Jornal Teoria do Corpo e Alma


Por:


Teoria do Corpo e Alma

Existe uma teoria que, de certo modo, une os aspectos mais distintos do Aka Ito e das Almas Gêmeas.


A teoria do Corpo e Alma, como o nome dá a entender, assume que toda pessoa possui uma alma, e, seguindo essa linear, uma outra compatível e correspondente — seja no sentido romântico ou não. O verdadeiro diferencial dessa teoria é que a mesma aponta que essa outra alma compatível não será, necessariamente, sempre a mesma em cada uma das reencarnações — isso nos leva ao fato de que, sim, uma pessoa pode ter duas, três ou até quatro almas compatíveis manifestadas ao mesmo tempo, na mesma reencarnação. Abordado o tópico, também é importante citar que não necessariamente uma alma compatível manifestará ligação, ou sequer dará sinais da mesma, em todas as reencarnações; então, sim, existe a possibilidade de uma alma não estabelecer nenhuma ligação durante todo um período. Também é importante esclarecer que, não, o motivo pelo qual a alma reencarna não é constante busca por seu “par perfeito”.
A teoria em questão também assume que, para duas ou mais almas sejam “conectadas”, um evento físico significante e marcante deve o ocorrer entre os envolvidos em questão — e é aí que começam as semelhanças com o Aka Ito; ou até com as Marcas do universo ABO.
Imagine que duas almas compatíveis se encontraram e se “conectaram”. Em um futuro incerto, é inevitável que, hora ou outra, ambas irão morrer, e então ressuscitar. Mas, e então, o que acontece com a conexão estabelecida? Bem, a mesma sempre será rompida durante o processo de morte — a separação da alma do corpo que será deixado para trás — de um dos envolvidos. O impacto causado na ou nas almas reminiscentes é tamanho que é comum o relato da sensação de como se algo quebrasse dentro de si após, ou até durante, o processo de separação. Mas, felizmente, sempre haverá uma reminiscência dessa conexão específica: uma espécie de “cauda astral” — também chamada de Fantasma, Medusa e Harry [uma junção moderna das palavras HeARt memoRY] —, que não consegue se afastar muito da alma em questão, mas sempre tenta se alongar, em busca da semelhante.
Estudiosos do assunto apontam com veracidade que, se duas ou mais almas que já foram compatíveis se reencontram em outra reencarnação, a conexão antes rompida é restabelecida — os mesmo até estudam a possibilidade das almas se reconhecerem com maior facilidade, visto a busca pela ligação por meio da Medusa, e até a do vínculo se tornar mais a cada novo reencontro.


◤━━━━━ ☆. ☪ .☆ ━━━━━◥


Mostrar Spoiler: ☆. explicações e pedidos .☆

Primeiramente: Olá, como você vai? Eu vou bem, espero que você também. Segundamente: Bem, talvez essa seja a coisa mais sem sentido que você já tenha lido em sua vida, e agora você está pensando “mas o que está acontecendo?”. Calma, eu vou explicar.
Começando do começo, se não me engano, no primeiro sábado de fevereiro eu estava no ônibus, voltando para casa, e lendo aquele livro “Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente”, e então, do nada, eu tive a ideia maluca de criar uma teoria que poderia servir como o famoso Fanfic Material. E então cá estamos.
Bem, abordando um pouco mais o tema principal, a Teoria em si tem várias e várias referências literárias e teóricas [algumas citadas, outras não]. A mesma também não está completa, possui vários furos e ainda faltam algumas informações básicas [sobre como ocorre a ligação, por exemplo (se você pensou em sexo, bem, você não está errado)], e provavelmente, em primeira leitura, ela não faça o mínimo sentido; mas na minha cabeça faz, ah se faz!

Bem, como eu citei, o principal motivo de eu ter elaborado [e postado] essa teoria é porque eu realmente gostaria de ver alguma história que se passe nesse “universo literário”. Então, é, sinta-se livre para usar, abusar, pintar e bordar tudo o que eu citei lá em cima da forma que for mais confortável para você.
Eu realmente só peço una cosita: ¡coloque o link do jornal nas notas final da história em questão!


Mostrar Spoiler: ☆. capa .☆

Bem, você, meu caro escritor, que desenvolver uma história com essa temática aqui e quer postar ela, mas não tem o dom do design e acha meio estranho postar algo sem uma capa, por mais simples que seja [bate aqui!], bem, seus problemas acabam por aqui!
Veem a capa do jornal? Então, esse é o modelo base que eu estarei utilizando nas histórias ligadas à este conceito, e, claro, se você quiser, sinta-se livre para me pedir uma capa nesse mesmo modelo, para a sua história. Ela virá nas medidas 1200x1000, se não me falha a memória, assim como [quase] todas as minhas capas nesse perfil.
Se quiser fazer o pedido, mande-me uma MP especificando:
- O nome da história;
- Uma curta frase de efeito (opcional);
- Os nomes dos protagonistas da história e suas origens (grupo, banda, anime, etc);
- Uma foto vertical para ser usada na capa (opcional, mas preferencial), ou uma descrição de conceito ou paleta de cores para eu procurar uma foto dos protagonistas ou um aesthetic (favor especificar).



...em edição.

Escutando: O primeiro e único álbum do offonoff
Lendo: e ignorando mensagens
Bebendo: Uma mistura de café com creme de cacau não muito boa

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...