Jornal Considerações sobre as concepções de Akira Toryama


Por:


Considerações sobre as concepções de Akira Toryama



Ao ler a entrevista de Akira Toryama, publicada no começo de fevereiro de 2014 na revista Saikyou Jump, o mangá Jacob - O patrulheiro da Galáxia e o especial, Minus, pela primeira vez, há mais de vinte dias atrás, pude então perceber o quanto Akira Toryama procurou explicar alguns aspectos do universo de Dragon Ball, inclusive da primeira fase.

Afinal, sabemos que quando ele concebeu o mangá, não pensou além dessa fase, pois, inicialmente, seria um mangá não muito extenso. Porém, o sucesso da história, ao ponto dela ficar eternizada por mais de duas décadas, demonstra que ele deu uma continuidade não planejada.

Claro, que o advento dessa fase intitulada Z, ele precisava responder algumas perguntas pertinentes a mesma e inclusive, a primeira fase, devido a curiosidade de Goku ser tão forte, resistente e poderoso, ao nível tido como sobrehumano e a sua capacidade de aprendizado de técnicas, assim como a sua metamorfose em noites de lua cheia e demais outras curiosidades.

Daí, surgiu a concepção das raças, como saiya-jin, namekusei-jin e tantas outras, assim como novas linhas de desenvolvimento, explorando o universo, de certa forma, assim como utilizando-se de concepções que surgiam, até, inspiradas em alguns pontos da história de dragon ball.

Porém, a Toe é uma empresa. E assim como a Shonnun Jump, quer lucro. Daí, veio a linha de OVAS, especiais e filmes, abordando diversas linhas de pensamentos e ideias, muitas vezes, reciclando velhas concepções em novas, remodelando-as.

Dentre a necessidade de dinheiro, veio a dos fãs. Todos desejando saber mais dos motivos de Goku ter vindo para a Terra, sobre seus pais, sobre a sua raça, pois, ele é o personagem principal do mangá/anime, assim como saber mais da raça deles, incluindo de Vegeta.
Akira não tinha uma concepção formada, na época, sobre essa raça.

Afinal, não concebeu a série além da primeira fase e algo assim, era necessário.

Daí veio os filmes, "Sozinho para a última batalha", explicando como Bejiita foi destruído e o outro "Episódio de Bardock", sobre o fato do pai de Goku ser na verdade, o lendário Super saiya-jin, ao ser "enviado" para o passado do planeta e o encontro com o primeiro Arcasiano.
Mas, e a mãe de Goku e Raditz? Permaneceu uma incógnita por mais de uma década, fazendo surgir inúmeras versões de como seria, baseadas na raça, o que tem certa lógica, se partimos do princípio que Goku, segundo a versão da Toe, veio para a Terra bebê.

Então, nesse ano, descobrimos que tudo não passou de um filler e que Akira, resolveu conceber a ideia acerca da mãe de Goku e dar a sua versão sobre a cultura e costumes saiya-jins, o que consideramos como autêntica e não a da Toe, por mais que tivesse sido mostrada antes da entrevista do Akira Toryama que revelou, dentre outras coisas, a mãe de Goku e Raditz, Gine, assim como a natureza de Bardock, demonstrando que de certa forma, Bardock era um pouco diferente de seus conterrâneos, enquanto que Gine, era completamente diferente e inclusive, explicando o motivo de Goku ter tal natureza, como mostrada na série.

Ademais, com o mangá Jacob, mostrando Kakarotto com armadura e Gohan machucado, mas, se propondo a criar o pequeno saiya-jin, devido ao seu coração bom e gentil, inclusive, explicando o por que Raditz achara estranho dele não lembrar sua identidade e missão.
Até aí, houve mudança apenas em como Gohan conheceu Goku.

Porém, com a chegada do mangá Dragon Ball Minus, um especial de Jacob - O patrulheiro das galáxias, foi revelado que ele não foi enviado em missão nenhuma e que ficara em uma espécie de "tanque", tipo de incubação, acredito que desde que nasceu, com ele tendo 3 anos, até que eles tiraram, os pais dele, Bardock e Gine, devido as suspeitas de Bardock e demonstrando em uma das falas, quando o pai levava a cápsula do filho até um local propicio para lançamento, que a influência de Gine, o fizera rever um pouco de seu comportamento, passando a se importar com o filho, assim como confirmando o que Akira disse na entrevista, o quanto ela era diferente dos demais saiya-jins e também, demonstrando algo. Que ela era capaz de influenciar os outros, tal como o filho dela, consegue e que é demonstrado ao longo do mangá/anime em diversas situações.

Eles somente o mandaram a Terra para se salvar, sendo que haviam prometido a ele que se fosse um alarme falso, iriam busca-lo. Isso demonstra que ele nunca foi enviado para conquistar a Terra, como a concepção da Toe e acredito que Raditz falou sobre a "missão" dele, pensandoque fora enviado por causa disso.

Afinal, ele estava em um planeta distante dali, junto com Vegeta, sendo seu "parceiro", conforme Gine fala a Bardock, quando ele pergunta do filho mais velho.

Além de reescrever sobre a vinda de Goku, a versão do criador explicou um fato que sempre observamos e que estranhamos através da fala de Jacob, quando ele explica sobre os saiya-jins, assim como com Akira conseguindo encaixar a concepção dos saiya-jins na primeira fase do mangá/anime.

