Jornal Sobre luzes e fim de ano


Por:


Sobre luzes e fim de ano

Você sabe que o ano está realmente acabando quando escuta a primeira propaganda de Natal, ou quando vê a primeira luzinha acender na vizinhança. Hoje fui fechar a cortina do quarto e me deparei com as decoração do prédio vizinho, umas luzinhas azuis ao redor dos cedrinhos do jardim. Então me ocorreu que 2018 realmente está chegando ao fim. 

Aí entra aquela frase daquela música de Natal "mais um ano termina e o que você fez?" ou algo assim. Alguns de vocês devem estar sentindo aquela ansiedade de não ter feito esse ano valer a pena, de termina-lo em vão e sem nenhuma conquista. Bom, confesso que esse ano está sendo um dos mais imprestáveis para mim e a culpa não é dele no final das contas. Eu que fiz ele ser assim, a culpa é toda minha.

Aí eu, uma pessoa que ama festa de fim de ano e Natal, me pergunto como vou conseguir comemorar carregando tanta culpa e decepção? 

Digamos que o ano é um daqueles longos fios da decoração natalina que a gente enrola na árvore. Um bem comprido mas bem vagabundo. Cada luzinha é acesa por algo que fizemos. Algumas não acendem, outras acendem e logo queimam, e algumas conseguem funcionar piscando vez ou outra quase apagando. É irritante lidar com esse tipo de decoração, não fica bonito enrolado na árvore se todas as luzinhas não estiverem acesas... Ou pelo menos é isso que a gente pensa quado tira aquela porcaria da caixa e liga na tomada. 

Mas,

Pensando que aquilo é nosso ano, um bem barato e vagabundo... Aquelas luzinhas que conseguiram ficar acesas não deveriam ser motivo de alegria? Tiramos aquele fio da caixa todos os anos por 10, 15, 20 anos ou mais e algumas luzes ainda funcionam mesmo aquilo sendo aparentemente tão judiado e acabado.

Eu sei que é difícil ver o lado bom das coisas quando passamos por 12 meses terríveis, cheios de problemas, situações que causamos, que alguém causou na nossa vida e situações fora do nosso controle. É difícil, mas não consigo pensar em chegar no final do ano sem nada para comemorar ou ser grata, então resolvi comemorar pelas poucas luzinhas que eu acendi esse ano.

Com certeza você fez algo bom esse ano, pode ser uma coisa minúscula e aparentemente insignificante... Qualquer coisa que você tenha feito POR VOCÊ, ou por alguém, ou causa, ou movimento... Mas principalmente por você. Sinta orgulho de você nem que seja por uma mísera escolha certa, ação, decisão que te fez bem. Cada passo a frente é algo a se orgulhar e a celebrar. Não vai compensar tudo que fizemos ou deixamos de fazer, mas é um incentivo para que saibamos nos valorizar mais. Valorizar as coisas boas que fazemos e não damos os devidos créditos.

Nem que seja a única luzinha do fio, ela ainda é bonita e especial.

Ligue o fio na tomada e dedique um tempo para admirar a sua decoração de fim de ano.

Eu sei que estou sumida em relação às minhas fanfics, agradeço a paciência e a compreensão de quem está me aguardando e me apoiando sem fazer demandas. Obrigada. Não vou deixar vocês na mão.

Bom começo de fim de ano, amo vocês.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...