Jornal The Sinister Blade


Por:


Mostrar Spoiler: 𝑵𝒊𝒙𝒕𝒆𝒍𝒍𝒂


𝑵𝒐𝒎𝒆 𝒄𝒐𝒎𝒑𝒍𝒆𝒕𝒐

Nixtella Woda Spokojny.

O nome de Nixtella possui um significado tanto quanto engraçado em seus sobrenomes por se contradizerem completamente e não definirem em exatamente nada sua personalidade ou até mesmo pessoa. Pois enquanto o primeiro sobrenome, Woda, significa água, enquanto que Spokojny significa "sereno". Em um resumo, o sobrenome inteiro de Nixtella junto formariam algo como "Água serena". Porém, uma coisa que a garota não é, é serena. E deixa isso muito claro para todos ao redor. São poucos que sabem o significado de ambas as coisas juntas por serem sobrenomes de origem quase desconhecida. Mas os que sabem tendem a caçoar de Nixtella nos momentos seguintes e isso é o que desperta facilmente seu instinto explosivo.

𝑨𝒑𝒆𝒍𝒊𝒅𝒐

Nixtella tem dois apelidos, um apelido utilizado por pessoas que caçoam de si, e outro utilizado por 99% das pessoas por simplesmente terem dificuldade de falar seu nome de maneira correta.

O primeiro apelido de Nixtella é Nix, isso faz apologia à deusa da noite eterna na mitologia grega, mas também pode ser interpretada como uma abreviação de seu nome ou um apelido "fofinho" para se utilizar quando referir-se a ela. Nixtella não tende a reagir de modo controverso ou revoltado quando a chamam desse jeito, independente de quem seja, pois de certo modo prefere ser chamada de Nix, e se apresenta aos outros como Nix. Não como Nixtella.

Já o outro apelido, utilizado pelos outros para caçoarem dela é Esquentadinha Serena. Isso teve origem quando uma pessoa descobriu o significado de seus dois sobrenomes e, por simplesmente não conseguir encaixar a tradução de Woda no meio disso, apenas utilizou do comportamento extremamente agressivo da garota junto a tradução de seu segundo nome, resultando em um apelido no qual Nix odeia ser chamada. E quando a chamam disso, bem, é absurdamente provável que ela lhe lance algum palavreado ou pule em cima de você com intenções nada bondosas.

𝑰𝒅𝒂𝒅𝒆

Nix possui 17 anos de idade, aparentando muitas vezes ser um pouco mais velha pela aparência e estrutura corporal.

𝑨𝒑𝒂𝒓𝒆𝒏𝒄𝒊𝒂

É uma garota que de certo modo possui uma extrema beleza no qual cativa facilmente as pessoas, por mais que a portadora desta beleza não seja lá uma pessoa tão agradável de se conviver. Nix possui longos cabelos róseos no qual vez ou outra da-se a impressão de terem alterado sua cor em um violeta claro. Por não ser uma pessoa no qual da atenção para visual e aparência, Nix nunca penteia seus cabelos ou os arruma, ela apenas faz o básico que é lavá-los vez ou outra quando estão muito oleosos. E isso acaba por dar aos fios que são naturalmente lisos uma aparência pouco ondulada e desgranhada, como se fossem rebeldes e estivessem saltando pra ca e pra lá no enorme tufo de fios róseos que vão facilmente até sua cintura. Por mais que não aparente, os olhos de Nixtella são verdes, mas por serem uma coloração de verde tão escura, as pessoas tendem a confundir sua coloração com o cinza ou até mesmo com o âmbar. E uma grande curiosidade sobre suas íris é que as mesmas mudam de cor dependendo do clima, variando entre uma palheta de cores que vai de violeta a verde. Ficando violáceos quando o clima do dia está muito frio e verdes quando o clima está muito calorento. Isto é causado pela quantidade de luz que o sol possivelmente reflete em seus olhos quando se encontra ao ar livre, então não estranhe caso seus olhos estiverem verdes em uma sala muito iluminada e violáceos em uma sala escura. É totalmente normal.