Quando Goku conheceu Bulma, ele se confundiu com a idade efalou 14 anos, enquanto tinha 12 anos, embora sua aparência fosse de uma criança de 7 anos, levando ao fato de Bulma considera-lo uma criança.

Considerando o mangá Jacob, a explicação dele e Minus, Goku tinha, na verdade, 15 anos.
Em seguida, após o treinamento dele de três anos ao redor do mundo, após derrotar a Red Ribbon, ele não cresceu muito. Mesmo com 18 anos, enquanto que todos pensavam que ele tinha 15 anos, já que desconheciam suas origens e os três adicionais em Bejiita. Ele ainda continuava com um corpo bem jovem.

O que deixou todos estarrecidos e surpresos, foi ver ele com 18 anos, sendo que somando 3 anos, tinha 21 anos, na verdade. Mas, o que chamava a atenção, era o quanto o corpo dele se desenvolveu em apenas três anos, como se tivesse crescido, tudo o que não cresceu antes, confirmando o que foi revelado no mangá de Jacob: "Os saiya-jin tem uma infância muito longa, então, eles podem fingir que são crianças até crescerem." e o outro trecho, em seguida "Depois disso, o corpo deles aumenta rapidamente para um tamanho perfeito para lutar, assim eles continuando causando destruição sem envelhecer."

Tudo isso explica o porque Goku aparentava ser uma criança, enquanto que na verdade, seria um adolescente, para depois seu corpo crescer rapidamente em 3 anos, quando treinou no Tengoku, reaparecendo em um corpo de adulto, fazendo com que Bulma e os demais não o reconhecessem.

Afinal, eles cresceu e muito, de forma anormal para os padrões terráqueos.
Quem sabe, um dia, não teremos um mangá que conte como Bardock e Gine se conheceram e um pouco da história deles, pois, segundo a entrevista de Akira Toryama, publicada no começo de fevereiro de 2014 na revista Saikyou Jump, bem antes do especial de Jacob - O patrulheiro das galáxias e o especial, Minus, em que foi mostrado Gine, como ela era:

"Quanto à sua aparência e tal, você vai descobrir quando ler os quadrinhos bônus na versão coletada de Jaco the Galactic Patrolman.
O nome dela era Gine, e há muito tempo atrás, ela lutou com uma equipe de quatro pessoas juntamente com Bardock."


Em seguida, em outro trecho, da mesma entrevista:

"Gine tinha uma personalidade gentil e não era uma boa guerreira, sendo salva do perigo repetidamente por Bardock. Naquela época, um sentimento especial nasceu entre eles. Normalmente, Saiyajins não tem muita noção de romance ou casamento, e para além da Família Real Vegeta, eles não dão valor ao relacionamento familiar. Por conta de tudo isso, podemos afirmar que o par Bardock / Gine foram Saiyajins raros, unidos por um vínculo que não era para fins reprodutivos. Aliás, como Gine não era uma boa guerreira, passou a trabalhar no centro de distribuição de carne no planeta Vegeta ."

Nesses trechos, além de contar um pouco sobre a mãe de Kakarotto e Raditz, revelou também os comportamentos dos saiya-jins, sua cultura e costumes, um pouco, sendo revelado nas demais respostas.

E revelou um pouco do caratér de Bardock, conforme esse trecho da entrevista:

"Claro, Bardock é um Saiyajin! Então ele também é guerreiro! Mas em comparação com outros Saiyajins , que são de coração frio e pensamentos simples, ele também desenvolve um julgamento sereno e uma pequena medida de humanidade. Por causa de suas ações para salvar companheiros, o que é raro para um Saiyajin, ele é muito adorado entre os guerreiros de classe baixa ."

Sem sombra de dúvida, Gine era única dentre os saiya-jins e mesmo, Bardock, era um pouco diferente dos demais, por se importar com os seus companheiros e que "... desenvolve um julgamento sereno e uma pequena medida de humanidade".

Acredita-se, que possa ser por influência de Gine, pois, segundo o trecho "desenvolve", indicando que desenvolvera tão julgamento sereno e pequena medida de humanidade, por algum motivo, podendo ser explicado por Gine, uma vez que ela era gentil demais e sempre era salva por Bardock, nas missões, acabando por ser transferida para a Distribuição de carne de Bejiita, assim como o fez se importar com os filhos, conforme revelado em Minus, numa conversa entre ele a sua companheira, quando mostrava a sua preocupação pelo filho, decidindo tira-lo do planeta, para preserva-lo, caso sua suposição estivesse correta, sendo confirmado pela fala dele, frente a indagação dela do fato de se preocupar com o filho de ambos, sendo que nunca fora assim e ele respondendo: "Devo ter adquirido isso de você".

Ademais, uma parte anterior, quando ele fala que irá enviar Kakarotto para outro planeta, a Terra, Gine se desespera, pois, ele era criança e seria perigoso, reforçando o fato de que se preocupar com a cria de ambos, fora algo que Bardock adquiriu através dela, confirmando o que ele fala em resposta a indagação dela, sobre seus atos de desejar salvar o filho de ambos, caso as suspeitas dele fossem confirmadas.

Isso demonstra que Goku teve a quem puxar no quesito natureza e consequentemente, coração, assim como a capacidade de influenciar os outros, tendo sido considerado por muito tempo, um "dom", próprio dele, enquanto que na verdade, herdara da genitora.
De fato, mãe e filho são muito parecidos.





Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...