História Zoe - E a liberdade de Aurelion Sol - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias League Of Legends (LOL)
Tags Aurelion Sol, Aventura, Fantasia, League Of Legends, Lol, Magia, Medieval, Zoe
Visualizações 11
Palavras 552
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vamos logo pra esse capítulo...

Capítulo 3 - Capítulo III - A Missão


 

POV Zoe

     O capitão que nos chamou nos guiou até o templo, e lá estavam generais do exército Targoniano.

       -Finalmente chegaram, estava já saindo daqui!- um dos generais fala estressado.

       -Sabem  o que aconteceu ontem, certo?- o general mais calmo e tático fala, e por um tempo fica um breve silêncio. –Aurelion Sol escapou, e bom, vocês terão que capturar ele.- ele fala calmamente e breve, sem enrolação, ou introdução.

      -Não podemos deixar ele livre de uma vez por todas?- perguntei, meio que com medo do que eles poderiam responder.

       -Não.- um general, o mais inteligente e estrategista responde secamente, sem emoção, era como se fosse uma pedra seca e gelada falando.

       -Bom, e porque a gente?- eu ousei perguntar. Afinal, capturar um dragão estelar é muito difícil pra mim.

       -Precisamos dos outros, para defender Targon, são mais úteis aqui do que em canto nenhum atrás de um dragão interestelar com uma coroa de ouro, se ele tiver ainda.- o general mais ofensivo e estressado explicou.

       -Segundo os vestígios de pó estelar vistos no céu ontem à noite, Aurelion Sol voou ou está voando para Demacia, vocês terão que ir para lá, capturar ele, ou procurar pistas sobre seu paradeiro e ir atrás.- o mais diplomático dos generais menciona.

       -Demacia? O Lar do colosso Galio?- pergunta Taric. –Exatamente, vocês serão escoltados por tropas Targonianas especializadas em viagens, vocês também levarão uma coroa encantada reserva, em caso de Aurelion ter tirado ela, o que é muito provável, ou melhor, fato.- o general responde.

       -Ah, certo, quando vamos começar à viagem para Demacia?- Taric pergunta mais uma vez.

       -Amanhã, hoje vocês estarão de folga, para poupar energias, descansem muito, amanhã será um dia cheio.- o general calmo responde serenamente.

     E então, fomos para nossas casas, eu estava pensando como seria amanhã, se ocorreria tudo bem ou não, eu temia que algo ruim poderia acontecer, pois nos enviaram, para Demacia, sem saber onde começar, espero que Taric saiba o que fazer, onde ir primeiro e como achar Aurelion Sol.

 

POV Aurelion Sol

     Me senti livre, uma liberdade que eu nunca sentia antes, mas sentia saudades que alguns cheiros característicos de Targon, mas era melhor viver livre do que ficar em Targon, eu estava voando para Demacia, ver o que estava acontecendo, até que vi algo brilhante em uma gruta.

     Voei até a boca da gruta, e tinha um brilho roxo tentador, percebi que minha coroa ainda estava em minha cabeça, mas não liguei, me aproximei com cautela da luz, e percebi que era um altar com uma ânfora em cima, ao me aproximar fiquei cego dos perigos que teria nela, ou no mundo à fora, a ânfora tinha uma força mais poderosa do que a minha.

          Finalmente abri o recipiente, as sombras me agarraram, tentei lutar contra as trevas, mas elas foram rápidas e chegaram à minha mente, e aprisionaram minha alma, me tornando um prisioneiro de intrusos no meu ser, e percebi as mudanças em meu corpo, chifres aumentando, uma armadura se criando à base de minha coroa, eu sentia um sentimento de vingança florescendo dentro de mim, como espinhos afiados venenosos espetando meu coração. Meu corpo estava ficando mais físico, e chamas me cobriam. Até que finalmente, Aurelion Sol, não era mais o forjador de estrelas, e sim o Senhor das Cinzas.

Continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...