História Zootopia - Irmãos Wilde - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Zootopia - Essa Cidade é o Bicho
Personagens Benjamin Garramansa, Bogo, Bonnie Hopps, Finnick, Jack Savage, Judy Hopps, Nick Wilde, Personagens Originais, Sr. Lontrosa, Stu Hopps
Tags Demian Wilde, Jack Savage, Judy Hoops, Luke Svage, Luna Wilde, Nick Wilde, Zootopia
Visualizações 99
Palavras 2.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Demorei? S, demorei, mas sabe eu sou um exausto msm, sou preguiçoso com orgulho.

Espero q os q tiveram paciencia pra esperar o cap estejam lendo e agrade a vcs.

Bom cap

Capítulo 16 - Demian x Gwen


Luna P.o.v.

Cara, teve um momento da festa que eu acebei apagando, acho que ainda to um pouco bebada... sei lá. Eu me lembro de ver o Erick indo embora... eu tenho que perguntar o que ele tinha pra me dizer...

- Luna, ta se sentindo melhor agora? - perguntou o Luke preocupado, eu corei um pouco e respondi.

- Sim... um pouco... - respondi sorrindo - Só um pouco cansada.

- Vamos, vou te levar pra casa de carro. - disse o Luke me ajudando a levantar.

- E o Demian? - perguntei curiosa.

- Eu não vi ele a um tempo, acho que já foi. - disse ele me ajudando a levantar.

- Será que ele esta bem?

- Deve estar.


Narrador P.o.v.

Demian estava trás de uma árvore prensando a Gwen na mesma enquanto a beijava.

- Demi... Demi... - tentava falar, mas ele não deixava, quando ela teve que afasta-lo delicadamente.

- Algo errado? - perguntou ele confuso.

- Demi... eu... eu sou virgem...

- Bom saber que vou ser o primeiro. - disse ele e passou a pata na bunda dela, ela cora muito.

- N-não fala isso... eu fico com vergonha... - disse ela escondendo o rosto no peito dele, ele cora.

- Escuta, eu não garanto que eu vá ser devagar, mas no inicio vou pegar leve. - disse ele sorrindo amigável e voltou ao beijo selvagem.

- Demi... eu... - ela estava muito corada.

- O que foi? - perguntou mordendo os labios dela.

Ela tinha um jeito timido e sexy, ere fofa corada, ficou mais corada ainda quando algo passou na mente dela.

- Demi... abaixa as calças... - pediu ela timida surpreendente a raposa.

- Claro! - disse ele sorrindo alegre.

A raposa mudou de posição ficando encostado no tronco da árvore, a gata respirou fundo tentando acalmar o nervosismo e a vergonha e ficou de joelhos pra ele, ela viu que já havia um volume ali, quando ela tirou a calça, viu o membro dele, ela cora mais ainda.

- E-ei, não precisa fazer se não quiser, eu não me-

Ela havia pego o membro e lambido a cabeça lentamente, o arrepiando de excitação. Ela continuou lambendo o pau da raposa devagar e com gosto, depois ela colocou todo o membro dele na boca, ela estaca muito corada e excitada, a raposa podia sentir o cheiro da excitação dela, ela começou a fazer movimentos de vai e vem, enquanto ouvia os gemidos da raposa que arranhava o tronco da árvore.

- Own... nossa, Gwen... Você é boa nisso... - dizia a raposa entre gemidos baixinhos.

A gata ela lambia e chupava com gosto, era uma sensação estranha pra ela, mas de certa forma a excitava, Demian estava quase no orgasmo quando a Gwen coloca todo o membro dele na boca, ele não segurou e gozo na boca dela, foram varios jatos que ele soltou nela, até quando ela tirou da boca, sujando o rosto dela do liquido branco e quente.

- Desculpa, não segurei... - disse o Demian, ele achou fofo ela limpando o rosto com o dedo, mas achou sexy quando ela lambia os dedos.

- Vamos continuar? - perguntou ela sorrindo.

- Só se for agora. - respondeu sorrindo malicioso.

Ele reverte a posição novamente e a prensa no tronco, ele começou a beija-la e depois foi formando uma trilha de beijos no pescoço até os os ombros, ele começou a apalpar a bunda da gata, que gemia.

- Gosta disso? - perguntou a raposa num sussurro sexy.

- S-sim... - respondeu excitada.

Ele passou as patas da bunda, para a sua barriga e por último seus seios, ele apalpava os seios dela, eram do tamanho que ele mais gostava, não tão grandes e não tão pequenos, ela era perfeita pra ele. Ele apressado ergueu os braços dela e tirou sua camisa.

- D-Demi... alguém pode me ver assim... - murmurou a gata muito corada.