Seu olho esquerdo é atravessado por uma cicatriz que vai de sua bochecha até sua testa, pouco acima da sobrancelha. Nixtella ganhou esta cicatriz aos 8 anos de idade quando estava sofrendo mais uma das punições de seu pai. Normalmente esta cicatriz a da um charme a mais e até mesmo consegue dar a Nix certa reputação e ar de durona, mas ela simplesmente odeia quando citam a presença desta cicatriz em seu rosto e até mesmo tem vez ou outra surtos de fúria apenas pela palavra cicatriz ser citada em sua presença. Retirando este único defeito, seu rosto é perfeitamente desenhado, com seu nariz liso e os lábios finos, porém carnudos e levemente rosados.

Nix possui um corpo que muitas queriam ter e invejam, e que até mesmo a da um ar mais feminino em meio a tanta brutalidade que transparece em seu semblante. Tendo um busto farto e um corpo perfeitamente curvilíneo, como se tivesse sido esculpida por um artista absurdamente talentoso, sua cintura é um pouco grossa. Mas complementa perfeitamente as bundas que são grandes e levemente arrebitadas, junto das coxas grossas e torneadas que normalmente estão cobertas por uma meia-calça ou coisa do tipo. Ela acaba por ser um pouco alta, tendo pouco mais de 1,70 de altura, mas este não é um fator que a impede de simplesmente ser uma das garotas mais desejadas dentro da academia do Clã dos Heróis.











𝑮𝒆𝒏𝒆𝒓𝒐

Feminino.

𝑷𝒆𝒓𝒔𝒐𝒏𝒂𝒍𝒊𝒅𝒂𝒅𝒆

Nixtella nem sempre fora uma garota tão dura consigo e com os outros, de certo modo sempre foi parte de sua personalidade se cobrar intensamente ao ponto de não se importar com mais nada além do progresso próprio. Antigamente, Nix se tratava de uma garota cujo tinha um pouco da sensibilidade e feminilidade das outras, porém o tempo junto a extrema pressão por parte de sua família a fizeram abandonar este ego um pouco mais frágil e adotar um ego mais bruto em seu próprio reflexo. Ainda assim, ela prendeu dentro de si no mais profundo subconsciente a alma de uma garota amável, sociável e pouco tímida. É um imenso trabalho notar tais características na rosada considerando que ela apenas trata aos outros com brutalidade, isto é, tipicamente, uma personalidade do típico clichê de uma garota na qual cansou de ser a indefesa e acabou por seguir métodos mais rudes e nada educados em busca do respeito e medo alheio.

Agindo como uma perfeita bully, a coisa que Nix mais gosta de fazer com a pessoa é caçoar das mesmas, seja verbalmente ou fisicamente. Por mais que saiba impor limites às suas zoações muitas vezes acaba por extrapolar por não conseguir seguir uma linha direta de autocontrole e isso sempre foi um dos diversos motivos pelo qual ficou detida ou simplesmente suspensa de muitas aulas na academia por dias e meses. Sempre conseguindo encontrar uma falha na aparência, no jeito ou até mesmo nas capacidades de alguém para usar e abusar disso, a maneira na qual a garota pratica bullying pode até mesmo ser algo que vai muito além de uma simples demonstração de poder e chegar muito provavelmente a uma tortura psicológica ou perseguição. É por isso que muitos que conhecem a garota avisam a pessoas nas quais não conhecem para se afastar de Nix ou simplesmente evitar contato com a mesma, considerando que uma vez em que você efetuou uma mínima troca de olhares com a garota, é o suficiente para ter a vida transformada num inferno de um segundo para outro.

Tendo condutas mal educadas e sempre com uma boca completamente suja, nunca espere que Nixtella seja uma pessoa comportada ou respeitosa em toda situação, pois a primeira coisa que ela fará em um local no qual estiver presente é quebrar mil e uma regras e faltar com respeito com maioria das pessoas, pois sempre utiliza de uma "lei própria" de que todos com exceção dela são desprovidos de qualquer demonstração de respeito. O que acaba sendo um pensamento de certo modo egoísta e egocentrista já que apenas preza pelo seu bem estar e reputação, não pelos outros, o que já demonstra a grande falta de empatia que Nix tem com ou para as pessoas, já que se alguém estiver sofrendo da pior maneira possível, a única coisa que a garota fará é rir da cara dessa pessoa e zombar cada vez mais das atitudes negativas e sofridas da mesma.

