1. Spirit Fanfics >
  2. Zoom Into Me >
  3. Bônus

História Zoom Into Me - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


NÃO ME AGUENTEI E FIZ UM BÔNUS KKKKKKKKKKKKK

É isso, espero que vocês gostem dele tanto quanto eu gostei ❤❤

Capítulo 2 - Bônus


Fanfic / Fanfiction Zoom Into Me - Capítulo 2 - Bônus

I hate my life

Eu odeio minha vida

I can't

Eu não posso

Sit still for one more single day

Ficar sentado por mais um único dia

I've been here waiting for

Estive aqui esperando por

Something to live and die for

Um motivo pelo qual viver ou morrer

 

Dois anos haviam se passado desde aquele breve encontro que tiveram no memorial. Logo após aceitar o convite de Gaara para que saísse com ele, Hinata não teve mais medo ou insegurança de andar por entre as ruas de Konoha. Sem mais aquele sentimento de que as pessoas estavam a julgando, encarando ou falando por suas costas. Ela sabia que a intenção dos amigos para com ela era das melhores, mas ela não podia evitar de se sentir temerosa perto deles.

Ela passou uma vida inteira de julgamentos e reprovações, mas isso nunca parecera ser tão difícil de suportar como parecia há dois anos atrás. Nada, nunca, fora tão difícil quanto arcar com o sentimento de culpa pela morte de Neji Hyuuga.

A sensação de impotência doía, a vergonha pesava e o arrependimento a corroía por dentro, como uma chama ácida que não a deixava esquecer do porquê estar sentindo tudo aquilo. E por mais que nenhum dos seus amigos mais chegados a acusassem de nada, ela acreditava fielmente que, bem no fundo, todos pensassem da mesma forma. E foi a partir daí que passou a odiar sua vida.

Visitava o túmulo do primo todos os dias quando se via livre das incansáveis tentativas dos outros em falarem com ela. Saía muitas vezes escondida, se esgueirando pelos corredores do clã Hyuuga até estar nas ruas fazendo seu constante caminho. Não que ficar em casa a fizesse se sentir melhor do que estar com os outros. Muito pelo contrário, era quase tão sufocante quanto. Neji estava em cada maldito canto daquele maldito clã.

Ele estava nas paredes a encarando com seus braços cruzados enquanto ela passava. Ele estava na área de treinamento sorrindo vendo o quanto ela tinha melhorado suas habilidades. Ele estava no quarto dela a desejando boa noite enquanto ela – sem que ninguém visse – dormia com uma de suas camisetas para que pudesse ter a sensação de que ele ainda estava ali, igual ele fazia quando estava chovendo lá fora e a protegia dos trovões mais altos.

Para muitos aquela poderia não ser uma das melhores coisas a se fazer quando se está tentando superar um luto, mas ela não se importava. Ela não queria omitir essas memórias, ela não queria deixar de lado a rotina, ela não queria desaprender a sua voz, ela não queria que as coisas perdessem seu cheiro.

Ela não queria se esquecer.

 

Let's run and hide

Vamos correr e nos esconder

Out of touch, out of time

Fora de contato, fora do tempo

Just get lost without a sign

Apenas nos perder sem um sinal

As long as you stand by my side

Contanto que você esteja do meu lado

 

Ela se sentia entorpecida. Não podia dizer que estava vivendo de fato, pois ela só sabia existir. As flores do jardim eram mais vivas que ela, as flores que levava todo dia para o irmão pareciam mais vivas que ela.

Isso até ele aparecer.

Ele apareceu sorrateiramente, assim como uma sombra. E, do mesmo jeito que apareceu, ele ficou. Manteve-se sem que ela sentisse que ele estava a julgando. Ao contrário do que se lembrava quando mais nova, os olhos de Gaara a olhavam com curiosidade, não como se a estivesse analisando num sentido ruim. E, diferente de antigamente, ele não a amedrontava mais.

Sua presença não era algo difícil de lidar. O ruivo era calmo e sereno, e mesmo sem o conhecer direito, Hinata se sentiu segura. Longe de tudo o que esperava, ela se sentiu acolhida.

O ruivo lhe compreendia de uma forma que nunca havia vivenciado com ninguém mais, e qual não fora a surpresa quando sentiu a mão gélida lhe tocando a face, e mesmo assim, não fizera com que a azulada sentisse vontade de se afastar?

