1. Spirit Fanfics >
  2. Jornais >
  3. I don't want to be a fuckin' tragedy.

Jornal I don't want to be a fuckin' tragedy.


Por:


Monıque Vαnce | 16 αnos
𝙃𝙊𝙍𝙍𝙊𝙍 𝙎𝘾𝙃𝙊𝙊𝙇
Por: @Emotsii

I’m not 𝓈𝑒𝓁𝒻𝒾𝓈𝒽. I just appreciate the only person in the world who I can trust: 𝓂𝓎𝓈𝑒𝓁𝒻.

Poor little me, all trapped in this 𝒇𝒂𝒃𝒖𝒍𝒐𝒖𝒔 show.
You could set me 𝒇𝒓𝒆𝒆, but if you wanna go...

➼ 𝙽𝚘𝚖𝚎:
𝑀𝑜𝓃𝒾𝓆𝓊𝑒 𝒜𝒹𝑒𝓁𝒾𝓃𝑒 𝒱𝒶𝓃𝒸𝑒.
" Seu primeiro nome - 𝑴𝒐𝒏𝒊𝒒𝒖𝒆 - é uma variante francesa do nome Monica de origem latina, e significa '𝘰𝘳𝘪𝘦𝘯𝘵𝘢𝘥𝘰𝘳𝘢' , seu segundo nome - 𝑨𝒅𝒆𝒍𝒊𝒏𝒆 - significa '𝘯𝘰𝘣𝘳𝘦, 𝘯𝘰𝘣𝘳𝘦𝘻𝘢'
e, por fim, recebeu o sobrenome inglês da família: 𝑽𝒂𝒏𝒄𝒆. "


➼ 𝙰𝚙𝚊𝚛𝚎̂𝚗𝚌𝚒𝚊:
Sua pele é de um tom escuro como chocolate, além de estar sempre macia e bem cuidada. Seus olhos são castanhos, escuros e eletrizantes, e seu cabelo é preto como o breu, se estendendo até suas costas. E, mesmo que seja naturalmente enrolado, ela o mantém sempre liso, apenas com alguns cachos artificiais nas pontas. Seus lábios são cheios e bem delineados, com um tom rosado natural, e seu nariz é pequeno e já levemente arrebitado por natureza.




𝗣𝗵𝗼𝘁𝗼𝗽𝗹𝗮𝘆𝗲𝗿: Taveeta Szymanowicz


➼ 𝚁𝚘𝚞𝚙𝚊 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚜𝚝𝚊́ 𝚞𝚜𝚊𝚗𝚍𝚘:


➼ 𝙷𝚒𝚜𝚝𝚘́𝚛𝚒𝚊:
Monique nunca descobriu realmente o que fez seus pais ficarem juntos, porque era dolorosamente óbvio para qualquer um que olhasse que não havia amor algum entre os dois. Mas, de qualquer forma, Coraline e Adam Vance já estavam casados há um ano quando tiveram Monique e, em seguida, vieram Lucien e Theodore, cada um separado por aproximadamente dois anos. A relação entre os três irmãos era praticamente a única coisa que os mantinha sãos naquela casa, sendo um ao outro o único suporte e apoio necessário.
Sendo assim, os pais estavam sempre trabalhando e ausentes - nem sempre fisicamente, mas constantemente emocionalmente -, e os filhos aprenderam a se virar e fazer o melhor de uma péssima situação. Se alguém perguntasse, os três afirmariam que são felizes sem nem exitar ou pensar duas vezes.