Sendo a típica pessoa grossa e bruta, ainda sim, por mais incrível que pareça Nix possui uma inteligência descomunal que utiliza em seu tempo livre e até mesmo nas aulas. E isso é a única coisa que ainda a mantém presa e afiliada à academia do Clã dos Heróis, considerando que é uma bomba relógio pronta pra explodir. Nota-se facilmente seu pavio curto com as coisas e isso é claramente refletido em seu comportamento rude e agressivo, a extrema marca da rosada se da pelo fator de que trata a tudo e todos de maneira grossa independente de quem sejam, e claramente, tenha a clara certeza de que se ouvir alguém aos berros pronto para avançar em outra pessoa e acabar com a raça dela, claramente será Nix arranjando mais uma confusão. Pois o que ela mais gosta é de brigar, e para isso busca mexer e remexer as fraquezas dos outros no qual descobre cedo ou tarde de maneira muito curiosa e misteriosa.

Demonstra-se inabalável perante riscos e problemas, este é um bom ponto de sua personalidade, considerando que um desafio imposto para Nixtella é aceitado de bom grado e com um sorriso extremo de conquista no rosto. Se quer cativar sua atenção de um modo ou outro, apenas basta proporcioná-la um desafio que a excite o suficiente para que fique completamente entretida naquilo, se não, ela claramente irá descontar e descarregar todo o gatilho de raiva e frustração em cima de você e isso não será nada bom. Por mais que não exista um manual de instruções para como lidar com Nixtella, o conselho mais efetivo que você conseguira é nunca revidar nada que a garota faz, seja um insulto, uma agressão leve ou coisa do gênero. Pois ela tem uma linha absurdamente tênue entre o "explosiva normal" e "explosiva doentia". E o seu modo explosiva doentia é facilmente percebido e notado quando a garota acaba se ferindo, é contrariada ou simplesmente quando revidam uma agressão executada por si, dando-se a perceber uma Nix mais sádica e com uma sanidade prejudicada junto a uma absurda demonstração de frieza e uma aura mais que psicopata exalando de seu corpo, ela simplesmente sai de fora de si quando essas coisas acontecem e sabe lá deus os modos de acalmá-la quando se torna uma fera.

Da-se para perceber que Nix também tem uma pequena pitada de seriedade em seu semblante, ela é responsável, sabe quando as coisas são sérias e possuem um grau de atenção elevado, mas simplesmente continua a agir de forma imprudente e impulsiva rente a essas situações. Uma grande curiosidade sobre sua personalidade é que quando posta a um sério encurralamento e não tem chances alguma de sair desta emboscada — literalmente e metaforicamente falando — da-se a percepção de encontrar uma Nixtella mais rendida as coisas ao seu redor, calma e controlada. É absurdamente raro encontrá-la nesta situação, quase que impossível podendo se dizer. Porém são nestes momentos de fraqueza onde a garota consegue se tornar mais sociável e mansa por assim dizer, isso quando simplesmente não está hora ou outra entediada e de mal com a vida, pois quando isso acontece, Nix se torna um bicho preguiça absurdamente desmotivado e desinteressado em tudo. Logo, é um extremo sinal verde para conseguir aproximar-se da rosada vez ou outra, mas como dito anteriormente, nunca rebata algum insulto ou simplesmente discorde com ela, pois as consequências podem ser graves no final.

𝑯𝒊𝒔𝒕𝒐𝒓𝒊𝒂

Nixtella é uma garota nascida de uma família influente, porém com muitos segredos.

A vida de um Woda Spokojny não é lá uma coisa muito fácil, principalmente quando o herdeiro de toda a riqueza e influência desta família se trata de uma mulher. Logo, nós temos Nixtella Woda Spokojny, a irmão mais velha dentre três irmãos, sendo um deles um menino, ela sempre teve de arcar com as consequências de ter nascido primeiro. Sempre se esforçar ao máximo e dar tudo de si para honrar o nome da família, mesmo que para isso seja necessário sujar as mãos com sangue. Este sempre foi o slogan da família: "Esteja no topo acerca de tudo, mesmo com as mãos mergulhadas em sangue".