Ela se lembrava com clareza daquele dia como se fosse ontem. Ainda sorria minimamente quando as palavras do Sabaku ecoavam em sua cabeça. Antes ela sentia que dialogar sem nem mesmo conhecer alguém poderia ser algo banal, mas isso não aconteceu com eles. Aquele “saia comigo” ficou marcado em si como a melodia de sua canção favorita, como um mantra que ela praticava todos os dias.

Ela não sabia que o mundo poderia voltar a ser colorido até ver o vermelho vívido de seus cabelos, se perder na imensidão verde de seus olhos, perceber como o azul de seus próprios cabelos se destacam bem na pele pálida, notar como o amarelado da areia parecia muito mais aconchegante do que qualquer outra coisa ou lugar.

Parada diante a janela, ela observou as ruas cheias de tons quentes de vermelho, vinho, mostarda e marrom. As cores de Suna, seu novo lar, que a ajudaram voltar à vida. Estava perdida em pensamentos, tentando arranjar um jeito de conversar com Gaara sobre o que descobrira alguns minutos atrás. Levou a xícara com chá até a boca e sorriu, novamente, ao sentir as mãos firmes passeando por seus braços e ombros, num carinho silencioso.

- No que está pensando?

Abaixou as mãos, colocando a xícara apoiada na mesa que tinha ao seu lado, e se virou para olhar aquele homem que agora chamava de marido. Gaara continuava com seu semblante tranquilo, a olhando com ternura, enquanto procurava alguma coisa na expressão da esposa que denunciasse o que ela estava sentindo, e Hinata se sentiu aquecer por dentro só de saber que ele sempre seria assim. O ruivo sabia cuidar de si com apenas um olhar, e era ali que ela reaprendeu o significado de lar.

- Estava pensando em como eu sou sortuda.

- E por que diz isso?

 

You see my soul

Você vê minha alma

I'm a nightmare

Sou um pesadelo

Out of control, I'm crashing

Sem controle, estou colidindo

Into the dark

Na escuridão

Back to the blue

De volta a tristeza

 

- Sou sortuda por ter encontrado alguém assim como eu. Tão perdido quanto e tão confuso quanto, e quando eu pensei em desistir de tudo, você apareceu para me mostrar o que eu não estava conseguindo ver, mesmo estando diante de meus olhos. Você sempre esteve lá...

A azulada segurou o rosto de seu marido com ambas as mãos e sorriu ao vê-lo fechar os olhos com o ato. Como pode alguém ser tão maravilhoso?

- Eu nunca te agradeci devidamente por ter me salvado, mas prometo que vou compensar por isso todos os dias de minha vida, até eu morrer.

O ruivo reabriu os olhos, encarando a pequena mulher à sua frente. Ele se surpreendia em como, a cada dia, Hinata parecia cada vez mais bela. Naquele dia, em específico, ela parecia reluzir.

- Neste caso, eu também nunca te agradeci.

- Pelo que? – a mulher o encarou confusa.

- Por ter me ensinado o que era o outro tipo de amor que eu nunca havia entendido. – ele riu baixinho – Por ter me ensinado a amar.

A mulher o olhou com ternura, sorrindo abertamente. Sentia que era a hora certa para falar o que precisava.

- Está pronto para conhecer um mais novo tipo de amor?

Gaara viu a esposa pegar suas mãos e leva-las em direção ao seu ventre, para depois o olhar com expectativa. Ele levou alguns poucos segundos para enfim terminar de assimilar o que estava acontecendo, e quando entendeu, sentiu dentro de si um tipo de emoção que pensou que nunca seria capaz de sentir. Com os olhos arregalados, o ruivo olhou novamente para aquelas duas luas reluzentes que tanto adorava admirar. Uma lágrima solitária escorregou por seu rosto, terminando no sorriso mais puro e sincero que já havia dado em toda sua vida.

A morena não soube dizer o momento exato que sentiu os pés desgrudarem do chão, tamanha era sua emoção, mas quando percebeu já estava sendo rodada no ar pelos braços daquele homem que, todos os dias, lhe dava um novo motivo para continuar vivendo.

 

You're the sun and I'm the moon

Você é o sol e eu sou a lua

In your shadow I can shine

Na sua sombra eu posso brilhar


Notas Finais


O que acharam??

A música do capítulo também é do Tokio Hotel, vou deixar aqui o link se quiserem escutar: https://www.youtube.com/watch?v=j2Yq4PQZY3U


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...