➼ 𝙿𝚎𝚛𝚜𝚘𝚗𝚊𝚕𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎
Monique abraça completamente sua imagem típica da menina malvada.
Ela sabe que está no comando, e sabe que todos estão com os olhos virados para ela. Então anda pela escola com o nariz empinado e a postura ereta, como uma verdadeira rainha, mostrando que tudo aquilo pertence a ela. Porém, é claro que até as melhores rainhas podem sofrer golpes e, por isso, Monique não hesita em enfrentar qualquer um que se coloque em seu caminho, controlando as pessoas através do medo e da manipulação.
Alguns de seus traços mais notáveis geralmente consistem em ser superficial e arrogante. Além de ser tão consumida por sua preocupação consigo mesma que ela normalmente se torna inconsciente do modo que suas ações ou palavras podem impactar os outros. Portanto, diferente do que se possa acreditar, Monique não é má com os outros por estar tentando compensar algo dentro de si, como a baixa autoestima ou problemas pessoais. Na verdade, ela ama a si mesma e é confiante como ninguém, mas gosta do poder e adora fazer as pessoas se curvarem aos seus pés por causa dele.
É uma garota ousada e honesta, que acaba sempre fazendo comentários desagradáveis pois não tem medo de dizer exatamente o que pensa. Além disso, Monique é também muito cética. raramente confia nas pessoas, pois está sempre esperando o pior de todos. No entanto, ela se torna extremamente leal a aqueles poucos que conquistam sua confiança, fazendo qualquer coisa em seu poder para protegê-los e ajudá-los.
Ela é impulsiva, o que a torna uma pessoa imprevisível e péssima para seguir ordens. Porém, na maioria dos casos, sua teimosia e determinação misturadas com sua ambição a fazem capaz de qualquer coisa para alcançar seu objetivo, assim como ela faz de tudo para defender o que acredita.
No fundo, Monique tem um complexo conjunto de sentimentos, mas está sempre preservando sua aparência de durona e extremamente confiante. Mantendo seu perfil de megera na frente das pessoas e prendendo suas emoções dentro dela, não importa o quanto esteja despedaçada por dentro.

➼ 𝙶𝚘𝚜𝚝𝚘:
ℬ𝓇𝒾𝑔𝒶𝓈, 𝒸𝑜𝓃𝒻𝓊𝓈𝑜̃𝑒𝓈, 𝒾𝓃𝓉𝓇𝒾𝑔𝒶𝓈. Ela adora ver o circo pegando fogo.
ℬ𝒶𝓇𝓊𝓁𝒽𝑜 𝑒 𝒶𝑔𝒾𝓉𝑜. Ela fica entediada com facilidade e precisa ter algum tipo de distração para não enlouquecer.
ℱ𝑜𝒻𝑜𝒸𝒶𝓈. Ela está sempre por dentro de tudo o que acontece no colégio.
ℰ𝓈𝓅𝑒𝓁𝒽𝑜𝓈, 𝓂𝒶𝓆𝓊𝒾𝒶𝑔𝑒𝓂, 𝒶𝒸𝑒𝓈𝓈𝑜́𝓇𝒾𝑜𝓈. Tudo o que tenha a ver com o seu embelezamento.
𝒟𝒶𝓃𝒸̧𝒶𝓇. Não há nada mais que a faça se sentir tão livre e leve.

➼ 𝙳𝚎𝚜𝚐𝚘𝚜𝚝𝚘:
𝒞𝒽𝑜𝓇𝒶𝓇. Acha um sinal de fraqueza.
𝒫𝑒𝓇𝒹𝑒𝓇. Detesta ser vencida em qualquer situação.
𝒮𝑒 𝓈𝑒𝓃𝓉𝒾𝓇 𝒾𝓂𝓅𝑜𝓉𝑒𝓃𝓉𝑒 𝑜𝓊 𝓋𝓊𝓁𝓃𝑒𝓇𝒶́𝓋𝑒𝓁.
𝒮𝓊𝓇𝓅𝓇𝑒𝓈𝒶𝓈. Não gosta de imprevisibilidade.

➼ 𝙼𝚊𝚒𝚘𝚛 𝚖𝚎𝚍𝚘:
Pensando psicologicamente, seu maior medo é ser ordinária, não ter importância, morrer sem deixar nada para trás. Mas, fisicamente, seu maior medo seria aranhas.

➼ 𝚁𝚎𝚕𝚊𝚌̧𝚊̃𝚘 𝙵𝚊𝚖𝚒𝚕𝚒𝚊𝚛:
Sendo honesta consigo mesma, Monique não tem certeza se sentiria falta dos pais. Não é como se eles tivessem um bom relacionamento ou fossem próximos de alguma maneira considerada necessária entre pais e filhos. No entanto, Monique se preocupa muito com seus irmãos mais novos. Ela não quer deixá-los sozinhos e a segurança e o bem estar deles é tudo o que realmente importa.

➼ 𝙿𝚛𝚎𝚏𝚎𝚛𝚎̂𝚗𝚌𝚒𝚊 𝚂𝚎𝚡𝚞𝚊𝚕:
ℋ𝑒𝓉𝑒𝓇𝑜𝓈𝓈𝑒𝓍𝓊𝒶𝓁.