A influência e fortuna de sua família sempre fora fruto dos diversos serviços de assassinato que a mesma cumpriu, logo a única coisa que se pode esperar é uma extrema rigidez na criação que a garota teve e, infelizmente, sempre que errava em uma coisa, por mais boba que fosse, Nixtella era vítima das agressões de seu pai. Isso fora desencadeado desde seus 4 anos de idade, quando começaram a botar-lhe na cabeça que as responsabilidades de irmão mais velha e futura herdeira da família seria ser a assassina perfeita para isso, logo, o seu tutor seria nada mais nada menos que o assassino mais conhecido e renomado de toda a região, no qual também, era nada mais nada menos que o próprio pai.

A vida de Nix sempre fora um inferno, baseando-se em treinos pesados todo santo dia desde que tomou a consciência de que existia e aprendeu a se virar por si só. O pai era viúvo, havia perdido a esposa nas mãos de mercenários que queriam se vingar da família e logo o mesmo tornara-se um homem frio, ácido e intolerante. Os filhos não tinham culpa em nada disso, ele tinha completa ciência, mas mesmo assim o medo de os perder fora algo que se materializou na extrema personalidade imperdoável do homem que acabou focando absolutamente todo o trabalho duro na garota, a ensinando desde cedo a utilizar facas de arremesso e armas afiadas e letais que um assassino comunalmente utilizaria em seu arsenal, toda hora que Nixtella errava, a garota simplesmente apanhava. Isto indo de um simples e pesado tapa em sua cara, ou até mesmo apanhava com algumas armas de tortura, como chicotes, palmatórias, e em casos mais extremos a garota era forçada a batalhar contra seu pai. E sempre acabava com diversos cortes em seu corpo. Todos eram leves e de pouca gravidade, mas ainda assim ardiam em sua pele como se jogassem sal grosso em uma ferida que nunca se fecha.

O tratamento para seus outros irmãos sempre fora diferente e isso muitas vezes causava explosões de raiva e inveja por parte de Nixtella, pois o irmão do meio e a irmã mais nova eram tratados normalmente e tiveram sempre a infância que ela sempre quis: uma infância enérgica, recebendo o carinho e a proteção do pai enquanto que tinham do bom e do melhor. Era como se Nix não pertencesse àquela família e simplesmente fosse uma escrava. Pois suas roupas em maioria eram rasgadas e despojadas, apenas comia quando terminava seus treinamentos com perfeito êxito, dormia poucas horas, e dependendo do treinamento que lhe era exercido nem dormia, e claramente, sempre era punida hora ou outra. Mas eles não ligavam, seus irmãos simplesmente a viraram as costas perante isso enquanto Nixtella arcava com tudo completamente sozinha e cada dia mais se revoltava.

Seu pico de revolta se deu aos 8 anos, quando a garota simplesmente decidiu encarar seu velho de frente sem mais nem menos. Já tinha certa maturidade pois a situação em que se encontrava necessitava daquilo e no dia anterior havia sido humilhada por ambos os irmãos. Ela simplesmente havia explodido com seu pai e feito um escândalo de rebeldia, dizendo que não iria treinar, que não iria mais sofrer e mudar tudo aquilo. Novamente havia sido punida e forçada a lutar contra o homem que não teve piedade alguma com a filha e, por mais que Nixtella tivesse lutado com garras e dentes dominada pela explosão de seu ódio acabara por ser severamente punida e humilhada, a marca disso acabou sendo a grande cicatriz de um corte no qual fora aplicado ao seu olho esquerdo. Por pouco não havia ficado cega ou caolha naquele dia, e por mais que chorasse, berrasse e implorasse de joelhos juntos por socorro e ajuda enquanto o desespero tomava seu corpo e o olho sangrava, a única coisa que recebia como resposta era um silêncio ensurdecedor por parte do homem e no fim um sermão que lhe dizia para não demonstrar aquela rebeldia e revolta novamente, se não seria pior.

