1. Spirit Fanfics >
  2. Z Invasion >
  3. One

História Z Invasion - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olha eu aqui outra vez hihihi

📖Boa leitura📖

⚠Pode conter erros ortográficos⚠

Capítulo 1 - One


Seoul, South Korea October 20, 2024
01:20AM

Yun Hee olhou o quarto todinho antes de fechar a porta, havia acabado de fazer Yugyeom dormir que cambaleava de sono já ela não tinha um resquício de sono. Foi direto para a sala encontrando Se-Yeon - sua irmã mais velha - esparramada no sofá. Teria achado graça se sua atenção não tivesse sido dirigida ao noticiário na tevê.

Repórter: As únicas cidades não afetadas são Busan e Seul, as pessoas rezam pra que não chegue a Busan e...

A câmera caiu e só se pode ouvir os gritos das pessoas. Yun Hee desviou o olhar para a varanda, seu corpo tremia a doença chegou em Busan era questão de horas para chegar em Seul. Se-Yeon levantou e tocou o ombro da mais nova.

ㅡ Sei no que está pensando. Mais nada ira acontecer, tenho certeza que tomaram medidas antes disto chegar aqui. ㅡ Se-Yeon falou e logo deu um sorriso 

ㅡ E, você tem razão, tudo vai ficar bem! ㅡ Yun Hee falou mais calma e logo sorriu sem mostras os dentes

Yun Hee não poderia estar mais enganada.

10:03AM

ㅡ Vamos Yun Hee! ㅡ Era a sexta vez que Se-Yeon chamava a irmã

ㅡ Calma, Yugyeom não para quieto e não deixa eu botar o tênis! ㅡ Yun Hee respondeu alto o suficiente para a irmã ouvi lá da sala 

Depois de alguns minutos Yun Hee apareceu na sala com Yugyeom que sorria sapeca. Se-Yeon o pegou no colo.

ㅡ Você estava dando trabalho para a sua mamãe? ㅡ Se-Yeon perguntou num tom brincalhão semicerrando os olhos 

ㅡ Naum'. ㅡ Yugyeom respondeu rindo 

Se-Yeon e Yun Hee riram do garotinho e logo saíram do apartamento. Pegaram o elelvador e estavam distraídas e nem notaram que o elevador havia parado no décimo primero andar e a porta estava aberta.

E também não notaram a situação do décimo andar.

Os gritos despertaram a atenção das duas garotas que ao olharem para fora do elevador completamente confusas e sem reação. Yun Hee arregalou os olhos ao ver uma mulher caída em frente a porta do elevador com o pescoço sangrando, iria ajudar a mulher mais teve seu braço agarrado por Se-Yeon que a olhava de forma estranha.

ㅡ Corre Yun Hee! Pega as escadas, e saí daqui! ㅡ Se-Yeon murmurou empurrando a garota pra fora do elevador

Yun Hee ficou confusa de primeira e logo voltou sua atenção pra mulher caída que agora estava em pé e olhava pra Se-Yeon enquanto seu corpo tremia de forma bizarra, em um piscar de olhos a mulher avançou em Se-Yeon, Yun Hee arregalou os olhos e antes que pudesse chegar perto sentiu uma mão lhe puxar a fazendo se vira pra trás completamente assustada.

ㅡ Corra como se sua vida dependesse disso, por que ela realmente depende disso! ㅡ Uma mulher falou a puxando para as escadas

Mesmo com o choro de Yugyeom, mesmo com uma mulher desconhecida e mesmo que seus olhos estivessem ardendo por segurar o choro, correu sem se importar se cairia ou não. Assim que chegou a entrada a mulher lhe puxou para a garagem, lá estava tão horrível quanto no hall principal do prédio como no décimo primeiro andar.

ㅡ Entre! ㅡ A mulher ordenou destravando o carro

Talvez ontem Yun Hee não aceitaria entrar no carro da desconhecida mais agora era diferente, tinha que ficar viva por Yugyeom, ajeitou o pequeno em seu colo assim que entrou no carro.

Para sair do prédio foi uma luta, tinha que atropelar aquelas feras e parecia que quanto mais atropelava mais surgiam, por fim saindo dali Yun Hee sentiu o horror lhe precorrer o corpo como um choque. A rua estava dominada por aqueles bichos atacando pessoas ou perambulando por ali mesmo.

ㅡ Puta merda. ㅡ A mulher mumurou dando um leve soco no volante 

Teria que dá ré, estaria tudo bem se um grupo de zumbis não tivessem notado o Elantra 2015 ali tentando dar ré. Yun Hee só sentiu o carro virar de forma brusca e sair acelerado da rua. A mulher dirigir tão rápido que Yun Hee podia sentir que de vez em quando o carro dava pequenos saltinhos.

Yun Hee não souber dizer que horas o Elantra colidiu com outro carro e despencou da ponte caindo no matagal e nem que horas perdeu a consciência.



Notas Finais


Eu espero mesmo que quem leu tenha gostado, e isso. Faz tanto tempo que eu não escrevo por aqui que nem sei mais oq botar aquikkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...