Lista de Leitura: AD

Lista criada por: ~
3 histórias
Fanfic / Fanfiction Verdade ou Desafio
Terminada
Capítulos 62
Palavras 253.507
Atualizada
Idioma Português
Categorias Amor Doce
Gêneros Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Lynn (mais conhecida como Docete/Sucrette) é apaixonada por Castiel desde que entrou em Sweet Amoris, mas está cansada da falta de atitude do garoto. Mas as coisas podem mudar quando, durante um castigo, Peggy sugere um jogo para arrancar confissões dos colegas. A verdade que Lynn espera pode vir... Mas será que é o que ela queria?
  • 5.165
  • 3.404
Fanfic / Fanfiction Imprescindível (Kentin)
Em andamento
Capítulos 20
Palavras 51.750
Atualizada
Idioma Português
Categorias Amor Doce
Gêneros Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Violência
[Docete X Kentin]
"Nós sempre fomos dois fracotes, chegava a ser um pouco engraçado, mesmo assim ele sempre fez o que pode por mim!
Quando eramos crianças sempre implicavam conosco, mas eu nunca me importei, bastava estar ao lado dele e tudo não tinha a menor importância. "Vamos ser amigos para sempre" eu pensava, mas me enganei... Sempre tem algo para nos separar, seria isso uma brincadeira do destino? A única coisa que quero é ele ao meu lado, por que pra mim, ele é imprescindível..."
  • 85
  • 79
Fanfic / Fanfiction Um anjo na neve...
Em andamento
Capítulos 3
Palavras 6.162
Atualizada
Idioma Português
Categorias Amor Doce
Gêneros Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Quando Lysandre olha pela janela de seu apartamento e nota que uma garota parece estar passando por um mal momento, ele sente que deve ajuda-la, mesmo que não seja de seu feitio, meter-se onde não foi chamado...
"Ele perguntava-se como deveria abordá-la. Não era de seu costume, querer saber tanto sobre alguém de imediato… Afinal, o ato de conhecer uma pessoa, é um processo que deve ocorrer em seu tempo, e de forma natural. No entanto, estava fissurado e queria intervir.
Deveria fazer um elogio sobre como a noite estava bela? Talvez não fosse o adequado, afinal, se a garota sofria, não deveria ser uma noite tão agradável a seus olhos. Aliás, de que cor seriam os olhos daquela moça? Que brilho carregariam eles? Seria um brilho melancólico, ou o brilho da esperança? Ou talvez, teriam as duras noites de inverno arrancado violentamente todo o brilho que um dia poderia ter ali habitado?
E novamente, estava ele ali, transformando a dor em poesia."
  • 28
  • 19