Passando-se algum tempo no mesmo dia, Nixtella fora ajudada pelo irmão mais novo que, por mais que ainda fosse uma criança de 6 anos ainda assim possuía certo carinho pela garota. Por mais que fosse influenciado pela irmã mais nova para que maltratasse a rosada, ele não conseguia simplesmente virar as costas para ela. E assim como cuidou do ferimento de uma maneira muito desengonçada — mas efetiva de certo modo — também a deu comida e água, pois Nixtella havia passado grande parte do dia sendo punida e treinando antes de ter seu surto de fúria. Porém, ela nada disse, apenas aceitou a estranha demonstração de carinho absurdamente chocada e sem saber o que dizer, pois para ela, todas as pessoas eram ruins e por conta disto havia perdido a esperança em ser tratada com bons modos. Mas ali estava ele, lhe dando todo o carinho que um irmão poderia ter. E isso foi o suficiente para que sua mente entrasse num conflito interno enorme.

Com o passar dos anos Nixtella simplesmente aceitou sua posição de herdeira naquela família e começou a se dedicar a isso, tendo avanços absurdamente positivos no treinamento e sendo capaz de superar o próprio pai aos 12 anos de idade, neste meio tempo havia tido um avanço considerável na relação com seu irmão mais novo. Fora até cômico a época em que o garoto se ofereceu para Nix com a intenção de também treinar junto a ela e sua irmã mais nova ficava remoendo-se de ódio por estar perdendo o cúmplice enquanto ambos treinavam juntos e se divertiam.

Mas algo aconteceu entre ambos quando Nixtella tinha cerca de 14 anos e seu irmão havia feito 14, bem, naquela época ambos tinham uma grande relação entre si. Seja em treinamento, em casa, ou fora da mesma. Algumas pessoas que os viam juntos diziam que tinham uma relação superior a algo fraternal e isso sempre deixou a rosada curiosa de certo modo, pois, por mais que tivesse pegado o espírito insensível e intolerante do pai durante os anos ainda assim tinha suas curiosidades de adolescente e uma delas havia sido logo a curiosidade em como seria ter relações com alguém. Então, aplicou isso com seu irmão em um consentimento até que liberal demais, pois o garoto não se importava nem um pouco com o fato de estarem se relacionando às escuras. Ambos tinham a consciência perfeita de que caso fossem pegos pelo pai ou até mesmo pela irmã mais nova pagariam caro até porque como qualquer outra família, seu pai tratava isso como um tabu e a irmã mais nova simplesmente acharia o maior absurdo e destilaria o veneno para cima do pai. Porque como qualquer pessoa dissimulada como a mesma, era a mais nova queridinha do papai e isso chegava a irritar de certo modo Nixtella que sempre chegava a bater na garota vez ou outra por conta de um acesso de raiva.

Mas voltando à sua relação incestuosa e amorosa com o irmão, ela havia durado cerca de um único ano, pois como temiam, o pai havia descoberto que se relacionavam entre si e isso foi o último erro e absurdo que o homem queria ouvir por parte de Nix. Logo, como uma punição mais severa já que a mais nova havia induzido o pai a acreditar que Nixtella havia influenciado o garoto a ficar com ela, a rosada novamente fora punida, mas de uma maneira mais cruel: Fora deserdada de sua família, tendo todos os bens materiais confiscados e afastada de suas terras com um alvo vermelho na cabeça e uma mensagem bem clara dada pelo mesmo: Poderia ainda carregar o sobrenome honrado de sua família, mas se Nixtella fosse encontrada vagando pelos territórios dos Spokojny, seria tratada como uma invasora e morta pelos assassinos da família ou, até mesmo, pelo próprio pai.

Absurdamente revoltada com este fator, Nix utilizou de uma façanha absurdamente pesada e para se redimir de seu pequeno erro — pois de certo modo, prezava pela sua família depois de tudo que sofreu — acabou por desencadear seu primeiro assassinato. Havia buscado e colhido completamente os frutos do passado de seu pai através de informantes, em busca do mestre dos mercenários nos quais haviam ordenado a morte de sua falecida mãe. Até porque sabia muito bem que, o pai apenas era duro e insensível daquele jeito por ter perdido a esposa e sempre alimentava um ego enorme de vingança. Demorou-se cerca de um ano para que juntasse completamente todas as peças do quebra cabeça, mas quando o completou, finalmente conseguiu fazer da vingança de seu pai algo real e assassinou o mandante daqueles mercenários, manchando as mãos com sangue pela primeira vez, mas sem ter o mínimo remorso.

