquanto eu fico vermelha.
- C-Como eu vim parar aqui? - ainda o observo nú em minha frente.
- Subaru abusou do seu sangue, você quase caiu, mas eu te salvei - ele dá um sorriso estôntiante.
- É...bom, acho melhor eu ir para o meu quarto e deixar você se trocar - tento descer da cama mas continuo fraca.
- Espera, vou me trocar e te carrego até o seu quarto - ele diz prontamente.
- Bom...tudo bem para mim - continuo vermelha pela sua nudez, ele é lindo.
Após se trocar, Shu, me coloca nos braços e me carrega até meu quarto ao chegar lá Laito está a minha espera e...
 


Notas Finais


Eitaaaa pega fogo cabarééé... kskskskssksk

Ayato, Laito ou Shu, em?

Comentem e favoritem a história para não perderem nadinhaaa, todo dia tem continuação!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...