História Zombies in Brazil? - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Apocalipse Zumbi, Drama, Histórias Originais, Sangrento, Zumbis
Visualizações 3
Palavras 783
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Romance e Novela, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Pessoas babacas são o tipo que mais tem no nosso planeta.

Capítulo 6 - Capítulo 5: Douchebag


Fanfic / Fanfiction Zombies in Brazil? - Capítulo 6 - Capítulo 5: Douchebag

Steve

_ Como ele pode falar assim com a Maria??

Wendy

_ Ele é um belo de um otário!

Billy

_ Pode deixar que eu vou falar umas verdades pra ele!

Steve

_ Não! Você fica aqui Billy! Eu sei o seu jeito de resolver as coisas!

Billy

_ Você viu o jeito que aquele canalha tratou a Maria?

Steve

_ Eu resolvo, vocês fiquem aqui!

Steve foi em direção a sala para falar com Eduardo.

Steve

_ Está tudo bem aqui?

Eduardo

_ Sim, está tudo normal! Ah e eu queria saber se a Maria mostrou a casa para vocês como eu mandei?

Maria

_ Eu não...

Maria estava prestes a dizer a verdade e ser demitida quando Billy chega na sala e a interrompe.

Billy

_ Sim, ela mostrou tudo! E está sendo muito gentil com a gente, então não a motivos para o senhor falar assim com ela!

Eduardo

_ Estou tratando ela do jeito que ela merece! E aliás ela é minha empregada.

Billy

_ Ninguém merece ser tratado assim! E Maria você não é obrigada a aguentar isso.

Eduardo

_ Ela não tem opção, não é Maria? Diz pra ele.

Maria

_ Eu não tenho opção...

Eduardo encara Billy com um sorriso de vitória, Billy vira as costas e volta para a cozinha.

Wendy

_ Oque aconteceu Billy? Porque você está assim??

Billy

_ Estou com vontade de socar aquele vagabundo!

Wendy

_ Para você ficar assim é porque aconteceu algo sério.

Devolta para sala, Eduardo conversa com Steve.

Eduardo

_ Quer fazer um passeio comigo Steve?

Steve

_ Está bem, só vou avisar meus amigos.

Eduardo

_ Não precisa! Seus amigos não precisam saber de tudo da sua vida.

Steve não gostou do que Eduardo disse mas preferiu não falar nada. Steve e Eduardo entram no carro e seguem rua a frente.

Eduardo

_ Eu conheço seu pai a muito tempo sabia Steve?

Steve

_ Não sabia não,meu pai não comentava muito do seu trabalho para mim.

Eduardo

_ Steve eu tenho certeza que você vai ter um grande futuro pela frente!

Steve

_ Muito obrigado senhor.

Eduardo

_ Só há alguns empecilhos no seu caminho glorioso.

Steve

_ Que tipos de empecilhos?

Eduardo

_ Eu não queria ser tão direto más são seus amigos,eles são uma má influência para você.

Steve

_ O Billy e a Wendy?!

Eduardo

_ Eles mesmo, principalmente o maloqueiro,qual o nome dele mesmo?

Steve

_ É Billy! E não julgue ele pela aparência pois ele é uma ótima pessoa,dedicado, esforçado, gentil e várias outras coisas!

_ Eu amo os meus amigos! Nós chegamos aqui juntos,e eu não sou melhor do que eles só porque meus pais tem dinheiro! Porque o senhor está dizendo isso??

Eduardo

_ Vou ser bem claro com você rapaz,essa Laiá que chamam de pobres são a escória da humanidade! Eles nunca vão chegar aos nossos pés, você entende Steve?

Steve

_ Você é doente!

Steve sai do carro e deixa Eduardo falando sozinho.

Steve

_ Babaca, babaca, você é um otário Eduardo!

Algumas pessoas na rua olham para Steve confusas, Steve caminha um pouco para se acalmar e aproveita para olhar a cidade.

Steve

_ E agora? Como eu volto para casa?

Steve anda um pouco até que encontra uma lanchonete e resolve entrar para pedir informações.

Steve

_ Com licença senhor! Poderia me dizer aonde ficam as residências de ricos? (Steve não sabia o nome da rua)

Atendente

_ Senhor? Eu sou mulher,me chamo Juliana,olha as casas dos burgueses ficam perto,se quiser eu posso te levar até lá.

Steve

_ Me desculpe! Não vi direito. Diz Steve envergonhado

_ Me chamo Steve, é um prazer conhecer você.

Juliana

_ O prazer é todo meu,eai vai querer que eu te mostre aonde ficam as casas?

Steve

_ Mas e seu trabalho?

Juliana

_ Já acabei meu turno e não tenho nada para fazer.

Steve

_  Está bem eu aceito hahaha

Juliana

_ Só vou trocar de roupa e já volto, não sai daí!

Steve

_ Não saio não. Diz Steve baixinho

Minutos depois a bela moça volta, Juliana era uma mulher morena,com um sorriso muito lindo,olhos castanhos claros e lábios avermelhados.

Juliana

_ Então vamos?

Steve

_ Sim, claro.

Juliana

_ Você é novo aqui né?

Steve

_ Sou sim,eu e meus dois amigos somos americanos.

Juliana

_ Uau! E os americanos são todos bonitos assim? Diz Juliana sorrindo

Steve

_ Obrigado... você também é muito linda! Steve estava Vermelho

Conversa vai conversa vem e finalmente chegam na rua.

Juliana

_ É está rua?

Steve

_ É sim! É aquela do portão grande e branco.

Juliana

_ Vou te levar até lá para cumprir minha missão.

_ Está entregue moço! Diz Juliana satisfeita

Steve

_ E-Eu posso pegar seu número para podermos conversar m-mais?

Juliana

_ É claro fofo! Só que aqui no Brasil usamos o WhatsApp.

Steve

_ WhatsApp?

Juliana

_ Tô vendo que você é gringo mesmo! Hahaha. Diz Juliana entregando o número em um papel

_ Até mais! Juliana se despedi com um beijo na bochecha de Steve

Steve

_ Até... Ela me beijou?

Ao entrar em casa Steve vê Billy, Wendy e Maria na sala e se prepara para contar oque aconteceu.

Steve

_ Eu tenho muito coisa para contar pessoal!

Nós também!



Notas Finais


Quem quer ver Steve e Juliana juntos levantem a mão! 🖐🖐🖐✋✋✋👋👋👋🙌🙌🙌👐👐✌✌✌✌☝☝☝🙏🙏🙏🙏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...