1. Spirit Fanfics >
  2. Z-POP-Entre Mortos e Vivos-G!P (imagine twice) >
  3. Cap6- cinema

História Z-POP-Entre Mortos e Vivos-G!P (imagine twice) - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Cap6- cinema


Se você se Pergunta oque aconteceu aquele dia quando os meninas descobriram sobre hyun

Elas aceitaram na boa não tive nenhum problema

Iludida sou , porque não foi muito bem assim que aconteceu na verdade elas não aceitaram de primeira como eu tinha esperança que fosse, Sana momo,Chaeyoung e jeongyeon aceitaram numa boa

Quando mina e dahyun iriam aceitar numa boa , aparece tzuyu para fazer a cabeça delas contra mim vê se pode uma coisa dessas 

Nesse exato momento estou pensando sobre oque mina me falou a dias atrás ela realmente é uma ótima conselhereira 

Depois do pesadelo que eu tive eu não consigo dormi direito acordei uma 4 da manhã ,fui conferir se hyun e o cachorro estavam bem e parece que eles estavam melhor que eu estavam espalhados na pelúcia dormindo com a boca aberta,tenho pena do meu irmão não queria que ele cresce-se em um mundo assim se eu tivesse a chance de crialo em um mundo mais normal eu não perderia essa chance ,mas infelizmente nem tudo é como a gente quer 

Bom vocês devem estar querendo saber da conversa não é? Bom fiquem com ela mas antes 


Voz de narrador
EPISÓDIO: CINEMA 


A Jung estava sentada na escada rolante na parte de cima pra ser mais exato, pensando sobre o sonho ou melhor PESADELO que teve a um tempinho atrás ,e olhando a bandana ficsamente que nem percebe uma presença atrás de si 

Sook oque faz acordada essas horas? Vai fugir denovo?- perguntou mina em um tom brincalhão a dançando um mínimo sorriso da face de sook

Naquele dia eu não iria fugir , apenas...fui ver meio irmão, mas e aí ainda tá brava comigo? - perguntou  para a garota em pé a seu lado

Essa que se sentou Junto a ela 

Bom ainda não entendi porque você esconder da gente ele - falou 

Eu só conhecia vcs a. 2 semanas não tinha total confiança - falou deitando pra trás  no chão 

Faz sentido mas- parou e perguntou - porque você está acordada essa hora não em respondeu ainda - 

Não consegui dormir ,tive um sonh- pesadelo na verdade não foi muito bom - falou e suspirou-

Porque não me conta - falou mina e Jung lê olhou confusa - posso te ajudar a entender ele ou simplesmente desabafar comigo - falou e a Jung se levantou e começou a explicar 

~depois de falar o sonho ~

Bom é realmente complicado mas ...isso foi apenas um pesadelo ou realmente aconteceu ?- mina

Realmente aconteceu foi a algum tempo atrás no início disso tudo - Jungsook

A então você não consegue lidar com isso?- mina

Não é isso é que - parou e suspirou -  eu me culpo todos os dias desde então pela morte de Diego o, meu amigo ,o italiano - falou e mina acenou que sim com a Cabeça

A culpa não foi sua - mina

Foi sim se eu amo estivesse lá ele não teria sido arranhado e não teria morrido - falou já sentindo lágrimas se formarem em seus olhos ama ela se recusa a chorar - 