- Que vejam, diferente deles eu estou fazendo muito mais que olhar. - disse ele sorrindo sedutor.

- B-bobo...

Ele tirou o sutiã dela e começou a lamber seus seios dando-lhes leves mordiscadas, ele estava ansioso pra melhor parte, até já estava ficando excitado de novo, sem pensar em perder tempo ele tira os shorts e sua calcinha tudo de uma só vez a deixando completamente nua, ela na mesma hora se encolheu no chão.

- Gwen, tudo bem? - perguntou a raposa preocupada.

- E-eu to... É que e-estou com vergonha... - murmurou a gata corada, a raposa ri baixinho.

- Não se preocupa, você não tem nenhuma parte do corpo que possa sentir vergonha, você é perfeita desse jeito. - disse o Demian sorrindo meigo, ele roubou um selinho dela e começou um beijo intenção - Só deixe fluir. - disse entre o beijo.

Ele tirou a camisa e agora tambem estava completamente nu, ele colou mais ainda os seus corpos, ambos sentiam a intimidade um do outro, o coração dos dois estavam acelerados, a raposa notou um pouco do nervosismo que a gata demonstrava.

- Vamos fazer assim, eu vou contar até três e quando eu chegar no três eu vou começar - sugeriu o Demian.

- P-pode ser... - concordou ela braxinho.

A raposa fez a gata se deitar no chão e ele se põe sobre ela de quatro, depois fez ela colocar as pernas em volta da cintura dele e os braços em volta pescoço dele, ele se posicionou na entrada da gata e respirou fundo, notou que estava bem perto do rosto dela, não pode evitar de beijar ela, quando terminaram de se beijar ela volta a corar muito.

- P-por que você ta me beijando tanto? - perguntou ela corada e timida.

- Você beija bem. - respondeu ele.

- Mas até a pouco eu era Bv... - disse ela tímida.

- Entao além de eu estar tirando seua virgindade também estirei seu Bv? - perguntou a raposa surpresa.

- S-sim...

- Eu estou gostando disso. - murmurou ele sorrindo malicioso, chegou pertinho do ouvido da gata e sussurrou num tom de voz sexy e sedutor - 1... - ela cora muito - 2... - ele já não aguentava mais esperar - 3.

Ele começou a penetra-la devagar, enquanto ela soltava gritos de dor que eram bloqueados ou pelos labios da raposa ou pela sua mão, quando ele se colocou completamente dentro dela ficou parado pra ela se acostumar.

- A...apertada... - Demian murmurou prazeroso.

Ele notou então a aproximação da gata, ela chegou perto do pescoço dele onde depositou uma mordida que ficou marca, ele murmurou um "au" e riu.

- Demi... vai... Por favor.... - implorava ela transbordando de prazer e dor.

Ele a obecedeu e começa a fazer movimentos lentos nos primeiros dez segundos depois começou ir mais rapido, a Gwen dava gemidos de dor e prazer, eram gemidos que alegravam os ouvidos de Demian, a cada mais tempo se passava, mais intenso ficava, a raposa a penetrava rapido e profundo, ele soltava gemidos baixinhos.

Ele ia cada vez mais rápido e a dor da Gwen a cada estocada começava a ir embora e se tornando puto prazer. Demian segura a cintura dela e começa a dar estocadas mais fundas, isso fez ela soltar um miado sem querer o que pareceu surpresa pra raposa que segurou a risada.

- Você miou? - perguntou a raposa risonha.

- N-não... - mentiu ela timida.

- Que fofa. - riu.

- Para! - pediu envergonhada tapando o rosto com as patas.

- Agora eu quero ouvir você miar de novo. - disse ele motivado voltando a dar estocadas fortes.

A raposa ergueu ergueu a gata e prensou no tronco da árvore, ela gemia seu nome com prazer em cada palavra, Gwen cravado as garras nas costas do Demian, ele gemia baixinho com essas agressões selvagens no sexo.

Enquanto ele dava suas estocadas ele seu membro ser mais espremido, ela estava havia chegado ao orgasmo, ele chegou um pouco depois.

- Gwen, fica de quatro. - pediu o Demian, a gata fez o que ele pediu.

Ele sorriu malicioso e com os olhos brilhando, a bunda dela era bonita e intacta, a chegou perto dela e ficou de quatro em cima dela, roçando seu pau na bunda dela. A raposa colocou os dois a três dedos na boca da gata enquanto ele lambria o pescoço dela, ele saiu de cima do corpo dela, ele se afasta e começa a brincar com os dedos dentro da intimudade da Gwen, fez movimentos com os dedos de tesou e os enfiando profundamente, e depois de quase cinco minutos disse ele os retirou e enfiou o seu pau novamente dentro da gata de uma só vez, ela solta um gemido alto, mas ele impede o som com as patas.

