1. Spirit Fanfics >
  2. Jornais >
  3. .burn the witch.

Jornal .burn the witch.


Por:


Mostrar Spoiler: ↳✟∴ˇ a daughter should ♢⁑° not have to ☽☀ beg her father for a reletionship ˇ∴✟↲




Mostrar Spoiler: ↳✟∴ˇ the middle place is strange ⁎✥⁑ the part between them and the next ∷° is an awakening from how you saw to ◉╋ how you will see this is were their charm wears off ✧✳. where they are no longer ❤⁑ the god you made them out to be when the pedestal you carved out of your ☸♩* bone and teeth no longer serves them ♕☽° they are unmasked and made mortal againˇ∴✟↲


NOME COMPLETO
↳✟∴ˇSeu nome de nascença é Laetitia Flamel. Laetitia vem do latim laetus que significa ❝feliz❞. O nome foi escolhido pelos pais porque era o que os dois sentiram com o nascimento da garota. Seu sobrenome é usado por todas as bruxas, e obviamente também era usado pelos seus pais, já que eles eram bruxos. Depois que Ivan matou seus pais e a adotou, seu nome virou Laentia Oberlin. O nome dado foi apenas uma variação do seu nome de nascença, porém a garota são sabe disso. Não faz ideia do seu nome de nascença, e também não procura saber. O sobrenome é de Ivan, visto que ela recusa usar Flamel como sobrenome.


IDADE
↳✟∴ˇNascida na primavera, dia vinte e dois de março, Laentia tem vinte anos de idade. Seu parto foi complicado, mas no fim a garota nasceu muito saudável.


HISTORIA
↳✟∴ˇO aniversário de um ano de Laetitia também foi o dia em que seus pais foram brutalmente assassinados. Aria e Daryl eram bruxos poderosos e seu ódio pela Clave Filosofal era imenso. Viam alquimistas como algo repugnante que deveria ser exterminado. Faziam parte de um pequeno grupo de bruxas que caçavam alquimistas, e por isso, os mesmos estavam sendo caçados também. Seu maior inimigo era Ivan Oberlin, um dos alquimistas mais poderosos na Clave, do qual estava disposto a tudo pelo poder que uma bruxa tem. E tudo o que foi preciso era apenas um erro. Fugir dos alquimistas enquanto cuidavam de uma bebê não era fácil, e os dois resolveram se esconder numa casa abandonada pela noite. O que eles não sabiam, era que a casa estava sendo vigiada por alquimistas, e no momento que entraram lá, estava acabado. Os dois, esgotados, não tiveram nenhuma chance e ali morreram. Entretanto, a pequena Laetitia havia sido poupada por Ivan. Parecia ser um ato de misericórdia, porém não tinha nada além de ganância por trás. Ivan decidiu que iria criar a garota para trabalhar para a Clave, e faria a mesma repudiar sua própria espécie. Ivan era um homem manipulador, que conseguia facilmente o que queria com apenas algumas palavras. E a partir daquele dia, Laetitia Flamel foi esquecida por todos, para ser substituída pela Caçadora de Bruxas, Laentia Oberlin.

Olhando de longe, parecia que Laentia tinha uma ótima infância. Morava numa mansão onde tinha tudo o que a garota poderia desejar e um pai que parecia verdadeiramente amá-la. Mas a realidade eram bem diferente. Com apenas sete anos, Laentia já era submetida a testes de força das quais bruxas mais velhas não sonhariam em passar. Passava dias de cama depois de sair machucada e esgotada de tanto usar seus poderes. O sangue manchava suas roupas e a garota mal conseguia respirar, porém se recusava a parar. Afinal, seu pai contava com ela. Quando parecia que não iria mais aguentar, bastava algumas palavras do homem para que ela continuasse:

Lembre-se que precisamos que você seja forte para derrotar nossos maléficos inimigos. Você não quer ir para o quarto escuro de novo, não quer? Por favor, querida, isso tudo é apenas pelo seu bem. Agora continue.

As palavras de Ivan pareciam entrar em sua cabeça e se alojar bem no fundo, marcando sua mente. Eles precisam de mim. Foi uma infância dolorosa, mas uma da qual ela aceitava sem criar caso. Se sentia orgulhosa toda vez que visitava a Clave com seu pai e era parabenizada pelo quão esforçada era, diziam que ela iria longe. A melhor arma deles. E Laentia faria com que eles não se arrependessem de ter salvado sua vida. Viver com Ivan significava ouvir todos os dias sobre como bruxas são horríveis, as piores criaturas que andam pela Terra. De que como ela era a unica diferente, a escolhida para acabar com aquela praga. E Laentia sempre acreditou naquelas palavras, das quais alimentavam seu ódio pelas bruxas. E seus pais verdadeiros eram os piores de todos. Como Ivan dizia, caçavam alquimistas apenas pelo prazer de matá-los, sem nenhum outro objetivo.




Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...