No mesmo dia fez questão de aparecer dentro da antiga casa carregando dentro de um saco de pano a cabeça do indivíduo junto a sua confissão no qual havia feito o favor de grava-la antes de assassina-lo. E quando o homem a viu sentado na poltrona de seu quarto novamente agindo com modos rebeldes, com pernas cruzadas e tomando o café que seu pai sempre bebia na favorita e polêmica xícara que ele dizia ser apenas dele e de mais ninguém, a primeira reação fora tentar matar a garota. Mas com um diálogo nada educado para a situação, Nixtella havia mostrado para seu pai a cabeça do homem no qual havia mandado matar sua esposa junto à gravação de voz que fortificava completamente o fato. Fora naquele dia em que Nix havia ganhado completo respeito do pai e também despertado na garota uma nova Nixtella: uma Nixtella mais fria, rebelde, ignorante e meticulosa.

Alguns dias depois, de bom grado o pai havia a colocado na academia do Clã dos Heróis, vendo o extremo potencial de assassinato que teve apenas por ter aniquilado a única pessoa no mundo que atormentava a todos os seus pensamentos, e, mesmo a contragosto, a rosada havia ido para lá. Pois não queria mais ter contato algum com sua família, claramente havia feito alguns bons momentos com seu irmão quando namoravam, mas por sempre ter sido alguém que deixava o passado para trás acabou por não se importar muito com esta despedida. Quando chegou na dita academia aos 15 anos de idade, a primeira coisa que fez claramente fora deixar sua marca e dar trabalho para qualquer um em sua frente. Em poucos meses já era apontada pelos como como "A bully" pelo fato de que sempre era alguém que sobrepunha poder no local, mas que ainda assim tinha boas notas e perfeito destaque entre todas as aulas.

Sempre sendo uma dor de cabeça para os professores e membros do Clã dos Heróis, pois eles não podiam simplesmente expulsar a garota dali por mais que desse absurdos trabalhos, quebrando muitas vezes as normas do toque de recolher, batendo boca com professores, fazendo pegadinhas de mal gosto, vandalizando, agredindo verbal e fisicamente outros alunos e algumas vezes até mesmo os próprios funcionários da academia eram alvos dessas agressões. O único erro fatal de Nixtella era querer impor poder em qualquer local. Sempre sendo punida por conta disto e algumas vezes até mesmo correndo o risco de ser expulsa, mas isto nunca acontecia, pois a garota mesmo com este erro fatal fazia suas atividades com êxito, e nestes êxitos, eles viam na veterana uma grande capacidade em se tornar um membro promissos do Clã dos Heróis.

E é por este motivo que ela continua até hoje sendo testada e tratada como a valentona da escola, tendo até mesmo adquirido títulos nada límpidos para sua fama, como o fato de ser titulada como a valentona da academia, um dos maiores destaques, a garota mais sensual e perigosa. A estrela, e outros afins. É por isso que as pessoas de certo modo respeitam a presença de Nixtella por dois fatores: ela possui um nome de prestígio, em si só, ela é prestigiada, e além de tudo, todos tem um grande medo de despertar a fúria da lâmina sinistra — que é a alcunha no qual Nixtella foi nomeada — e acabar com diversas sequelas depois.

Tipo de roupas que o personagem usa(Até três modelos):

Roupas casuais:

Roupas que usa na escola:

Roupas de festa:

Roupas de festa formal:

Roupas de praia:

Pijama:

Traje de batalha:


Gostos:

Desgostos:

Qualidades do personagem:

Defeitos do personagem:


Comida favorita:


Prefere agir em grupo ou sozinho ?

Vai querer par?

Opção sexual:

Possui família?

Membros da família, idade e aparência deles( Por favor, diga se estão vivos ou mortos):

Quais são seus poderes e habilidades/ataques( Lembrando que não quero personagens OP demais, afinal, pretendo fazer com que os personagens sejam aprimorados ao longo da fic)?

Habilidades em batalha( Tipo, um estilo de luta ou algo que não envolva magia como por exemplo, saber manejar uma arma ou ter uma boa mira)?

Por que deseja entrar para o clã dos heróis?

Assim que entregar a ficha, sabe que seu personagem está em minhas mãos e pode sofrer lesões ou até mesmo morrer?



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...