Jornal O que ela fez comigo


Por:


O que ela fez comigo


E como se ela estivesse em toda parte, me perseguindo e atormentando.
Ela sabe a falta que sinto, mas não tem piedade do meu pobre corpo.


Eu entro em casa
Sinto que piso no teto
E posso ter uma visão
Que jamais tive antes

Não era algo novo
A visão em si,
Eu já tive antes
Com menos intensidade

Quando retorno ao chão
Não há nada
Ela nunca esteve ali.


— Poema escrito por uma amiga, e postado com seu consentimento.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...