Jornal Gritos da minha alma


Por:


Gritos da minha alma

Minha alma chora, grita, pede por clemência mais ninguém aparece para me acolher para me dizer que tudo vai ficar bem, então eu fico nessa agonia sozinha e ninguém entendendo o que está acontecer… dizendo que eu sou uma louca que preciso me tratar … Mais o meu coração sofrendo de tanta dor quase querendo cometer um suicídio mais nem a morte consigo encontrar… então mais uma vez me desespero jogada ao chão chorando sem cessar… querendo alguma paz que para mim nesse momento está sendo meio impossível.
Sussurro palavras doces para mim mesma tentando me acalmar. Mais uma vez a dor me alcança lembrando o momento que você se foi sem pelo menos um adeus… não sei quando você vai voltar e se vai voltar…. Talvez até tu esqueças de mim… Talvez eu conseguisse afastar essa dor que me corrói por dentro.
Nada que eu faça parece adiantar, é uma ferida muito dolorosa que foi feita em meu coração que um dia pensei que era forte demais que não seria abalado por nada nem ninguém… Agora aqui estou eu presa em algo que me faz morrer, chorando sozinha em meu quarto escuro.
Eu sei que essa dor vai passar só não sei quando será isso, por mais que eu grite você não escutará… Amei-te tanto que hoje vejo meu coração ferido e minha alma entristecer


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...