1. Spirit Fanfics >
  2. Listas de leitura >
  3. Bangtan Boys:💕📚💕

Lista de leitura Bangtan Boys:💕📚💕

Lista criada por: Clarice_Tupari
4 histórias
escrita por DarlingVanQueen e QueenSkarsgard
Fanfic / Fanfiction Meus Sete Vampiros - (Bangtan Boys)
Em andamento
Capítulos 2
Palavras 3.069
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Fábula, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Literatura Erótica, Luta, Magia / Misticismo, Mistério, Policial, Romântico / Shoujo, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Tragicomédia, Universo Alternativo
Sinopse Da Fanfic: “Meus Sete Vampiros - (Bangtan Boys)”

Arianna Moon era uma garota que transmitia sua meiguice de longe, sua simpatia e ingenuidade era o que a tornava uma pessoa incrível e amada por muitos. De apenas 15 anos de idade a menina era surpreendente por ter conseguido todos os objetivos de uma pessoa adulta, mas sua simplicidade não a fazia aceitar tais coisas, como os trabalhos importantes que já lhe foi oferecido por muitos empresários coreanos e estrangeiros.

Tudo que a garota queria era aproveitar o melhor da sua adolescência sem muitas responsabilidades, – apesar da sua inteligência super avançada já à possibilitar de possuir grandes conquistas no mundo dos negócios –. O destino não a ajudou muito nessa sua vontade de querer tranquilidade, pois em um acidente de carro os seus pais faleceram fazendo a jovem se sentir na obrigação de cuidar do bem-estar de sua irmã adotiva.

Em seu décimo quinto aniversário sua vida passará por sérias mudanças. Essas mudanças a levará até Sete pessoas que irão lhe dar uma realidade invertida do seu “Eu” do passado; Uma realidade que mostrará uma vida paralela que Arianna Moon jamais pensaria em já ter vivido antes, mas que viveu e já foi muito feliz com ela.
  • 83
  • 29
escrita por Ghost_Fanfics
Fanfic / Fanfiction Girl Meets Evil
Em andamento
Capítulos 107
Palavras 510.269
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Blackpink, Got7
Gêneros Ação, Comédia, Drama / Tragédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Literatura Erótica, Luta, Magia / Misticismo, Mistério, Policial, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
[Nao aceito adaptações/cópias desta obra]
[EM REVISÃO]
Nasci em Juggi, uma cidadezinha perdida na Coreia do Sul, mas a deixei por não suportar a dor da perda da minha mãe e da minha irmã mais velha. Appa e eu nos mudamos para Seul, que me acolheu e me reergueu como um lar. Mudei de escola, fiz novos amigos, gostava da minha nova casa. Ali, nada era lembrança de um tempo que não voltaria. Era onde eu criava novas memórias para tornar minha vida suportável.

Tudo parecia bem, até agora. De repente, Appa anuncia seu casamento com a Srta. Jeon. De uma vez só preciso arrumar minhas malas, sair da escola, me despedir dos meus amigos e voltar a Juggi, um lugar que odeio. A única parte boa da história é ganhar uma madrasta tão boa, mas até mesmo ela tem seu porém. Seu filho, que se tornará meu "irmão" em poucos dias, Jeon "Arrogante" Jungkook. Ele é um espécime detestável da raça humana. Implicante, prepotente, encrenqueiro e espaçoso. Eu não o suporto, e não quero nem respirar o mesmo ar que ele, quanto mais dividir a casa, o pai, a vida.

Por isso, quando chego a Juggi, não vou direto para minha casa. Peço ao motorista que me leve até onde minha história aqui terminou, o cemitério. Agora estou diante do túmulo que mais parece um abismo onde os pesadelos querem me jogar. "Pessoas morrem, mas o verdadeiro amor é eterno." Arrasto os dedos pelas palavras entalhadas na lápide da minha mãe, lembrando-me de quando as escolhi com meu Appa, oito anos atrás. Leio-as pela enésima vez, ajoelhada sobre a grama coberta de folhas secas.

A melancolia me atinge como um tiro, uma dor que não cessa e que sangra. Algo me diz que meu tormento está apenas começando...

[ABO] [IMAGINE] [HOT] [HÍBRIDO] [SOBRENATURAL] [JUNGKOOK]
  • 32.426
  • 39.928
escrita por paulinhamrs3
Fanfic / Fanfiction Married and marked
Concluído
Capítulos 35
Palavras 146.674
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Gay / Yaoi, Romântico / Shoujo, Sobrenatural, Universo Alternativo
Para Park Jimin se casar não era somente um ato perante à lei de sua época e às pessoas, era acima de tudo um ato de amor. Ele sempre imaginou que quando subisse no altar seria com alguém que estimasse, respeitasse e amasse. Uma marca verdadeira não seria apenas aquela que o alfa deixaria em seu corpo, e sim aquela que ele deixaria em sua alma. Porém a situação em que se encontrava era deveras diferente. Ele não se importava se sua mãe, os Jeon, ou qualquer outra pessoa queria que ele se casasse com aquele homem. O que realmente tinha significância naquela situação toda para Jimin, era o fato de que a felicidade de seu irmão mais amado estava em jogo. E o que Park Jimin não faria por Park Yoongi? Ele realmente faria de tudo para que aquele sorriso tão único nunca saísse dos lábios do irmão mais velho, até mesmo se casar com alguém que ele odiava e repudiava: Jeon Jungkook.
  • 15.759
  • 6.601
escrita por ORUMAITOU
Fanfic / Fanfiction Namorado Quase Perfeito
Em andamento
Capítulos 22
Palavras 125.330
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS), Zettai Kareshi
Gêneros Comédia, Drama / Tragédia, Gay / Yaoi
(Essa fanfic só será atualizada no wattpad a partir de agora!)

Park Jimin levava uma vida tecnicamente feliz; tinha uma boa casa, cursava uma boa faculdade e tinha um bom namorado. Tudo estava excepcionalmente bem, até receber a terrível notícia de que seu namorado havia se apaixonado por outro e estava terminando seu relacionamento. Frustrado o bastante para sequer querer sair de casa, é persuadido por uma boba propaganda de um “namorado perfeito”, na qual os vendedores garantiam um boneco-humano capaz de ser um excelente namorado, e acreditando ser uma brincadeira idiota, o Park não pensa duas vezes antes de fazer sua encomenda no site.

Entretanto, a certeza que criou sobre aquilo ser uma brincadeira se despedaçou ao, dois dias depois, receber uma caixa enorme em frente ao seu apartamento.
E foi ao abrir a maldita caixa que os problemas, além dos que já tinha, começaram a aparecer.

Ou talvez, a solução deles.
  • 54.587
  • 10.460