➼ 𝙿𝚘𝚛 𝚚𝚞𝚎 𝚘 𝚙𝚎𝚛𝚜𝚘𝚗𝚊𝚐𝚎𝚖 𝚏𝚘𝚒 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚊 𝚏𝚎𝚜𝚝𝚊?
Como se Monique precisasse de motivos para ir a uma festa. Ela foi para se divertir, simples assim.

➼ 𝙲𝚘𝚖𝚘 𝚘 𝚙𝚎𝚛𝚜𝚘𝚗𝚊𝚐𝚎𝚖 𝚜𝚎 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚘𝚛𝚝𝚊 𝚌𝚘𝚖 𝚖𝚎𝚍𝚘?
Por natureza, Monique já não é uma pessoa muito corajosa. Então, em uma situação extrema, ela ficaria à beira de um ataque de nervos. Sem conseguir pensar racionalmente e apenas seguindo seus instintos na busca pela sobrevivência.

➼ 𝙾 𝚚𝚞𝚎 𝚏𝚊𝚣 𝚗𝚊 𝚎𝚜𝚌𝚘𝚕𝚊?
Monique é inteligente demais para o seu próprio bem, mas é seguro dizer que a escola nunca foi exatamente sua prioridade. Ou, pelo menos, é isso que quer que os outros pensem. Ela gosta de manter essa imagem de descolada demais para os estudos, como se não estivesse nem aí para nada, mas, na verdade, é bastante aplicada. Por isso, sempre tira notas altas nas provas e participa do Conselho Estudantil, mirando ser presidente um dia. Costumava ser líder de torcida, porém abandonou quando os treinos pararam de ser divertidos e começaram a ser muito técnicos e exigentes e, ao invés disso, entrou para a equipe de dança.

➼ 𝚅𝚘𝚕𝚝𝚊𝚛𝚒𝚊 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚜𝚊𝚕𝚟𝚊𝚛 𝚊𝚕𝚐𝚞𝚎́𝚖, 𝚖𝚎𝚜𝚖𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚗𝚊̃𝚘 𝚐𝚘𝚜𝚝𝚎 𝚍𝚎𝚜𝚜𝚊 𝚙𝚎𝚜𝚜𝚘𝚊?
Não. Inicialmente, Monique não arriscaria sua vida por outra pessoa, pois sua covardia e seu senso de autopreservação tomariam conta, a fazendo correr para bem longe do perigo. No entanto, é possível que ela se torne mais altruísta com o passar do tempo e do acúmulo de traumas de vida ou morte.

➼ 𝙾 𝚚𝚞𝚎 𝚘 𝚙𝚎𝚛𝚜𝚘𝚗𝚊𝚐𝚎𝚖 𝚝𝚎𝚖 𝚗𝚘𝚜 𝚋𝚘𝚕𝚜𝚘𝚜?
Seu visual não adere o uso de bolsos. Porém, em sua bolsa, ela carrega o celular, algumas maquiagens caso precise de retoque, sua identidade falsa (nunca se sabe, né) e um cantil de bebida que furtou do pai antes de sair de casa.

➼ 𝙲𝚘𝚖𝚘 𝚊 𝚎𝚗𝚏𝚎𝚛𝚖𝚎𝚒𝚛𝚊 𝚌𝚘𝚗𝚑𝚎𝚌𝚎 𝚘 𝚙𝚎𝚛𝚜𝚘𝚗𝚊𝚐𝚎𝚖?
Sendo líder de torcida, era comum Monique aparecer na enfermaria com algumas torções ou leves ferimentos. Até o dia em que ela feriu gravemente o joelho e precisou abandonar a torcida de vez, embora tenha falando para todo mundo que desistiu por livre e espontânea vontade, sendo a enfermeira Watson a única que sabe a verdade.

➼ 𝚀𝚞𝚊𝚕 𝚊 𝚜𝚎𝚗𝚑𝚊?
ℐ𝓌𝒾𝓁𝓁𝓈𝓊𝓇𝓋𝒾𝓋𝑒.

➼ 𝙴𝚜𝚝𝚊́ 𝚌𝚒𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚞 𝚙𝚘𝚜𝚜𝚘 𝚏𝚊𝚣𝚎𝚛 𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚞 𝚚𝚞𝚒𝚜𝚎𝚛 𝚌𝚘𝚖 𝚘 𝚙𝚎𝚛𝚜𝚘𝚗𝚊𝚐𝚎𝚖?
ℰ𝓈𝓉𝑜𝓊.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...