Ele começa a dar estocadas rapidas sem pena segurando sua cintura com força intensificando as estocadas. Ele sentiu o membro dele ser espremido, isso significava que a Gwen estava chegando ao orgasmo, assim como ele.

- Gwen... e-eu vou...

- Awn Demi....

A raposa chegou ao orgasmo pela segunda vez preenchendo toda a gata que também havia chegado ao seu orgasmo.

Ele deu mais ou menos cinco estocadas e depois de um longo tempo pra eles respirarem normalmente ele se retirou de dentro dela, Demian se sentou encostando as costas no tronco de árvore vendo a gata ainda ofegante, quando ela se recuperou ela olhou pro lado e lembrou que a raposa o olhava nua, ela teve noção que não daria pra se cobrir então só abaixou a cabeça corada.

- Vem, senta. - pediu a raposa pra gata.

Ela primeiramente não parecia aceitar, estava com vergonha demais, porem estava cansada, então ela foi engatilhando até a raposa e se sentou no meio das pernas da raposa, deitando sua cabeça no peito dele e ele a envolvendo com os braços, ela não parecia se importar com encostar no membro da raposa, já que não havia nem passado dez minutos que havia sentido ele dentro dela.

- O-o que fizemos...? - perguntou a gata desacreditada e corada.

- Algo que eu não quero me esquecer tão cedo... - respondeu o Demian sorrindo.

- Demian... eu não devia ter feito isso... - disse a gata triste.

- Por que não?

- Porque você... porque a Elisa... - ela não sabia como dizer - Você e a Elisa... deviam esta juntos...

- Por que acha isso? - perguntou simples.

- É que... ela... pode fazer algo melhor com você... e-ela pode te satisfazer de um jeito que eu não consegui hoje... - tentava explicar.

- Eu não estou procurando alguém bom de cama, estou procurando alguém que me faça feliz além do sexo, a Elisa é alguém que pensa que sendo boa em sexo pode me conquistar, se fazendo de santa... não é esse tipo de fêmea que eu to procurando pra viver ao meu lado... Você pode dizer que eu e ela deviamos estar juntos, mas eu discordo... e também, você foi melhor hoje do que a Elisa poderia ser em anos. - disse ele serio, ele vê ela corar, não pode evitar e roubou um beijo dela, quando se separaram ela cora.

- P-por que fez isso? - perguntou ela corada.

- S-sei lá... Você beija bem. - respondeu sorrindo sem jeito, ele se levanta junto da gata - Vamos, a festa já acabou. - disse o Demian sorrindo vendo as luzes da casa da Elisa apagarem aos poucos.

Eles pegaram as roupas atiradas no chão e começaram a se vestir, quando terminaram eles correndo na ponta das patas de volta aonde haviam se encontrado, quando chegaram lá algo passou na cabeça da gata.

- Espera, eu não posso voltar pra casa, meus pais vão desconfiar, já esta muito tarde. - disse a Gwen preocupada.

- Não se preocupa, você dorme na minha casa hoje, caso seus pais perguntem você diz que a Luna te convidou. - sugeriu a raposa.

- Mas não tem problema dela saber que nós...

- Pra mim ta de boas. - respondeu sorrindo.

- Demi... eu e você... estamos tendo o que agora que nós transamos? - perguntou a gata, aquilo o pegou de surpresa, nem ele mesmo sabia o que eles eram agora.

Ele iria dizer que seriam apenas amigos, mas dentro dele ele saberia que não eram e que não poderia considerar o que fizeram hoje como "um sexo sem compromisso".

- Gwen... - ele chamou a atenção da gata que o olhou atenta, ele se virou pra ela e a beijou, ela cora e depois que se separam ele continuou - Quer namorar comigo? - perguntou ele sorrindo.

Aquele sorriso foi o sorriso que ela tanto gostava, havia malicia, alegria e bondade, ver aquele sorriso fez o coração dela acelerar, ela o abraçou.

- Sim, eu quero... - respondeu abraçando ele com força.

O Demian ficou surpreso com o abraço repentino, mas retribuiu o ato e deixou um sorriso bobo escapar, uma onde de alegria havia tomado o corpo dele.




Continua...........


Notas Finais


Provavelmente vai ter algumas pessoas que irão pensar: "Esperava mais", pois bem, eu digo que eu tbm n estou mt satisfeito com esse cap, mas notei que estava demorando pra mandar então to mandando esse msm.

Mas pra qm gostou eu agradeço por lerem e até o proximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...