Vem deita aqui - mina abriu os braços e sook foi de encontro a eles e se deitou em seu colo esse que era aconchegante e quentinho era bom de abraça pensou a Jung - a vezes não temos como prever o que vai acontecer , talvez ele fosse morrer de qualquer jeito o negócio é que ...você não teve culpa , coisas acontecem e algumas não tem como ser evitadas simplesmente era pra acontecer , e mesmo assim não teríamos como saber se , com a você ali ou não se ele morreria do mesmo jeito se escaparia simplesmente não tem como saber - mina parou e suspirou - as vezes é simplesmente mais fácil esquecer e seguir em frente mas esse não é o certo ,já que mesmo que você consiga fingir que isso nunca aconteceu uma hora ou outra ,isso vai vir a tona novamente então seria bem melhor se superasse oque aconteceu e pensar que o Diego estar em algum lugar melhor ,mesmo que não exista o céu ou inferno ou sei lá qualquer coisa é melhor que aqui agora - olhou pra a Jung - talvez tivesse sido melhor Diego ter morrido aquele dia doque ficar aqui , o negócio é que você não pode se culpar por tudo que acontecer , em vez de se culpar e chorar as escondidas por algo , erga a cabeça enxugue suas lágrimas e supere ,ele morreu salvando você ele foi um herói assim como vários que morrem não precisa nem ser no mundo que está agora mas antes ,um policial que morrer em um tiroteio ,alguém que se safrica por alguém , então não seja a pessoa que se culpa e chora pelos cantos , seja a pessoa que luta pelo que quer e faça valer a morte dele assim como de muitos no mundo- falou fazendo carinho em nos cabelos da mais alta  - apenas lembre-se que não foi culpa sua ,sempre a algo que você possa fazer 

~~~ fim do conselho da mina ~~~

Mina tinha razão não era culpada na morte dele

ela disse sempre há algo que podemos fazer então eu vou fazer nesse exato momento eu estou indo procurando  uma sala de cinema para ver se eu consigo colocar algum filme já faz mais de um mês que a gente tá vivendo juntas nada mais nada menos que o presentinho para elas

-o que está fazendo aí fora esta escondendo outros desceu segredinhos, agora tem namorado escondido aqui os seus pais estão aqui- tzuyu já estava me irritando 

em primeiro lugar eu não tenho namorado ou namorada escondido aqui em segundo lugar eu não te devo satisfações da minha vida em terceiro lugar meu pai e minha mãe eu não vejo um bom tempo provavelmente tão mortos- falei olhando a mesma nos olhos e colocando a máscara 

Eu não te perdoei por ter escondido que tinha um irmão - falou se aproximando e cruzando os braço 

Não preciso do seu perdão - falei. Sua dali rumo a algum lugar ,mais específico uma sala de cinema que eu vi no mapa do shopping fica um pouquinho longe mas acho que já já eu chego 

Escutei passos atrás de mim imaginei que seria que hoje é que eu vi uma voz gritando, atenção e continuei caminhando mais rápido possível

...

...

...

...

assim que chegar na porta vi que estava trancada fazer um jeito de abrir ainda bem que tinha trazido mas aqueles alicates grandes eu acho que assim que diz sei lá,para poder abrir aquelas correntes

Cortei as correntes mas a porta era pesada e estava emperrada eu tive que fazer bastante esforço pra beira já que ela abri por fora 

Você é rápida ,oque é isso uma sala de armas vai matar agente agora é?- falou debochada 


Apenas ignorei e entre lá dentro estava escuro, 

Vai me ignorar é isso?- falou parando na minha frente 

Apenas dei a volta e fui até uma sala que parecia ser onde ficava a pessoa que controlava o filme 

Você não pode simplesmente me ignorar , seus pais não te derrame educação - falou mais alto 

Apena ignore Jung , apenas ignore - falei pra mim mêsma entrando na sala

Tenho dó daquela pequena criança ,talvez o jungkook tenha agradecido por ter se separado de você - quando ela falou isso meu sangue fever 

Peguei em seus pussos e a joguei na parede 

Nunca mais fale dos meus irmão entendeu - falei brava ,olhando pra ela diretamente em seus olhos 

Tzuyu se assustou com a agressividade da garota 

Enguliu a seco , mas não iria deixar assim

Não encoste em mim - deu um tapa no rosto de sook - 

Assim que ela deu um tapa ouviram um estrondo olharam assustadas ,era porta ela havia fechado e o pior só podia ser aberta por fora ou seja estavam trancadas ali dentro até alguém aparecer 

- Merda !- esbravejou sook 

Tudo culpa sua - falou tzuyu começando a gritar e reclamar e...




Continua. Ou paro??

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...